Código de Ética Reiki

Nesta página encontrarás os códigos de conduta para Associados, Coordenadores e Órgãos Sociais, assim como os Códigos Deontológicos, a Norma Portuguesa para a Terapia Complementar Reiki e ainda a informação sobre o Conselho Nacional de Ética para a Terapia Reiki.

Códigos de Conduta

Na assembleia geral de 9 de Janeiro de 2016 criamos e aprovamos por unanimidade os códigos de conduta para Associados, Coordenadores e Órgãos Sociais. Desta forma colocamos explicitamente os direitos e deveres de todos, tendo sido aprovado pelos associados em assembleia geral.

AssociadosCódigo de conduta Código de Órgãos SociaisCódigo de conduta Código dos CoordenadoresCódigo de Conduta

 

Conselho Nacional de Ética para a Terapia Reiki

Este conselho é constituído por:

  • Maria João Marques – Decisor
  • Cátia Duque, Fernanda António, Olinda Ângelo – Avaliadores
  • Fábio Bazílio, Margarida Pereira – Observadores

A criação do conselho foi feita na Assembleia Geral de 2015 e a aprovação por unanimidade de todos os pontos que o constituem foi realizada na Assembleia Geral de 9 de Janeiro de 2016.

Comissão Nacional de Ética para a Terapia ReikiInformação e estatutos da CNETR

Códigos de Ética

Os seguintes são códigos de ética para a autoregulamentação dos nossos associados. Estes códigos existem desde 2008.

Código de Ética Profissional para Terapeutas

A Associação Portuguesa de Reiki, tem os seguintes princípios éticos, os quais os seus membros se esforçarão para aplicar. Cada uma das alíneas abaixo está descriminada nos Códigos da Prática Profissional. Todos os seus associados estão comprometidos e empenhados a cumprir o código de ética.

  1. A integridade, imparcialidade e respeito para com todos os seres vivos é obrigatória.
  2. Todos os relacionamentos e interacções profissionais deverão ser éticos e objectivos.
  3. A terapia deve ter sempre os padrões mais elevados de prática, pelo que cada terapeuta de Reiki deve ter em atenção os seus conhecimentos teóricos e a experiência prática.
  4. O terapeuta deve ter os seus níveis energéticos em boas condições para que possa exercer correctamente a veiculação da Energia Universal.
  5. O terapeuta deve fazer uso do segredo profissional explicando-o ao paciente.

O código de ética disponível é uma base para discussão entre os membros associados.

Ler o Código de Ética Profissional

 

Código de Ética para Mestres Formadores

A Associação Portuguesa de Reiki. está a publicar para os seus associados e futuros associados, o Código de Ética para Mestres Formadores de Reiki.

Este código deontológico não pretende interferir com os conteúdos dos cursos mas sim com a qualidade dos mesmos, garantindo aos alunos as melhores bases para o seu ensino. No esforço de tornar o Reiki uma prática de terapia complementar, reconhecida oficialmente, não devemos descurar o seu ensino, pois este terá bastante influência na forma como os praticantes o aplicarão.

Um Mestre Formador de Reiki, deve assumir a responsabilidade do que ensina, como ensina, de forma ética, competente e eficiente, guarantindo aos seus alunos a possibilidade de virem a ser bons praticantes/terapeutas.

Este Código de Ética é complementar ao Código de Ética Profissional, ou seja, o primeiro é para ensino e o segundo para a prática na terapia. O Código está em discussão aberta para alterações. Esta revisão de 18 de Fevereiro de 2012 vem ao encontro de vários estudos, inquéritos feitos em 2011 e do projecto de “2012 Ano da Formação e Profissionalização em Reiki”.

Ler o Código de Ética para Mestres

 

 NPTCR-01 Norma Portuguesa da Terapia Complementar Reiki

Com a apresentação da proposta da Terapia Complementar Reiki inserida no Serviço Nacional de Saúde, dia 29 de Abril de 2011, a Associação Portuguesa de Reiki firmou a necessidade de além da existência de um código deontológico para terapeutas, deve também coexistir e ser aplicada uma Norma Portuguesa da Terapia Complementar Reiki, à qual foi dada a designação NPTCR-01.

Apesar deste primeiro passo ter sido dado pela Associação Portuguesa de Reiki, esta norma não deve ficar colada a uma Associação  pois a sua importância é abrangente a qualquer profissional terapeuta complementar de Reiki. Nessa perspectiva, a imagem criada é isenta do logotipo da Associação Portuguesa de Reiki e pode ser usada por qualquer profissional que adote esta Norma, não estando obrigado a ser associado.

Ler a NPTCR-01 de 2013

 

Inscreve-te como associado…Apoia o esclarecimento do Reiki em Portugal
Acesso para associados