Publicado em Deixe um comentário

Núcleo de Famalicão leva Reiki a Centro Social

O Núcleo de Famalicão promoveu, no dia 27 de Fevereiro, uma sessão de esclarecimento e demonstração de Reiki no Centro Social da Paróquia de Santa Eulália de Nespereira, em Guimarães. Segundo Sílvia Oliveira, coordenadora do Núcleo, tratou-se de «mais uma experiência fantástica», na medida em que «o dar sem receber nada em troca é a melhor coisa que podemos sentir».
A presença do Núcleo da Associação Portuguesa de Reiki resultou de um convite da própria instituição particular de solidariedade social, tendo como destinatário um grupo composto por 21 idosos e três técnicas do centro. Sílvia Oliveira revela-se bastante satisfeita com o resultado da acção, porque «o Reiki é isto, ou seja, dar, ajudar os outros no seu processo de desenvolvimento e começarmos a pensar não só no nosso bem-estar mas também no bem-estar dos outros».
No final, o grupo de voluntárias do Núcleo de Famalicão recebeu o melhor agradecimento possível. «Quando saímos vimos 21 sorrisos estampados no rosto e um pedido de… por favor, voltem!», refere Sílvia Oliveira.




Publicado em Deixe um comentário

Núcleo de Castelo Branco prevê ano repleto de iniciativas

Com inúmeras actividades de divulgação a decorrer e outras tantas em preparação, o Núcleo de Castelo Branco da Associação Portuguesa de Reiki (APR) continua a ser orientado por Vanda Vaz de Carvalho. Motivada, a responsável considera o desafio «muito gratificante» e revela-se empenhada em pôr ao serviço do Reiki e da APR aquilo que sabe «fazer melhor».

Pelo segundo ano consecutivo à frente do Núcleo de Castelo Branco, Vanda Vaz de Carvalho faz um balanço «muito positivo» do caminho percorrido até ao momento. Sobretudo porque «têm sido muitas as actividades que têm contribuído para dar a conhecer o Reiki e a Associação nesta região», nomeadamente, meditações guiadas, Reiki para crianças, palestras e workshops. Segundo Vanda Vaz de Carvalho, todas estas ocasiões têm sido aproveitadas de forma a «promover a divulgação do Reiki e a nossa Associação em vários meios de comunicação locais e nacionais». Mas, mesmo assim, a responsável entende que «ainda há muito mais para fazer».
Questionada sobre o que a motiva a continuar à frente do Núcleo, Vanda Vaz de Carvalho não hesita na resposta: «Acho fundamental a divulgação do trabalho da Associação enquanto entidade que promove, divulga e regulamenta a nossa actividade. E os núcleos têm também um papel muito importante neste sentido, chamando a atenção das pessoas para o Reiki, para a actividade dos reikianos e terapeutas, credibilizando a acção do Reiki entre nós.» A este propósito, dá como exemplo o artigo que escreveu sobre o papel da APR para o periódico A Reconquista, «um jornal local com um espaço já consolidado entre a população», e que acabou por «ter um retorno muito positivo, por esclarecer e informar, mas principalmente por motivar as pessoas a quererem saber mais», explica. Assim, diz que «este é um trabalho muito gratificante» por lhe permitir colocar o que sabe «fazer melhor ao serviço do Reiki e da APR».
Reiki nas Escolas
São muitas as iniciativas que Vanda Vaz de Carvalho está a promover neste momento e inúmeras outras estão já em preparação. Um dos projectos a decorrer é o Reiki nas Escolas, iniciado no dia 18 de Fevereiro na Escola de João de Deus, em Castelo Branco. A acção consiste em dar aulas semanais de Reiki a crianças entre os 4 e os 9 anos de idade, incluindo «auto-tratamento, meditação, mantras e muitos jogos divertidos para que sintam o Reiki». Além disso, a coordenadora criou também uma turma de experienciação de Reiki e meditação para o «primeiro grupo de pequenos reikianos dos 6 aos 14 anos, iniciados em Julho do ano passado», tendo as aulas começado no dia 27 de Fevereiro no Espaço Biosintonia».
Vanda Vaz de Carvalho diz estar ainda a «programar algumas palestras de esclarecimento sobre o Reiki e a APR em Castelo Branco, Fundão e Covilhã, a partir da Primavera». No dia 31 de Março haverá um encontro no Cine Teatro Avenida para o lançamento dos seus CD de Meditação. Nessa ocasião, fará uma meditação guiada com um concerto ao vivo de apresentação das músicas criadas para este trabalho.
Caminhada, retiro e muita divulgação
À semelhança do que fez no ano passado, deverá ainda promover uma caminhada por altura do Equinócio da Primavera, bem como um Chá com Reiki, em Abril, para partilha de Reiki «aberto a todos os reikianos e amigos do Reiki que queiram participar». No dia 21 de Abril fará um retiro de meditação em Água de Madeiros e, no final deste mesmo mês, tem agendada uma palestra na Escola Superior de Saúde de Castelo Branco sobre «Reiki e a Anatomia Oculta do Homem», integrada numa aula do curso de Enfermagem, mas aberta à população.
Em Maio gravará outro CD de Meditações de Reiki em parceria com a APR. O objectivo passa por «proporcionar meditações guiadas de Reiki aos associados e também partilhar com a APR a satisfação de fazer parte deste caminho, que nem sempre tem sido fácil, mas que é, e continuará a ser um exemplo para todos os reikianos».
Para este ano, Vanda Vaz de Carvalho prevê ainda dar seguimento às «aulas de esclarecimento e experienciação de Reiki e Biosintonia» na Universidade da Terceira Idade no Fundão, iniciativa começada em 2011 «a convite de uma reikiana que está a desenvolver um excelente trabalho no Fundão, a Paula Roque».

Vanda Vaz de Carvalho, coordenadora do Núcleo de Castelo Branco
CONTACTOS
Núcleo de Castelo Branco

Rua Cardeal da Mota n.º 8- Lote B- 1.º Esq. Frente
Castelo Branco
Telef. 272 33 73 77
nucleoaprcb@biosintonia.com

Publicado em Deixe um comentário

Retiro de Reiki e Meditação em Paredes de Coura

O Núcleo do Porto da Associação Portuguesa de Reiki (APR) vai realizar um retiro de Reiki e meditação nos próximos dias 13, 14 e 15 de Abril, na Quinta das Águias, em Paredes de Coura. «Momento Presente, Momento Maravilhoso” é o tema do encontro que será alvo de reflexão por todos os participantes.

PROGRAMA
13 DE ABRIL

18h00 – Recepção / Acomodação
20h30 – Jantar vegetariano
21h30 – Prática de meditação GASSHO
22h00 – Reflexão sobre o tema do retiro “Momento Presente, Momento Maravilhoso”
14 DE ABRIL
08h00 – Meditação
09h00 – Pequeno-almoço
10h00 – EXERCÍCIOS DE RESPIRAÇÃO E LIMPEZA DOS CANAIS SUBTIS
11h30 – PARTILHA DE REIKI
13h00 – ALMOÇO
14h30 – PASSEIO PELA QUINTA
15h30 – TÉCNICAS DE REIKI TRADICIONAL JAPONÊS
– GYOSHI HO
– KOKI – HO
– ZENSHIN KOKETSU-HO
– USHITE CHIRYO-HO
– NADATE CHIRYO-HO
– OSHITE CHIRYO-HO
– SEI-HEKI CHIRYO-HO
17h00 – PRÁTICA DE SHU CHU REIKI
18h30 – MEDITAÇÃO DINÂMICA “NO DIMENSIONS”
20h00 – JANTAR
21h00 – MEDITAÇÃO E RECITAÇÃO DE MANTRAS
MANTRA RA MA DA SA
A vibração de RA MA DA SA atravessa o tempo e espaço e traz cura. Mantém, fortalece e melhora a saúde. Este mantra será feito com a técnica de visualização criativa. No final da recitação deste mantra, teremos uma meditação em silêncio ao som de taças tibetanas e gongos e uma pequena prática de Tonglen. A prática de tonglen é um método para nos conectarmos com o sofrimento (o nosso próprio sofrimento e o que nos rodeia onde quer que possamos ir). É um método que nos leva a superar o nosso medo da dor e a dissolver a dureza do nosso coração. Acima de tudo, faz despertar a compaixão que é inerente a todos nós. Tomar consciência de que somos capazes de reciclar as energias que nos paralisam, porque nos paralisamos nelas…

15 DE ABRIL

8h00 – Meditação
9h00 – Pequeno-almoço
10h00 – ENSINAMENTO DE TÉCNICAS PARA ALINHAR E LIMPAR OS CANAIS SUBTIS
11h30 – Partilha de REIKI na Natureza
13h00 – Almoço
14h30 – MEDITAÇÃO GUIADA “MOMENTO PRESENTE, MOMENTO MARAVILHOSO”
15h45 – RELAXAMENTO
16h00 – CÍRCULO ABERTO PARA PERGUNTAS E PARTILHA
17h00 – CHÁ e SESSÃO DE ENCERRAMENTO
PREÇO POR PESSOA: 125 EUROS
Inscrição: 50% do valor (valor deduzido no total do preço a pagar)
Inclui alojamento e pensão completa na Quinta das Águias. Não inclui transporte.
INSCRIÇÕES
Pelo telefone 22 609 97 23 ou pelos endereços de e-mail:
actividades@spasozen.com
reiki@spasozen.com
Inscrições abertas até dia 03 de Abril
Limitado a 20 participantes

