Entendendo a urgência sobre o esclarecimento público do que é Reiki, o seu enquadramento, aplicabilidade e estatuto perante a sociedade, a Associação Portuguesa de Reiki deliberou através da Assembleia Geral de 26 de Janeiro de 2019, em aprovação por unanimidade, a criação da Comissão de Estudo das Práticas Integrativas – CEPI.

Comissão de Estudo das Práticas Integrativas

Os principais objetivos desta comissão são:

  • Pesquisa de estudos académicos sobre Reiki, classificação e publicação;
  • Suporte a pedidos de documentação para trabalhos académicos;
  • Observação das outras terapias integrativas e medicinas alternativas dando sugestões de direções da prática e reconhecimento da terapia Reiki;
  • Trabalho conjunto com a CNPTR e a CNETR.

Logotipo aprovado em Assembleia Geral para a Comissão.

Grupo fundador do CEPI

Por constituição na Assembleia Geral de 26 de Janeiro de 2019, os membros iniciais e fundadores do CEPI são:

  • Ana Cristina Ramos;
  • Paula Duarte;
  • Raquel Correia;
  • Isabel Couto;
  • Margarida Pereira;
  • Cristina Belém;
  • João Magalhães.

Futuramente serão convidados associados ou abertas candidaturas para participar nesta comissão.