Com certeza já aconteceu a muitos praticantes de Reiki darem por si, durante um tratamento, a fazer listas mentais de supermercado ou a pensar no jantar que vão preparar nessa noite. Porque esta situação é tão comum, a Associação Portuguesa de Reiki (APR) elaborou um manual destinado a ajudar os associados nessas situações. Para que a energia flua através de uma mente limpa e de um coração predisposto.

«Um praticante de Reiki precisa atingir dois patamares para estar devidamente atento, apto, conectado e ausente de si mesmo para um correcto fluir da energia: mente limpa e coração predisposto.» Esta é a convicção de João Magalhães, presidente da Associação Portuguesa de Reiki, e autor do manual «Reiki – Mente e Coração», disponibilizado gratuitamente pela Associação a todos os associados.

Na sua opinião, a prática do Reiki implica «estar disponível, entregue de mente e coração para sentir, para deixar fluir, para que a energia em nós possa trabalhar e dar-nos o tempo e espaço necessários para atingirmos o equilíbrio e mudarmos a nossa consciência.» Nesse sentido, o manual agora disponível aborda conceitos como «voz interior», «livre arbítrio», «sentir e não sentir» e inclui ainda alguns exercícios de meditação. O objectivo é ajudar o praticante a melhorar a sua atenção e concentração interiores, para que o Reiki flua sem bloqueios.

Resumindo, João Magalhães lembra que «o Reiki deve ser praticado com alegria, com motivação, desligados do ego e das emoções». Mas, acima de tudo, chama a atenção para algo muito significativo: «O sentir da energia não é o mais importante, há quem não sinta muito a energia a passar, mas sente perfeitamente o que o Reiki lhe está a trazer de mudança na vida, isso sim é importante.»

Este e outros manuais estão disponíveis através do site da Associação Portuguesa de Reiki. Para aceder, basta inscreverem-se na Associação, vendo aqui como fazer.

Vantagens de ser associado

São muitas as vantagens e mais-valias de ser associado da APR. Entre elas contam-se:

— Descontos nas entradas em eventos organizados pela Associação;
— Descontos na Angel Touch e nas livrarias BookHouse;
— Acesso gratuito a workshops de Reiki dados pela Associação;
— Validação de manuais e certificados de Reiki;
— Colocação do contacto de escola/mestre no directório de Escolas de Reiki Associadas;
— Acesso a diverso material de apoio em três vertentes: via ensino, via profissional e via filosófica;
— Ter votos em matéria de decisão, participando na construção de uma prática auto-regulamentada;
— Candidatar-se a coordenador regional de um núcleo da APR.

Mais informações:
Associação Portuguesa de Reiki
info@montekurama.org