Publicado em Deixe um comentário

Anadia com Núcleo da APR

Depois de ter sido delegado de Aveiro em 2011, Luís Ferreira assume agora a coordenação do Núcleo de Anadia. Como grande objectivo do grupo, o responsável aponta a abertura do Espaço Arco-Íris, onde funcionará a sede do Núcleo à semelhança da Casa Coração da Associação Portuguesa de Reiki (APR).
Foi delegado de Aveiro desde Fevereiro de 2011 e agora, um ano depois, Luís Ferreira passa a coordenar o recém-criado Núcleo de Anadia. Fazendo um balanço do percurso percorrido até ao momento, e tendo em conta alguns atrasos iniciais relacionados com «logística e construção de eventos», o responsável faz um balanço «extremamente positivo». Ainda assim, faz questão de salientar que «por trás do delegado de Aveiro está, na realidade, uma grande família que funciona pelo espírito de solidariedade e coesão sustentado nos cinco princípios do Reiki».
Olhando para trás, Luís Ferreira considera que «com a criação do conceito de Espaços Associados à Delegação de Aveiro, algo que é único em todas as delegações e que derivou da ausência de um espaço físico de actividade permanente, a Delegação de Aveiro abriu um precedente de boa imagem, simplicidade e qualidade na terapia Reiki». Nas suas palavras, «tudo isto culminou com um profundo esclarecimento e desmistificação da terapêutica Reiki, mas também no reconhecimento, por parte do público em geral, da Delegação de Aveiro como um organismo de apoio social e fundamental para os dias de hoje». Tendo em conta que a APR instituiu 2012 como o Ano da Formação e Profissionalização em Reiki, o coordenador entende que «não fazia qualquer sentido abandonar estes precedentes». «Se o fizéssemos seríamos apenas mais um grupo que durante algum tempo fez qualquer coisa sobre Reiki e esta é uma imagem que não queremos ter colada a nós», justifica.
Por outro lado, considera que a fasquia está «agora muito mais elevada devido aos resultados obtidos» e «é no sentido de manter ou superar esses objectivos» que a equipa encontra uma «nova força e motivação». Com vista a alcançar essa meta, afirma que «muito já foi feito». «A equipa mantém-se e expande-se com novos coordenadores; e surge o novo Espaço Arco-Íris, com um modo de funcionamento semelhante à Casa Coração», esclarece ainda. Com efeito, segundo Luís Ferreira, «o grande objectivo do Núcleo de Anadia prende-se com a abertura do seu próprio espaço». «Será um Espaço única e exclusivamente financiado por donativos onde serão disponibilizados, tal como na Casa Coração, voluntariado, workshops, formações e eventos de esclarecimento sobre Reiki de forma tendencialmente gratuita».
Núcleo vs. Delegação
Em relação à diferença que existe entre Núcleo e Delegação, o coordenador entende que «são conceitos completamente distintos». «Os objectivos são muito mais exigentes e obrigam-nos a um maior tempo de dedicação, o que, nos dias de hoje, é realmente um desafio», sublinha, acrescentando que «muitas das vezes não basta colocar o dístico; é preciso perceber realmente o que é se faz e por que é que se faz, uma vez que deixamos de ser uma extensão regional da APR para sermos a própria Associação representada na região. E isto sim, aos olhos de todos, transmuta-se num sentido de responsabilização completamente diferente».

Luís Ferreira, coordenador do Núcleo de Anadia
CONTACTOS
Núcleo de Anadia

Site: www.nucleoanadiaapreiki.weebly.com

Publicado em Deixe um comentário

Núcleo de Arrifana – Santa Maria da Feira

O recém-criado Núcleo de Arrifana – Santa Maria da Feira tem como coordenadora Sara Castanheira. Embora só agora se estreie na liderança de um núcleo, a sua colaboração com a Associação Portuguesa de Reiki (APR) já vem de trás. A «possibilidade de alargar o trabalho iniciado em Gaia» é um dos principais factores que a motivam a lançar-se neste desafio.

A colaborar com a APR desde o início de 2011, através da participação em inúmeras actividades levadas a cabo pela Delegação de Gaia, Sara Castanheira começa agora uma nova fase como coordenadora do Núcleo de Arrifana. Questionada sobre o que lhe dá alento para embarcar nesta aventura, a responsável não hesita em responder que «a motivação de criar um núcleo em Arrifana – Santa Maria da Feira prende-se com a possibilidade de alargar o trabalho iniciado em Gaia». Além disso, destaca também a importância de poder contribuir para a «divulgação do Reiki» no local onde cresceu e vive actualmente. «Sinto que a descoberta que constituiu o Reiki para mim e o que me fez evoluir interiormente pode ser alargado a pessoas com quem convivo desde que me conheço e a todos com quem partilho o meu concelho», esclarece.
Segundo informação disponível no site do Núcleo, a justificação para a criação deste grupo é mais alargada e passa pela «vontade de semear, cultivar e ver florescer o Reiki em Santa Maria da Feira». «Este visa ser um espaço de divulgação, esclarecimento, formação, partilha e voluntariado de Reiki. Um ponto de encontro para todos aqueles que percorrem o caminho do Reiki ou que o queiram conhecer», lê-se ainda.
Actividades previstas
A inauguração do Núcleo será assinalada no próximo dia 3 de Março, pelas 21horas, através de uma partilha de Reiki «aberta a companheiros de caminho e a todos aqueles que queiram estar presentes». As inscrições podem ser feitas para o e-mail reikiarrifanasmf@gmail.com.
O Núcleo de Arrifana continuará a colaborar com os projectos de voluntariado em que Sara Castanheira já estava envolvida em Vila Nova de Gaia, nomeadamente no lar de idosos Salvador Brandão e na Associação de Protecção à Criança. Com o apoio do seu mestre, João Ribeiro, Sara iniciou ainda um programa de voluntariado no Núcleo de Ensino Estrela Guia, em São João da Madeira, «onde será ministrado um curso a alguns membros do corpo docente da escola para que possam ter uma participação activa no projecto, que se traduzirá numa oficina de Reiki e terapia Reiki a algumas crianças da escola».
Em breve, a coordenadora espera ainda iniciar outro «projecto de terapia em regime de voluntariado», estando já a fazer contactos com a Divisão Social da Câmara Municipal de Santa Maria da Feira, com o objectivo de «disponibilizar esta terapia orientada para pessoas que necessitam de apoio e têm uma situação económica que não lhe permite ter acesso à mesma». Para além disto, serão organizadas sessões regulares de divulgação e partilha de Reiki, bem como outras acções de voluntariado. A sede do Núcleo funciona na Hilaris, uma empresa de apoio domiciliário a idosos e dependentes da qual Sara Castanheira é sócia.


Sede do Núcleo de Arrifana — Santa Maria da Feira

CONTACTOS
Núcleo de Arrifana – Santa Maria da Feira

Rua da Estrada n.º 110
4520-810 Travanca — Santa Maria da Feira
E-mail: reikiarrifanasmf@gmail.com
Site: http://reikiarrifanasmf.weebly.com
Facebook: http://facebook.com/reikiarrifanasantamariadafeira

Publicado em Deixe um comentário

Núcleo de Castelo Branco com novo espaço


No dia 25 de Fevereiro, pelas 18 horas, será inaugurado o novo espaço da Biosintonia em Castelo Branco, local onde funciona também o núcleo da Associação Portuguesa de Reiki (APR) desta cidade. No encontro, que será marcado por uma meditação guiada, celebra-se igualmente o facto de Vanda Vaz de Carvalho continuar à frente do núcleo pelo segundo ano consecutivo.
A meditação guiada será feita em prol do «bem-estar e felicidade dos seres humanos e pelo equilíbrio do planeta», segundo informação enviada por Vanda Vaz de Carvalho ao Reiki em Portugal. A entrada é livre mas implica inscrição prévia, por questões de lotação do espaço. A reserva deve ser feita para o e-mail biosintonia@biosintonia.com, indicando nome e contacto telefónico.
De acordo com a coordenadora, o novo espaço associa a medicina convencional às terapias complementares, estando disponível Reiki, Biosintonia, Clínica Geral, Nutrição, Osteopatia, entre outras. Neste local estará também representado o Núcleo da Associação Portuguesa de Reiki de Castelo Branco, coordenado por Vanda Vaz de Carvalho.
CONTACTOS
Biosintonia
Núcleo de Castelo Branco da APR

Rua Cardeal da Mota n.º 8- Lote B- 1.º Esq. Frente
Castelo Branco
Telef. 272 33 73 77
biosintonia@biosintonia.com
espacobiosintonia@gmail.com

Publicado em Deixe um comentário

Código de Ética para Mestres de Reiki

Código de Ética
Numa sociedade cada vez mais exigente com a qualidade e com os conhecimentos transmitidos, onde o Reiki já não é mais um segredo ou uma prática particular, encontramos a necessidade de reforçar o nosso Código de Ética para Mestres Formadores.
Este código deontológico não pretende interferir com os conteúdos dos cursos mas sim com a qualidade dos mesmos, garantindo aos alunos as melhores bases para o seu ensino. No esforço de tornar o Reiki uma prática de terapia complementar, reconhecida oficialmente, não devemos descurar o seu ensino, pois este terá bastante influência na forma como os praticantes o aplicarão.
Um Mestre Formador de Reiki, deve assumir a responsabilidade do que ensina, como ensina, de forma ética, competente e eficiente, guarantindo aos seus alunos a possibilidade de virem a ser bons praticantes/terapeutas.

