O meu nome é Joana Pinhão. Sou membro efetivo da Ordem dos Psicólogos Portugueses. Sou Reikiana desde 2002, terapeuta de Reiki desde 2003 e professora independente de Reiki desde 2004, estou inscrita na Associação Portuguesa de Reiki e na Associação Portuguesa de Reiki Essencial, sou curadora com Magnified Healing ® professora credenciada, terapeuta do Sistema Corpo Espelho, faço regressões com Reiki, ensino e aplico técnicas japonesas de Reiki e dou consultas de Reiki, Florais de Saint Germain e de Essências Vibracionais d`água.

Atualmente estou a frequentar Pós-Graduação em Psicogerontologia e estou a fazer formação de Snoezelen. Sou pós-graduada em gestão empresarial, psicóloga das organizações e do trabalho e também sou gestora e auditora de qualidade. Fiz formação em animação sociocultural para idosos, frequentei workshops na Alzheimer Portugal para cuidadores de doentes com demências e fiz o curso intensivo em Psicogerontologia. Em 1998 fiz voluntariado com doentes de saúde mental, enquanto estudante de psicologia.

Em 2005 fiz voluntariado com doentes paliativos de oncologia, no Hospital Curry Cabral Em 2019 comecei a fazer voluntariado como Psicóloga no Serviço de Apoio Domiciliário e voluntária de Reiki no Lar da Casa do Alecrim.

Como é que fui para a casa do Alecrim? Um dia estava a ter formação na Alzheimer de Lisboa e a Dra. Margarida disse que a Casa do Alecrim trabalha com muitos voluntários, no final do curso ofereci-me para fazer voluntariado como psicóloga e como praticante de Reiki. A Dra. Margarida aceitou logo a minha proposta e pediu-me que no dia seguinte levasse os meus CVs convencional e complementar e assim o fiz. No meu meu CV complementar consta que sou associada da Associação Portuguesa de Reiki e como a APR já estava na Casa do Alecrim a Dra. Margarida contatou a Associação e disse que gostava eu integrasse na equipa de Reiki da Casa do Alecrim e assim foi, a Isabel ligou-me, a pedido da Dra. Margarida, e convidou-me para fazer parte da equipa de voluntárias da Associação. Aceitei de imediato, claro, e fui com a Cristina e com a Isabel à Casa do Alecrim. Foi fantástico!

A Casa do Alecrim é uma casa feita a pensar nas pessoas com demência e nas suas características muito próprias, preocupa-se com a promoção da qualidade de vida das pessoas com demência, dos seus familiares cuidadores e com os trabalhadores.

Quando faço voluntariado, na Casa do Alecrim, venho para casa tranquila e com a sensação de missão cumprida. Esta Casa é maravilhosa, as pessoas que nela trabalham são fabulosas e estão sempre sorridentes, todos os dias acontece magia nesta casa. Quando faço Reiki às pessoas com demência o efeito e o agradecimento é imediato, como é que sei? Esboçam um sorriso. No lar há um senhor que não fala mas que mexe com as mãos na cabeça quando lhe ponho as mãos na careca, ele sente a energia passar. Um dia uma senhora, do lar, estava receber a visita do filho e da irmã enquanto recebia Reiki e os familiares disseram-me que a senhora ficou muito mais feliz após ter recebido o meu tratamento. Há tantas histórias destas para contar.

Quando faço voluntariado dou amor e o que recebo é uma dádiva. Sou muito grata por ser voluntária!

 


 

associacao_portuguesa_reiki_redondo_120 Descobre os conteúdos exclusivos para os associados no nosso site www.associacaoportuguesadereiki.com

 

(Visited 146 times, 1 visits today)