Wednesday, June 26, 2019

23/07/2016 – Malveira

Primeira Sessão de Esclarecimento Público

A Comissão Nacional de Ética Para a Terapia Reiki/Monte Kurama – Associação Portuguesa de Reiki, concretizou no passado mês de julho de 2016, a sua Primeira Sessão de Esclarecimento Público, na Malveira/Mafra, sob o lema: «Esclarecer, informar e devolver o Reiki ao Reiki

01

Esta Comissão foi criada no ano de 2015, por deliberação da Assembleia Geral da A.P.R. e tem por missão, entre outras, emitir pareceres e recomendações sobre situações relacionadas com a ética no exercício do Reiki; implementar o reconhecimento da terapia Reiki oficialmente em Portugal; instruir processos de inquérito e/ou disciplinares e desenvolver ações de esclarecimento público.

No âmbito da sua primeira ação de esclarecimento público e através das suas representantes Olinda Ângelo e Maria João Marques, a C.N.E.T.R., colocou a ênfase no esclarecimento do que é, e do que não é, o Reiki e no grau de responsabilidade, diligência, competência e honestidade exigidos a cada praticante/terapeuta/mestre, em termos técnicos e éticos. Ilustrando a sua apresentação com a referência a algumas situações – não individualizadas ou concretizadas – que têm chegado ao conhecimento da A.P.R. e que, embora sejam, alegadamente, praticadas sobre a designação de técnicas de “Reiki”, de facto, o não o são.

02

Foi, também, abordada a questão de ter sido aprovado, no dia 16 de Julho de 2016, em A. Geral da A.P.R., o Regulamento de Admissão e Exclusão dos associados e Regime Disciplinar, do qual, constam nomeadamente, os direitos e deveres dos associados e o respetivo regime disciplinar (no caso de infração a deveres).

A C.N.E.T.R, salientou, entre outros deveres dos praticantes de Reiki, a nível associativo, a necessidade de:

  1. a) Agir eticamente (demonstrando o conhecimento dos deveres definidos regulamentarmente em sede associativa) e de respeitar as técnicas e a filosofia do Reiki tal como recomendados pelo Mestre Mikao Usui;

E, de,

  1. b) Estabelecer a destrinça em termos de técnicas aplicadas, entre o que é, e o que não é Reiki, expurgando deste qualquer crença pessoal ou esoterismo.

03

Por último, foram ainda explicitados os procedimentos administrativos a adotar, no sentido de participação à A.P.R., de eventuais situações de infração aos deveres associativos.

04

A C.N.E.T.R. agradece a todos quantos comparecerem no referido evento e o seu interesse e interação, tão entusiasticamente, manifestados.

05 06

 

 

 

 

 

 

07

A COMISSÃO NACIONAL DE ÉTICA PARA A TERAPIA REIKI

Email: cnetr@montekurama.org

 
 
associacao_portuguesa_reiki_redondo_120 Descobre os conteúdos exclusivos para os associados no nosso site www.associacaoportuguesadereiki.com
 
(Visited 294 times, 2 visits today)