Publicado em Deixe um comentário

Gokai, os cinco princípios de Reiki


A prática de Reiki visa o nosso equilíbrio e bem-estar mas, é também direccionada ao nosso crescimento interior, aquilo a que o Mestre Usui chamava de o Caminho para o Satori, para a Iluminação. Além da veiculação da Energia Universal, temos também a prática dos Gokai (Cinco Princípios). Estes cinco princípios devem ser praticados de manhã e à noite, são simples frases, afirmativas, que nos auxiliam a começar e terminar o dia de forma positiva e construtiva. A sua prática é tão simples que pode ser inserida a qualquer altura do dia, em qualquer situação e momento. Sem dúvida que, a prática constante, traz a serenidade e a verdadeira interiorização destes princípios tão humanos e construtivos.

GOKAI – 五戒

 今日たけは Kyo dake wa
怒るな
Ikaruna
心配すな  Shinpaisuna
感謝して
Kanshashite
業をはけめ
Gyo wo hageme
人に親切に
Hito ni shinsetsu ni

Só por Hoje,
Sou Calmo,
Confio,
Sou Grato,
Trabalho Honestamente,
Sou Bondoso.

 Podem ouvir os Gokai, ditos por Mari Okazaki, no nosso Canal de Youtube.

Publicado em Deixe um comentário

O que é Cuidar?


Quando nos dedicamos a um serviço de terapia, quer em relação a nós quer em relação a outros, temos sempre que ter, claramente definido, o conceito do que é cuidar. A forma com que nos entregamos a esse serviço, como estamos presentes, como Somos, serão sempre acções de grande influência no factor relacional e no sucesso do nosso trabalho.
“O processo de cuidar é a forma como se dá o cuidado. Cuidar é mais que um acto, é uma atitude, portanto abrange mais que um momento de atenção e zelo. Representa uma atitude de ocupação, preocupação, de responsabilização e de envolvimento afectivo com o outro.”
O processo de cuidar pode ser entendido como um conjunto de acções e comportamentos realizados no sentido de favorecer, manter ou melhorar a condição humana no processo de viver ou morrer. Neste sentido, o processo de cuidar é um processo interactivo, de desenvolvimento, de crescimento, que se dá de forma contínua ou em um determinado momento, mas que tem o poder de conduzir à transformação (Waldow, 1998).
Cuidar com Reiki
As terapias complementares podem ter um papel muito importante no cuidar e no cuidado da pessoa. O Reiki é uma terapia e filosofia de vida que baseia-se em princípios como o Amor Incondicional, ou seja, a capacidade de dar, independentemente de a quem ou em troca de o quê, não menosprezando a responsabilidade profissional, a ética no atendimento e no estar com a pessoa. A sensibilidade que exige a prática desta terapia traz uma outra dimensão em todo o processo, quer no terapeuta, quer no seu cliente ou utente. Ao procurar uma terapia complementar, que tenha estes princípios por base, também o cliente deve estar ciente do âmbito da mesma, dos seus direitos, de todo o processo que o irá envolver no seu caminho para a cura, para o equilíbrio e bem-estar. Cuidar é também assumir a responsabilidade do trabalho que se irá realizar, sempre tendo em consciência o amor incondicional que nos deve guiar.
Em todo este processo, vemos reflectidos os cinco princípios de Reiki – Calma, Confiança, Gratidão, Honestidade e Bondade. Sem eles, não conseguimos cuidar.

Publicado em Deixe um comentário

Ajuda de Mãe beneficia de voluntariado Reiki

Desde Abril de 2011 que a Associação Portuguesa de Reiki (APR) disponibiliza Reiki na Ajuda de Mãe através de um protocolo de voluntariado. Ultrapassadas as dúvidas iniciais, mães e crianças revelam agora «muita receptividade» à terapia, de acordo com Filipa Fernandes, psicóloga da instituição.
A Ajuda de Mãe é uma Instituição Particular de Solidariedade Social criada em 1991 com o objectivo de apoiar a mulher grávida. Para tal, informa, encaminha e acolhe grávidas; promove a qualificação escolar das mães, bem como a sua reinserção social e integração profissional. Para dar resposta ao acolhimento, dispõe de duas residências temporárias destinadas a grávidas adultas e adolescentes, respectivamente. Possui ainda a Casa João Paulo II, que proporciona acolhimento, vivência familiar e desenvolvimento de competências maternais e escolares a dez mães adolescentes e seus bebés. Filipa Fernandes, psicóloga na Ajuda de Mãe, explicou ao Reiki em Portugal como é que mães e crianças estão a reagir à terapia que lhes é oferecida em regime de voluntariado pela APR.

Reiki em Portugal — Há quanto tempo é disponibilizado Reiki na Ajuda de Mãe e com que frequência semanal?
Filipa Fernandes —
O Reiki é disponibilizado na Casa João Paulo II – Residência de Acolhimento para Mães Adolescentes desde Abril de 2011 com periodicidade quinzenal. As sessões são oferecidas a todos os residentes: mães e crianças.
RP — Por que razão a Ajuda de Mãe decidiu estabelecer esta parceria de voluntariado com a Associação Portuguesa de Reiki?
FF —
A parceria surge após uma proposta efectuada por um voluntário, também colaborador da APR, que nos apresentou o Reiki e as suas vantagens.

RP — Qual tem sido a receptividade das utentes em relação à terapia?
FF —
Após um período inicial de reservas e dúvidas quanto à terapia verificou-se uma boa aceitação da mesma por parte dos residentes. As crianças mostram muita receptividade e estão sempre muito entusiasmadas nos dias de Reiki.
RP — Que benefícios têm sido constatados nas utentes que frequentam as sessões de reiki?
FF —
As residentes referem sentir-se bem após a terapia e mais aliviadas das queixas existentes.
RP — A parceria com a Associação Portuguesa de Reiki é para continuar?
FF —
A Ajuda de Mãe tem todo o interesse em manter esta parceria.

CONTACTOS
Ajuda de Mãe

Rua Arco do Carvalhão, n.º 282
1350-026 Lisboa
Tel. 21 382 78 50/ Fax. 21 3827859
ajudademae@ajudademae.pt
www.ajudademae.pt

Publicado em Deixe um comentário

Núcleo do Porto continua o trabalho de divulgação


Sónia Gomes continua à frente do Núcleo do Porto da Associação Portuguesa de Reiki (APR), tarefa que assume desde 2009. A coordenadora faz um balanço «extremamente positivo» do caminho percorrido até aqui e garante que um dos motivos que explica a sua recandidatura prende-se com a «continuação da divulgação do Reiki e a necessidade de regulamentação e legalização da prática».

Olhando para os três anos passados a coordenar o Núcleo do Porto, Sónia Gomes não tem dúvidas em considerar a tarefa como «enriquecedora». «Foi muito gratificante e ajudou-me a crescer muito como ser humano», conclui, salientando que «as acções e actividades desenvolvidas foram muito construtivas para uma maior divulgação do Reiki e para uma maior proximidade entre o cidadão comum e a Associação». Ainda assim, lembra que tal «inicialmente não foi fácil, mas a motivação era muita e as coisas foram fluindo com toda a naturalidade».
Questionada sobre o que a motiva a continuar à frente do Núcleo, a coordenadora explica que «a partilha com todos os colegas da Associação é um factor determinante». «Tenho excelentes colegas, pessoas com quem criei laços e que são fundamentais para que o trabalho possa ser desenvolvido com rigor e profissionalismo, pois sozinhos não conseguimos empreender a mudança necessária», justifica. Porém, uma das suas maiores motivações neste momento é a «continuação da divulgação do Reiki e a necessidade de regulamentação e legalização da Prática». A este propósito, considera mesmo que «a APR tem uma grande responsabilidade nesta área».
Actividades
Entre as actividades que prevê dinamizar em breve, Sónia Gomes destaca o habitual Chá com Reiki, que deverá realizar-se no dia 24 de Março às 18h. Já nos dias 13, 14 e 15 de Abril, o Núcleo promoverá um retiro de Reiki e meditação em Paredes de Coura, subordinado ao tema «Momento presente, momento maravilhoso», durante o qual serão abordadas algumas técnicas japonesas de Reiki e práticas de meditação. Existem outras acções em preparação, mas ainda sem data definida.

