olinda1 olinda 2
No dia 9 de dezembro, o Núcleo de Almada da Associação Portuguesa de Reiki (APR), coordenado por Olinda Ângelo, deu uma aula sobre o tema “Carregar Bagagens Alheias, uma forma de tomar consciência sobre o que carregamos diariamente no nosso caminho”.
Entendermos através do Reiki como nos tratamos e nos conscientizamos naquilo que nos fazemos sem darmos conta.
Foram feitos exercicios de libertação energética de determinadas situações que nos desequilibra.
O caminho é longo e descuidamos na maioria dele a atenção a nós próprios, desta forma ficámos em alerta do que podemos fazer com o Reiki e os Cinco Principios em nosso benefício.
Quando o investimento não é proporcional ao retorno, ou seja, damos mais do que recebemos na vida, nos relacionamentos humanos ou profissionais, é porque estamos desatentos ao nosso estar. Desta forma, chegou o momento de revermos o que estamos a fazer com o nosso precioso tempo.
O peso e o cansaço nos tornam insensiveis à beleza do que nos rodeia, por falta de atenção de cuidarmos de nós. A mania de fugirmos de nós, e procurarmos ocupar nossa mente mais com os outros, leva-nos ao sofrimento, à mágoa, à preocupação, ao controle, à ansiedade, ao excesso de ze-lo pelos outros…
O medo de olhar para a própria vida, leva-nos a preferir tomar conta dos outros, uma forma de manipularmos o nosso próprio confronto.
O Reiki faz-nos ver e sentir que chegou a hora de nos identificarmos e começarmos uma limpeza, para transmutarmos e jogar fora o lixo mental que não interessa e nem sequer é nosso. Por fim o caminho torna-se mais leve. Vamos somente carregar a nossa “mala” ou “bagagem” que já por si só, tem um peso dificil de suportar.
O Reiki faz-nos ver e sentir que a vida de cada um deve ser suportada pelo próprio, com bases mais suaves, pois os relacionamentos cumplices e equânimes, acabam por se tornar mais amorosos, atenciosos, sem cobranças e a liberdade abre muito mais o caminho.
Só Por Hoje Somos Gratos!!!