Sónia Gomes
CONTACTOS
Núcleo do Porto
Spaso Zen
Rua do Campo Alegre, 1256
4150-174 Porto
22 609 97 23/91 262 03 32.
reiki@spasozen.com

Publicado em Deixe um comentário

Núcleo de Mafamude – Vila Nova de Gaia

Mafamude é o novo Núcleo da Associação Portuguesa de Reiki (APR) e Cláudia Isabel Guimarães é a sua coordenadora. A aposta em Mafamude justifica-se porque a responsável trabalha na freguesia, notando-a ainda «pouco dinamizada no que respeita à divulgação de Reiki e da APR».
Sócia da APR desde 2008, Cláudia Isabel Guimarães colabora com a mesma desde então, mas só agora vai assumir a coordenação do Núcleo de Mafamude – Vila Nova de Gaia. Questionada sobre a motivação para abraçar este desafio, a coordenadora não hesita em apontar a necessidade de se dinamizar mais a freguesia em tudo o que se relaciona com a divulgação do Reiki e também da APR.
Quanto a projectos futuros, informa que está a ser elaborado o projecto «Centro Terapêutico de Reiki», o qual deverá dar entrada na Câmara Municipal de Vila Nova de Gaia, «aguardando um parecer favorável». Para breve deverão também realizar-se sessões de esclarecimento e workshops. Mais informação sobre estas actividades poderão vir a ser encontradas no site www.gabineteisastros.com.

Cláudia Isabel Guimarães
CONTACTOS
Núcleo de Mafamude – Vila Nova de Gaia
www.gabineteisastros.com

Publicado em Deixe um comentário

Dia Mundial de Felicidade


Hoje, 11 de Fevereiro, comemoramos o dia Mundial da Felicidade. Esta felicidade, que parece cada vez mais condicionada pelos momentos exteriores, precisa ser redescoberta interiormente. Como o podemos fazer?
Uma simples meditação com Reiki:

  • Coloquem as mãos em Gassho ou em cima das pernas, com as palmas voltadas para cima
  • Liguem-se à energia universal
  • Deixem fluir pelo interior da cabeça, descendo até ao coração, do coração às mãos
  • Deixem sair a energia pelas mãos, como se fossem uma fonte
  • Voltem a sentir a energia no topo da cabeça e deixem agora fluir até aos pés
  • Sintam os vossos pés e imaginem que crescem raizes desde as plantas dos pés até ao centro da Terra
  • Sintam-se ligados, unidos à Terra, pelas raizes
  • Sintam-se ligados, unidos ao Universo, pelo topo da cabeça
  • E deixem fluir a energia como se fosse um rio interior que vos limpa e harmoniza
  • Coloquem agora uma mão no chakra cardíaco e outra no plexo solar
  • Deixem fluir Reiki
  • Recitem pausadamente, os cinco princípios de Reiki, sentindo-os a vibrar intensamente dentro do vosso corpo, do vosso Ser
  • Vão sentindo essa vibração, luz, interior
  • Deixem que essa luz se vá expandindo de dentro para fora, para a pele, para o ambiente que vos rodeia
  • Quando quiserem terminar, voltem a sentir a vossa ligação à Terra e agradeçam à Energia.

Vamos também reflectir com o poema 108 do Imperado Meiji

108 – AMIGOS

“A força
mais valiosa deste mundo
é a estreita amizade,
na qual nos apoiamos.”
E aqui fica uma bela partilha de música para acompanhar as vossas meditações, deste Dia Mundial da Felicidade.

Publicado em Deixe um comentário

Santa Maria da Feira com Núcleo da APR

Mais um núcleo da Associação Portuguesa de Reiki (APR) foi criado no Norte do país, desta vez na cidade de Santa Maria da Feira. Cátia Duque é a coordenadora e encara a tarefa como «um verdadeiro desafio», na medida em que detecta ainda «algum desconhecimento sobre o Reiki» nesta zona.
«Reiki em Movimento» é o lema do recém-criado Núcleo de Santa Maria da Feira. E isto porque, segundo Cátia Duque, «o objectivo principal é colocar em movimento o Reiki na comunidade em todas as suas vertentes, nomeadamente terapia, formação ou voluntariado». A residir «mesmo no centro da cidade há dez anos», a coordenadora nota que «há aqui muito para despertar». «Santa Maria da Feira tem muitas potencialidades, pois além de ser uma área com muita população e sempre em crescimento, apresenta algum desconhecimento sobre o Reiki, criando um verdadeiro desafio para o Núcleo», justifica. Por outro lado, esta «é uma zona carenciada, em que se pode ajudar de algumas formas, a nível social, contribuindo com o Reiki».
Colaborar na área social, através de voluntariado, foi uma das primeiras intenções da coordenadora desde que se inscreveu na APR. Nesse sentido, chegou mesmo a «fazer o curso de voluntariado com a Sílvia Oliveira [coordenadora do Núcleo de Famalicão], para poder estar apta a isso». Todavia, foi com a candidatura para o Núcleo de Santa Maria da Feira que iniciou a sua colaboração directa com a Associação.
Entre as actividades que prevê desenvolver, Cátia destaca o voluntariado com animais «como primeiro projecto», mas está igualmente a delinear outras acções de voluntariado e formação em Reiki. Em Março deverá realizar uma sessão de esclarecimento sobre Reiki à comunidade na livraria Vício das Letras, em Santa Maria da Feira, realizando nessa mesma ocasião a apresentação oficial do Núcleo. As proprietárias do espaço colaboram com o Núcleo, pelo que deverão ser aqui realizadas as formações e outras sessões de esclarecimento.
Cátia Duque
Cátia Duque

CONTACTOS
Núcleo de Santa Maria da Feira

reiki.em.movimento@gmail.com
http://reikiemmovimento.blogspot.com
Vício das Letras — Livraria e Actividades Culturais Lda.

Publicado em Deixe um comentário

Reiki no Mama Help ajuda doentes com cancro

O Mama Help existe no Porto desde Março de 2011 e é um verdadeiro porto de abrigo para doentes com cancro da mama em busca de apoio e informação. O Reiki é uma das valências disponíveis no centro e, segundo a terapeuta Angela Feiteira, a maior parte das pessoas que o experimentam referem melhorias, nomeadamente ao nível da dor física.
Descrito pelos responsáveis como um «centro de recursos diversificados aberto a toda a gente», o Mama Help foi criado com o objectivo de disponibilizar informação e ajuda «desde o primeiro diagnóstico e em todas as fases da doença». Mas porque esse mesmo diagnóstico traz consigo uma enorme carga psicológica para o doente, família e amigos, torna-se importante que a resposta à situação não seja exclusivamente médica. Por esse motivo, entre as valências disponíveis no espaço contam-se Nutrição, Psicologia, Fisioterapia, Acupunctura, Osteopatia, Naturopatia, Yoga, Tai Chi e Reiki.
Angela Feiteira é a terapeuta de Reiki que trabalha no espaço desde o início e, em declarações ao Reiki em Portugal, explicou que a receptividade dos doentes a esta terapia tem sido boa: «Em geral, as pessoas que experimentam o Reiki sentem-se muito bem e onde é mais fácil constatar o seu “poder” é quando existem dores físicas, pois estas normalmente desaparecem durante a sessão.» «A maior parte das pessoas gostam das sensações, da tranquilidade, do “calor” que as aquece por dentro; sentem-se mais calmas e aliviadas dos pesos e pressões que sentiam», justifica.
Ainda assim, Angela Feiteira lamenta a falta de conhecimento que existe sobre o Reiki: «Tal como acontece com algumas das outras terapias complementares, o Reiki ainda é desconhecido de muita gente.» Assim, refere que «muitos dos que fizeram tratamentos de Reiki vieram porque alguém aconselhou, apesar de não saberem como era aplicado. Outros julgam erradamente que o Reiki é um milagre, e por isso experimentam uma sessão à espera de uma cura quase imediata». Porém, «o Reiki é um tratamento, sendo necessário, nalguns casos, sessões semanais ou até diárias para que ocorram melhorias significativas», adverte. Na sua experiência como terapeuta de Reiki, não apenas no Mama Help mas em outros locais, Angela Feiteira revela ter já «observado situações realmente fascinantes com os tratamentos de Reiki, mas são situações de tratamentos com alguma regularidade».
Assumindo-se como uma «apaixonada por esta terapia» desde que entrou em contacto com ela, e tendo em conta as situações que vai vivendo, a terapeuta não vê desvantagens na sua aplicação. «É um acto de amor e um tratamento que vai muito além da compreensão humana», sintetiza.
Auto-ajuda e apoio jurídico
No Mama Help estão ainda disponíveis serviços de aconselhamento jurídico, grupos de auto-ajuda e são realizadas sessões de esclarecimento sobre diversos temas.
A cirurgiã Maria João Cardoso, professora na Faculdade de Medicina da Universidade do Porto e responsável pela Cirurgia Mamária da Unidade de Mama da Fundação Champalimaud, é a presidente do Conselho Científico, o qual integra oncologistas, patologistas, radioterapeutas, imagiologistas, psiquiatras, enfermeiros, entre outros. Já o Conselho de Curadores inclui mais de uma dezena de nomes, entre os quais se encontram Leonor Beleza, Sobrinho Simões ou Maria Amélia Cupertino de Miranda.

Contactos:
Mama Help – Centro de Apoio a Doentes com Cancro da Mama
Rua dos Heróis e dos Mártires de Angola, 34, 2.º andar
4000-285 Porto
Telef. 22 206 01 00/09
E-mail: info@mamahelp.pt
http://www.mamahelp.pt
facebook.com/mamahelp

Publicado em Deixe um comentário

Jornal Ser Kurama — Janeiro 2012

Já está disponível para download a edição de Janeiro do jornal Ser Kurama. Nele podem encontrar um resumo das actividades levadas a cabo durante o mês pela Associação Portuguesa de Reiki e pelos diversos núcleos, bem como testemunhos de coordenadores e ainda alguns dos projectos que deverão ser postos em prática ao longo do ano.
https://associacaoportuguesadereiki.com/reiki/files/jornal_ser_kurama_13_2012_edit.pdf

Publicado em Deixe um comentário

Reiki para desempregados arranca em Pevidém

Ciente das consequências da actual conjuntura económica, que todos os dias empurra para o desemprego centenas de pessoas, a Associação Portuguesa de Reiki (APR) criou o projecto Reiki Sem Crise. O programa entrou em funcionamento no dia 31 de Janeiro, em Pevidém, e destina-se a apoiar quem está sem trabalho.

Da responsabilidade do Núcleo de Famalicão, o projecto passa por dar formação em Reiki (nível I) durante um ano a nove desempregados da região e resulta de uma parceria estabelecida entre a APR, o Gabinete de Inserção Profissional de Pevidém e o Gabinete Local de Desenvolvimento Social da Câmara Municipal de Guimarães.
Segundo Sílvia Oliveira, coordenadora do Núcleo de Famalicão, «muitas vezes o desemprego leva as pessoas a ficarem desorientadas e com baixa auto-estima, o que as conduz frequentemente à depressão». Os principais destinatários da acção são precisamente os desempregados com depressão diagnosticada e aqueles que se encontram sem emprego há mais de um ano (desempregados de longa duração), tendo sido este um dos critérios de selecção dos formandos. «Todos ouvimos diariamente nos noticiários que o número de desempregados aumenta e com isso cresce também a desmotivação perante o quotidiano, daí a grande importância do Reiki nestas pessoas», justifica Sílvia Oliveira.

Os responsáveis pelo projecto sublinham, no entanto, que o objectivo «não é o de resolver o problema de desemprego da pessoa, mas sim apoiá-la nalguns dos efeitos que esta situação causa na sua saúde e bem-estar». Por outro lado, frisam também que «enquanto terapia complementar, o Reiki trabalha apenas para o equilíbrio e manutenção do bem-estar da pessoa», pelo que «não há prescrição ou diagnóstico, esse é o trabalho realizado pelos profissionais de saúde competentes para tal».
De acordo com Sílvia Oliveira, «a receptividade revelada pelo grupo inicial em relação ao Reiki foi enorme e no final da sintonização estavam todas fascinadas». Saliente-se que o trabalho dos formadores envolvidos no projecto Reiki Sem Crise, à semelhança das restantes acções da APR, é integralmente voluntário. A coordenadora de Famalicão acredita que «é muito importante que cada reikiano doe um bocado do seu tempo e se entregue a qualquer um dos projectos que a Associação tem em desenvolvimento, pois no final ficamos com o coração realmente quentinho».
É intenção da APR estender o projecto Reiki Sem Crise a outras instituições que demonstrem interesse no mesmo. Para tal, basta contactarem a Associação através do e-mail info@montekurama.org. Mais informação sobre o projecto pode ser encontrada aqui.

Publicado em Deixe um comentário

Cerciama faz balanço positivo de voluntariado Reiki

«Maior assertividade e equilíbrio» são alguns dos benefícios constatados nos utentes da Cerciama que recebem Reiki, em regime de voluntariado, oferecido pela Associação Portuguesa de Reiki (APR). Quem o diz é Luís Rodrigues, animador cultural naquele espaço, defendendo mesmo a integração desta terapia noutras instituições congéneres.

A Cerciama existe desde 1976, na Amadora, e a sua missão consiste em ajudar crianças, jovens e adultos com deficiência, contribuindo para melhorar as suas vidas. Actualmente apoia cerca de 120 utentes. Para melhor perceber o impacto que o Reiki está ter entre aqueles que semanalmente aderem a esta terapia, Reiki em Portugal falou com Luís Rodrigues, animador cultural e responsável pelo Tr.Ama – Teatro da Cerciama (na foto um ensaio de «A maior Flor do Mundo», peça levada à cena por este grupo).
Reiki em Portugal — Há quanto tempo é disponibilizado Reiki na Cerciama?
Luís Rodrigues —
A terapia Reiki é disponibilizada pela Associação Portuguesa de Reiki na Cerciama há cerca de um ano. Neste momento, os utentes têm possibilidade de receber Reiki dois dias por semana (cerca de oito horas semanais) facultado por quatro voluntários.

RP – O que é que motivou a realização desta parceria de voluntariado com a APR?
LR —
Porque acreditamos que o Reiki, enquanto terapia alternativa, é extremamente útil a todos os níveis para a população em que intervimos. Assim, contactámos a APR, que desde logo mostrou disponibilidade e abertura para iniciar esta parceria.
RP — Qual tem sido a receptividade dos utentes?
LR–
A receptividade dos utentes é extremamente positiva. Ao longo desta parceria criou-se a rotina de, em determinados dias, haver a terapia reiki. Os utentes dizem que «é o dia do Reiki» e, nesses dias, alguns esperam desde cedo pela chegada do terapeuta. Temos também outros casos de adesão em que alguns utentes, depois de receberem a sua sessão, fazem desenhos e escrevem histórias sobre aquilo que sentiram durante o tratamento.
RP — Que benefícios têm sido constatados nesses utentes que frequentam as sessões de reiki?
LR —
Benefícios ao nível dos comportamentos, nomeadamente, maior assertividade e equilíbrio. Enquanto terapia alternativa, pela sua abrangência e simplicidade e falando só no nosso tipo de instituição, pensamos que o Reiki deveria ser instituído como prática regular, como um serviço a oferecer aos utentes. Pela nossa parte, tudo temos feito para que assim seja, divulgando o Reiki e o serviço de voluntariado a outras associações congéneres.


Contactos:
Cerciama
Rua Mestre Roque gameiro, 12
2700-578 Amadora
Telef. 21 498 68 30
http://cerciama.com.sapo.pt/
http://www.tramateatrodacerciama.blogspot.com

Publicado em Deixe um comentário

Registo de Terapeutas na área das medicinas não convencionais


O seguinte artigo é um extracto da notícia saída hoje no Jornal Público (1.2.2012), pela repórter Catarina Gomes.

Cidadãos vão poder aceder a registo online com terapeutas alternativos credenciados

Proposta de regulamentação do Governo quer disciplinar a área das medicinas não convencionais. Profissionais ficarão proibidos de fazer “falsas promessas de tratamento”
“Oito anos depois da aprovação de uma lei que devia ter sido regulamentada em seis meses, o Governo tem finalmente pronta uma proposta de regulamentação das terapêuticas não convencionais. A ideia é que só possa exercer acupunctura, fitoterapia, homeopatia, naturopatia, osteopatia e quiropráxia quem tenha cédula profissional emitida pelas autoridades de saúde. Aos cidadãos será dado acesso a um registo online onde constarão os “profissionais com formação adequada”.

Os objectivos da proposta do Governo, a que o PÚBLICO teve acesso, são “a protecção da saúde pública” e o disciplinar da “actuação dos profissionais”, criando “garantias de formação adequada para o exercício destas profissões”, lê-se. Uma das regras ali estipuladas é a proibição de os terapeutas fazerem “falsas promessas de tratamento”, “não podendo alegar falsamente que os actos que praticam são capazes de curar doenças, disfunções e malformações”.
Se a regulamentação for aplicada, aos profissionais que exerçam as seis terapêuticas não convencionais previstas na lei vai passar a ser exigida uma cédula profissional e só esta lhes permitirá o uso do título profissional — o documento será emitido pela Administração Central do Sistema de Saúde.
A este organismo do Ministério da Saúde caberá também ter actualizado um registo público dos profissionais credenciados, acessível no site da instituição.” …

Perspectiva da Associação Portuguesa de Reiki

O trabalho que a Associação Portuguesa de Reiki tem vindo a desenvolver desde 2011 e com a proposta para 2012, vai ao encontro desta regulamentação do Governo. Temos a plena consciência que para fornecer um serviço de qualidade no âmbito da Terapia Complementar Reiki é necessária uma formação consistente e uma regulamentação presente quer nos praticantes quer nos profissionais. É por isso que se torna importante a participação dos Formadores no âmbito do projecto do “Grupo de Estudo e Debate da Formação em Reiki“. Para mais informações podem consultar a nossa página no site…
O nosso trabalho tem estado a ser articulado com reuniões realizadas com entidades competentes do Governo que compreendem a condição actual e os objectivos a serem alcançados com o reconhecimento do Reiki como Terapia Complementar. Da nossa parte, faremos todos os esforços para o mais correcto enquadramento do Reiki e dos seus praticantes.

Publicado em Deixe um comentário

Sessão de esclarecimento «muito especial»

No dia 27 de Janeiro, o Núcleo de Famalicão promoveu mais uma sessão de esclarecimento, desta vez na Universidade Sénior de Vizela. Porém, nas palavras da sua coordenadora, Sílvia Oliveira, esta sessão «foi muito especial», porque, «com muita surpresa, fomos recebidos com um recital interpretado por alunos da Academia de Música de Vizela». «Ficámos emocionadas com a forma atenciosa como nos acolheram e com a atenção com que nos ouviram falar sobre Reiki». Por este motivo, o Núcleo de Famalicão agradece publicamente à Universidade Sénior, à Casa do Povo e ao Rotary Clube Vizela. As fotos testemunham o acontecimento:

Publicado em Deixe um comentário

Juventude Positiva em formação

No passado dia 28 de Janeiro, os jovens que integram o projecto Juventude Positiva, do Núcleo de Famalicão, receberam uma formação inicial em voluntariado, dinamizada pela equipa Time4U daquela cidade.
Ao longo de seis horas, e através de actividades de educação não formal, os jovens tiveram a oportunidade de trabalhar inúmeras competências, preparando-se para a prática de voluntariado. Reflectiram sobre a essência desta actividade, a sua importância no contexto actual em problemas como a desigualdade social e a sustentabilidade ambiental e até as soluções encontradas pelas Nações Unidas, através da análise dos Objectivos de Desenvolvimento do Milénio. Ficaram também a conhecer os seus direitos e deveres como voluntários, bem como as áreas e instituições onde podem desenvolver a sua acção. No final da formação, os jovens realizaram o seu projecto pessoal de voluntariado.
É essencial destacar a importância que estas formações têm para os jovens que pretendem iniciar a sua acção voluntária. Além da informação adquirida, é um momento de partilha de medos e ideias que podem ser fundamentais no seu futuro como voluntários. Agradecemos à equipa Time4U por toda a disponibilidade e pela qualidade da formação. O Time4U é um projecto da associação YUPI (Youth Union of People with Initiative), que tem como objectivo promover uma Bolsa de Voluntariado Jovem (dos 15 aos 25 anos) em Vila Nova de Famalicão.

Publicado em Deixe um comentário

Voluntariado na Fraterna, uma caminhada


O trabalho como voluntária tem sido uma grande caminhada e também uma grande aprendizagem como ser humano. Desde Setembro que tenho dedicado parte do meu tempo, que gostaria que fosse mais mas a vida não me permite, a partilhar com as crianças o meu amor e o reiki. Tem sido uma experiencia fantástica pois à medida que o tempo vai passando os laços que se criam vão se reforçando, a intensidade de cada dádiva de reiki vai aumentando. É muito bom ouvirmos as crianças dizerem que gostam de sentir o reiki e que depois de receberem ficam mais calmas e que o corpo parece formigas porque sentem cócegas. Nesse espaço de tempo muitas sensações afloram e por vezes vem o choro, o sono profundo, a necessidade de falar e de “deitar cá para fora” o que nem sempre se consegue falar noutro momento.” Aqui sinto-me bem, calma , em paz” disse uma menina numa das muitas sessões de reiki. Já muitas crianças me pediram para receber reiki e algumas vezes ouvi-as dizer “ Ela vai e eu não vou porque?”. A curiosidade é grande e é comum partilharem entre eles as inúmeras sensações que sentem ao longo das sessões. E é também normal, como foi num destes dias chegarem ao pé de mim e dizerem-me: “eu gostava de fazer reiki, posso?” Só numa sexta-feira foram 4 crianças a fazerem o pedido. Como é bom sentir que o reiki está fluir e que as crianças ficam cada vez mais entusiasmadas para receberem luz. Agradeço também a elas a luz, os sorrisos e os abraços que me dão sempre que lhes faço uma sessão de reiki. Um obrigado iluminado.
Testemunho da voluntária Claúdia Gomes

Publicado em Deixe um comentário

II Encontro Nacional de Reiki – Fátima

No dia 29 de Janeiro estivemos no 2.º Encontro Nacional de Reiki, promovido pela Ordem da Pomba, no Centro Bíblico dos Capuchinhos, em Fátima. Foi um encontro muito bonito, não só pela qualidade dos seus oradores e participantes mas também por todos os temas e partilhas que ali foram feitos.

 
Sob o tema “Reiki nesta nova Era dos Sentidos” foi também feita uma apresentação valiosíssima do entendimento do homem sobre si mesmo, a sua forma de agir e pensar, além de algumas propostas de como mudar esses antigos paradigmas. Foram tocados pontos essenciais, ao longo da mesa redonda, sobre alguma uniformização de conceitos e foram dados vários exemplos de chamadas de atenção para a formação e qualificação de futuros terapeutas de Reiki. Sem dúvida um espaço muito valioso para a troca de impressões que terão impacto no trabalho a que nos propusemos para 2012.
 

 
Um grande obrigado à nossa Coordenadora de Almada, a Olinda Ângelo, pela força e motivação de levar alguns dos nossos associados até Fátima para tão bons momentos de convívio e trabalho. Um obrigado a todos pela vossa presença e força.
 

Publicado em Deixe um comentário

Novos Órgãos Sociais 2012-2014

É com muito gosto que apresentamos os Órgãos Sociais para 2012-2014, eleitos por unanimidade em Assembleia Geral, realizada a 25 de Janeiro de 2012, na Casa Coração, Amadora. Seguindo os nossos estatutos, apresentamos a grelha correspondente aos nomes, órgãos e cargos atribuídos.

Nome Órgão Cargo
João Magalhães Direcção Presidente
Valter Jacinto Direcção Vice-Presidente
Teresa Mendes Direcção Vogal
João Nabais Assembleia Geral Presidente
Gabriel Simões Assembleia Geral Vice-Presidente
Andreia Vieira Assembleia Geral Vogal
Ana António Conselho Fiscal Presidente
Bruno Azevedo Conselho Fiscal Vice-Presidente
Pedro Favinha Conselho Fiscal Vogal

 
Neste projecto de 2 anos optamos por desenvolver a nossa actividade não como assumindo um cargo mas sim assumindo uma função. A função é mais importante que o Cargo que, no contexto de uma Associação activa, exigente e de praticantes de Reiki, não tem nem deve ter tanto relevo.  Apresentamos a nova equipa de trabalho para estes próximos anos.
João Magalhães – Formação e Profissionalização
Valter Jacinto – Voluntariado
Teresa Mendes – Gestão e Apoio Associativo
João Nabais – Regulamentação
Gabriel Simões – Acção Social
Andreia Vieira – Comunicação Social e Pesquisa
Ana António – Relações Internacionais e Apoio Associativo
Bruno Azevedo – Medicina e Terapias
Pedro Favinha – Desenvolvimento Regional
Brevemente colocaremos à disponibilidade dos nossos associados a Acta da Assembleia, o documento de apresentação de todos os pontos da Assembleia e, claro, um descritivo das nossas funções.
 

O nosso agradecimento aos órgãos sociais que representaram a Associação Portuguesa de Reiki ao longo dos anos de 2010 e 2011 – Fernando Mateus, Regina Fontes, Graça Afonso, António Pinto e Rui Serôdio. O nosso especial obrigado ao Fernando Mateus, que sempre esteve presente desde 2008, sendo um motor de desenvolvimento, um professor e praticante de Reiki exemplar.

Publicado em Deixe um comentário

Reiki no Centro Novas Oportunidades da Associação Empresarial de Fafe


O CENTRO NOVAS OPORTUNIDADES da Associação Empresarial de Fafe, Cabeceiras de Basto e Celorico de Basto, apresenta hoje um Workshop de Reiki, às 20h, na Escola Profissional de Fafe, dado pela Coordenadora de Famalicão, Sílvia Oliveira.
Podem conhecer melhor o Centro Novas Oportunidades aqui…

Publicado em Deixe um comentário

Sessões de Reiki por alimentos

No passado mês de Dezembro e ainda em Janeiro de 2012 estivemos a realizar o nosso voluntariado das quartas-feiras, na Casa Coração, através de donativos de alimentos. Esta recolha foi entregue no dia 18 de Janeiro de 2012 à Comissão Social de Freguesia de São Brás, à qual pertencemos, podendo desta forma apoiar a comunidade onde estamos inseridos. A seguinte tabela, disponibilizada pela Drª Rute Julião, da Junta de Freguesia de São Brás, identifica as quantidade entregues – 79,2Kg.

O nosso grande obrigado aos voluntários da Casa Coração, que disponibilizam o seu tempo e saber na doação de Reiki.

Retomaremos a campanha de recolha de alimentos a partir de Março, em coordenação com a Comissão Social de Freguesia. Até lá, dos donativos recebidos na Casa Coração serão convertidos na compra de duas marquesas portáteis, para uso na Casa Coração e nos eventos de divulgação e apoio de 2012.

Sabemos que este ano está a ser mais complicado para algumas pessoas, os pedidos de tratamento complementar têm aumentado, com casos cada vez mais graves, e nós, enquanto Associação e praticantes de Reiki, estaremos no nosso melhor, dando o que nos é possível, dentro do nosso saber e Amor Incondicional.

Só por hoje, somos gratos.

Publicado em Deixe um comentário

Reiki ajuda idosos da Cruz Vermelha

A Associação Portuguesa de Reiki (APR) tem um protocolo de voluntariado com a Cruz Vermelha Portuguesa (CVP), através do qual dezenas de idosos recebem Reiki todas as semanas. Mas afinal, que benefícios estão estes seniores a obter em concreto? Para nos responder a esta e outras perguntas falámos com Alexandra Leitão, directora técnica do Centro de Dia de Santa Isabel da CVP, em Lisboa.
Reiki em Portugual — Há quanto tempo é disponibilizado Reiki no Centro de Dia de Santa Isabel?
Alexandra leitão —
A apresentação e demonstração do Reiki foi efectuada no dia 15 de Novembro de 2011. Temos dois grupos de dois voluntários cada a disponibilizar Reiki para os nossos seniores às segundas e quintas-feiras. O grupo das segundas-feiras iniciou a actividade no dia 28 de Novembro de 2011 e o grupo das quintas-feiras começou no dia 15 de Dezembro.
RP — Por que razão decidiu estabelecer esta parceria de voluntariado com a Associação Portuguesa de Reiki?
AL —
Os centros de dia de São Francisco Xavier, em Lisboa, e de Santo Eloy, na Pontinha, ambos da CVP, têm Reiki e os seniores gostam muito.
RP — Qual tem sido a receptividade dos utentes?
AL —
Muito boa. Existe um grupo de seniores que faz Reiki todas as semanas e alguns deles fazem-nos duas vezes por semana.
RP — Que benefícios têm sido observados nos utentes que frequentam as sessões de Reiki?
AL —
Melhoria do humor, melhoria das dores e bem-estar generalizado. Alguns referem que dormem melhor.
RP – Há outras aspectos que queira referir sobre esta parceria?
AL —
Uma das funcionárias do Serviço de Apoio Domiciliário refere que está a fumar menos desde que iniciou o Reiki. Além disso, os voluntários da APR têm uma excelente relação com os seniores, funcionários e restantes voluntários do Centro de Dia de Santa Isabel. Ficámos muito sensibilizados por todos terem comparecido no convívio de Natal do Centro de Dia, incluindo o Valter Jacinto [coordenador do voluntariado da APR].
Contactos:
Centro de Dia de Santa Isabel
Rua Saraiva de Carvalho, n.º 8, R/C Dt.º
1250-243 Lisboa
Tel.: 21 390 19 41
E-mail: dlisboa.cdsi@cruzvermelha.org.pt

Publicado em Deixe um comentário

II Encontro Nacional de Reiki


Dia 29 de Janeiro, das 12h às 17h30, participaremos num encontro de associações de Reiki promovido pela Ordem da Pomba em conjunto com a Associação Lux Vitae. Este segundo encontro será realizado em Fátima.
O valor de participação é de €18 e inclui almoço, lanche e certificado de participação. Podem fazer a inscrição directamente para ordemdapomba@gmail.com ou para a Associação Portuguesa de Reiki através do email info@montekurama.org .
A inscrição feita por nós pode ser realizada para o NIB: 0033.0000.45366862462.05
Podem ver as indicações do caminho aqui:

Publicado em Deixe um comentário

Formação inicial em voluntariado jovem

No próximo sábado dia 28 de Janeiro, o núcleo de Famalicão vai receber a TIME4U para uma acção de voluntariado jovem. Esta acção decorre das 10h00 ás 17h00 em Delães e  a nossa Juventude Positiva, o projecto de Reiki para Jovens, vai estar presente. Aberto a todos os jovens até aos 23 anos. Para mais informações contactar a nossa associada Susana Duarte – susanaduarte.duarte@gmail.com
Junta-te a nós, ser voluntário é participar activamente na vida e ajudar, de forma eficaz, aqueles que mais precisam, construindo uma sociedade cada vez mais humana e próxima.
Publicado em Deixe um comentário

Voluntariado de Reiki para Cavalos

A Associação Portuguesa de Reiki, através do seu núcleo de Famalicão, vai desenvolver um projecto de Reiki para Cavalos, dia 28 às 14h30 no centro hípico de Joane, Famalicão.
Para mais informações podem contactar a nossa associada Carla Silva – cmts@net.sapo.pt
Publicado em Deixe um comentário

Sessões de Reiki a favor da Associação de Apoio à Criança de Guimarães


 
A Clínica Privada de Guimarães em parceria com a Associação Portuguesa de Reiki, promovem no próximo dia 8 e 9 de Fevereiro sessões gratuitas, ou por donativo, de Reiki.
Os donativos desta iniciativa revertem, na sua totalidade, a favor da Associação de Apoio à Criança de Guimarães .
Marcações:

Esta inicitiva é organizada pela Coordenadora de Famalicão, Sílvia Oliveira

 

A Associação de Apoio à Criança

A Associação de Apoio à Criança é uma Instituição Particular de Solidariedade Social, constituída no ano de 2001, na cidade de Guimarães, tendo por objecto o acolhimento temporário de crianças, vítimas de maus tratos, negligência ou abandono.
Trata-se de missão de primordial importância e de utilidade social inquestionável, infelizmente, cada vez mais urgente.
Desde o passado mês de Janeiro o seu centro de acolhimento temporário encontra-se instalado num edifício sito na Rua de Santa Maria, nº 44, Oliveira, Guimarães. Este edifício, do séc. XVI, situa-se em pleno centro histórico de Guimarães – património mundial da humanidade, e foi especialmente recuperado pela associação para receber as suas crianças.
Esta obra, com capacidade para dezoito crianças, foi inaugurada no dia 19 de Novembro de 2006 pelo Senhor Ministro do Trabalho e da Solidariedade Social.
As nossas crianças têm agora uma nova casa, bonita, confortável e luminosa com um excelente jardim para as suas brincadeiras.
Para este sonho, contámos com a boa vontade de todos, empresas e particulares, porque todos sabemos que
“O melhor do mundo são as crianças”

Publicado em Deixe um comentário

Canal de Reiki no YouTube


Graças à colaboração da Helena Mendes e Andreia Vieira, podemos colocar à disposição do público em geral, vários videos sobre Reiki. Iremos sempre colocando as devidas actualizações e caso queiram, não hesitem em nos enviar a vossa sugestão de publicação para editorial@montekurama.org

Publicado em Deixe um comentário

Abriu o núcleo de Reiki em Barcelos


No passado Sábado, 21 de Janeiro de 2012, abriu em Barcelos o nosso núcleo de Reiki, coordenado pelo Paulo Roseta, Lara Roseta e Joana Oliveira. Com este núcleo temos uma maior proximidade com os associados e praticantes de Reiki de Barcelos e regiões próximas, querendo também investir no voluntariado local, do qual em breve daremos boas notícias.

Podem conhecer o nosso núcleo de Barcelos e os seus Coordenadores em:

Rua da Olivença, Urb. Qta. da Espinheira, bloco3, Fração B
4750-191 Barcelos, Portugal

  • Telefone: 929075561
  • reiki.em.barcelos@gmail.com
  • Mapa
Publicado em Deixe um comentário

Freguesia de São Brás debate responsabilidade social


A Comissão Social de Freguesia de São Brás, Amadora, realizou no dia 18 de Janeiro o encontro «Responsabilidade social: um instrumento de desenvolvimento humano». O evento, que decorreu nas instalações da Junta de Freguesia de São Brás, resultou da iniciativa do Dr. Pedro Santos, da Santa Casa da Misericórdia daquele concelho, entidade que é igualmente parceira da Comissão Social.
De acordo com os promotores, a importância da temática reside no facto de se observar uma «mudança de paradigma na organização e no desenvolvimento sustentável das organizações do sector da economia social». Além do Dr. Pedro Santos, esteve presente na sessão de abertura Amílcar Gonçalves Martins, presidente da Comissão Social de Freguesia de São Brás.
Para debater o tema «Responsabilidade social e envolvimento do tecido empresarial» foi convidada a Dr.ª Rute Gonçalves, do ProSama (Projecto de Responsabilidade Organizacional e Social da Amadora, Câmara Municipal da Amadora) e a Dr.ª Maria João Almeida, em representação do GRACE (Grupo de Reflexão e Apoio à Cidadania Empresarial). O GRACE existe desde Fevereiro de 2000, tendo sido constituído por um conjunto de empresas com o objectivo de aprofundar o papel do sector empresarial no desenvolvimento social. Da sua missão fazem parte a reflexão, promoção e desenvolvimento de iniciativas de responsabilidade social empresarial. As empresas que pretendem desenvolver acções nesta área podem encontrar informação e apoio no site do organismo, em www.grace.pt.
Por seu turno, o projecto ProSama visa sensibilizar para a adopção de práticas de responsabilidade social por parte do município da Amadora e das organizações aqui implantadas, através da criação de uma dinâmica de participação e articulação contínuas e sistemáticas entre os sectores público, social e económico do município. Nesse sentido, é dever de cidadania de todos os que trabalham em empresas instaladas na área geográfica do município da Amadora apoiarem e integrarem o projecto.
No último painel do encontro aprofundou-se o tema da cidadania empresarial, tendo havido partilha de experiências por parte da Valorsul, Fundação Montepio e Grupo Chammartin.

Publicado em Deixe um comentário

Comunicar reiki


Pensar na quantidade de coisas que todos os dias, todos nós, fazemos em prol dos outros sem que os destinatários dessas acções se dêem conta, chega a ser desanimador. Anda tudo tão entretido e apressado a viver as suas vidas que, muitas vezes, a nossa boa vontade se esfuma no meio do turbilhão de acontecimentos que nos cerca.
A solução, dizem-nos os entendidos na matéria, é comunicar. Comunicar bem, de forma rápida e eficaz de preferência. Por esse motivo, a Associação Portuguesa de Reiki criou este espaço para dar visibilidade não só a notícias relevantes sobre reiki, mas sobretudo para dar a conhecer as inúmeras actividades que vão sendo organizadas pelos coordenadores de norte a sul do país.
Para que essas notícias apareçam aqui com o destaque que merecem, os coordenadores só precisam de enviar informação sobre as suas iniciativas para o e-mail editorial@montekurama.org. Deste lado estarei eu com a tarefa de ajudar a APR a comunicar para o exterior aquilo que vai acontecendo. Porque a grandiosidade da nossa Associação é feita, diariamente, por essas provas de empenho, motivação e dádiva de todos os que a compõem.
Através deste e-mail podem também fazer-me chegar os vossos artigos para o jornal Ser Kurama, bem como qualquer tipo de conteúdo que encontrem sobre reiki, nomeadamente, notícias, reportagens ou vídeos. O objectivo é organizar e agregar toda esta informação e colocá-la acessível no site da Associação.
Só com a vossa ajuda será possível levar mais longe o nome da APR, contribuindo para a missão que é de todos: credibilizar e disseminar o reiki.
Só por hoje sou grata pela vossa colaboração!
Andreia Vieira
Comunicação Social e Pesquisa
Associação Portuguesa de Reiki
editorial@montekurama.org

Publicado em Deixe um comentário

Reiki, uma terapia complementar para a saúde – Apresentação no Hospital do Barreiro

No âmbito das IV Jornadas de Enfermagem Pediátrica, subordinadas ao tema “Uma Viagem na Terra dos Direitos…”, a Associação Portuguesa de Reiki apresentou no painel “DIREITO AOS … CUIDADOS DE SAÚDE, À VIDA, AO BEM-ESTAR” o tema “Reiki, uma Terapia Complementar para a Saúde. Demos, mais uma vez, a conhecer o que é e o que não é Reiki, o seu enquadramento actual e os nossos projectos de “Juventude Positiva” – Reiki em crianças, jovens e na pessoa com deficiência, através dos testemunhos e experiências nas Cercis, Ajuda de Mãe e na Fraterna.
Esta apresentação foi ainda enriquecida pelos testemunhos de enfermeiras e médicas no tema “como vêem o Reiki no Hospital”. Da nossa parte, estamos sempre disponíveis no apoio aos profissionais de saúde e aos seus utentes.

Temos a agradecer à Comissão Organizadora e à Direcção do Hospital e a todos os participantes, por mais esta oportunidade de partilha de experiências e saberes. Com toda a certeza que o Reiki, enquanto terapia complementar, está com passos mais seguros no caminho do reconhecimento, credibilidade e disponibilidade ao cidadão no seu cuidado na saúde e bem-estar. Da nossa parte, praticantes de Reiki, depende a seriedade, profissionalismo do nosso trabalho e a aplicação do código deontológico, seguindo sempre os cinco princípios que nos regem.
Temos também a agradecer a todos os nossos voluntários que participam nas Cercis, Ajuda de Mãe e na Fraterna, pelo seu cuidado e doação de Reiki às crianças e Jovens destas instituições.

Publicado em Deixe um comentário

Conferência – Reiki, uma terapia complementar no Hospital Nossa Senhora do Rosário – Barreiro

Dia 15 de Outubro é o dia Nacional de luta contra a Dor e, nesse âmbito, foi organizada uma “Manhã de Trabalho da Área Pediátrica” no Hospital Nossa Senhora do Rosário, Barreiro. A Associação Portuguesa de Reiki esteve presente com uma conferência intitulada “Reiki – Terapia Complementar” onde foi feita uma apresentação sobre a terapêutica com enfoque nas várias aplicações do Reiki em Pediatria, Oncologia, Seniores e pessoas com deficiência mental, além de ter tido uma demonstração prática da terapêutica com a participação do Victor Bacelar, Delegado Regional do Barreiro e do Carlos Silva.
Queremos agradecer à Comissão Organizadora por esta excelente oportunidade de participar nos seus trabalhos, a toda a gentileza, carinho e atenção que nos foi dada.  Os nossos agradecimentos a todos aqueles que têm estado a trabalhar para que as terapêuticas complementares estejam também ao serviço dos utentes e dos profissionais de saúde. Aproveitamos também, neste dia especial, para agradecer a todos os profissionais de Saúde que têm dedicado a sua vida ao serviço do bem-estar dos seus pacientes, numa luta contra a dor.
AGENDA
INTERVENÇÃO NA DOR EM PEDIATRIA
Moderador: Filomena Sanches (Enfª Coordenadora do Serviço de Urgência Geral)
Grupo Institucional da Dor 5º Sinal Vital – HNSR, E.P.E.
Neurofisiologia e Abordagem Farmacológica da Dor
Dr. Paulo Oom (Pediatra)
Dor5º Sinal Vital: Um Desafio para a Prática de Enfermagem em Pediatria
Livia Henriques (Enfª Serviço Pediatria HNSR, E.P.E)
Maria João Felício (Enfª Unidade de Urgência Pediátrica HNSR, E.P.E)
CONFERÊNCIA
Reiki—Uma Terapia Complementar

João Magalhães
(Presidente da Associação Portuguesa de Reiki)
Victor Bacelar e Carlos Silva

Publicado em Deixe um comentário

3 Anos a Servir – Associação Portuguesa de Reiki

Dia 2 de Outubro a Associação Portuguesa de Reiki – Monte Kurama, fará os seus 3 anos de existência. Iremos comemorar, na Casa Coração, no dia 3 de Outubro, segunda-feira, pelas 19h00. Esta é uma comemoração aberta a todos com um bolinho de aniversário
Para celebrarmos estes 3 anos a Servir o Reiki, honrando também os princípios de Mikao Usui,oferecemos 3 cursos de nível 1, totalmente gratuitos a quem esteja em situação financeira crítica mas que queiraaprender Reiki. Para tal, basta deslocarem-se à nossa celebração no dia 3, pelas 19h.
Morada da Casa Coração:
Praceta João Oliveira, Loja 4c
FalagueiraAmadora
Ver crescer a Associação é algo de fantástico, desde o espaço em Delães que partilhamos com a Organismo Vivo, aoespaço da Casa Coração, que fará agora 1 ano de existência. Ao longo deste tempo orientamos o nosso trabalho nadirecção do esclarecimento público do que é o Reiki, no apoio aos praticantes, aos terapeutas e Mestres Formadores.Desenvolvemos o voluntariado, a doação do saber e a prática do amor incondicional em instituições como a CruzVermelha, Cercis, LPDA, Ajuda de Mãe, entre outras. Nessa direcção passamos a pertencer desde 7 de Setembro de 2011 à Federação Nacional de Voluntariado em Saúde, sendo nós a primeira instituição de terapias complementares aestar directamente ligada ao campo do voluntariado em saúde. Crescemos em direcção aos Hospitais com asapresentações no Hospital Nossa Senhora do Rosário, do Barreiro e no Hospital São João do Porto, assim como com o protocolo com a ADL e o nosso serviço aos doentes oncológicos, isto além do voluntariado que estamos a desenvolvernum Hospital em Lisboa.
São 3 anos com 4 edições do Fórum Reiki e Medicina, 1 Congresso Nacional em 2010 e 2 Simpósio Luso-Brasileiros.Todo este trabalho seria impossível sem a dedicação dos Órgãos Sociais, dos Delegados Regionais e, sem dúvida, dosassociados e voluntários.
Publicamos dezenas de documentos no apoio ao estudo e formação, de publicações cientificas da aplicação do Reiki,guias de apoio da filosofia de vida do Reiki e ainda os códigos deontológicos e a Norma NPTCR-01. Temos ainda oenorme prazer e gratidão por colaborar com a Dinalivro e com o Mestre Johnny De’ Carli no seu livro “Reiki – Manual doTerapeuta Profissional“, que tem a chancela da Associação.
Todo este trabalho é feito a olhar para o Reiki, independentemente de Mestres e Sistemas, com objectivos claros – o reconhecimento do Reiki enquanto terapia complementar e o apoio às formações. Vamos continuar, sem dúvida, comcada vez mais trabalho e contando com a colaboração de todos, uma Associação não vive por uma pessoa, por umnome mas sim por todos aqueles que a constituem.
A todos um grande obrigado por estes 3 anos, que são possíveis graças a vocês.

Publicado em Deixe um comentário

Reiki – Terapia complementar integrada no SNS – conclusões

No passado dia 29 de Abril a Associação Portuguesa de Reiki realizou, no Hotel Mundial em Lisboa, a apresentação e debate sobre a integração do Reiki, enquanto terapia complementar no Serviço Nacional de Saúde, com a participação das associações Lux Vitae, através da sua representante Teresa Barros e Ser Vida, através da sua representante Elisabete Dias.
Queremos agradecer a dos nossos representantes Valter Jacinto e Cátia Arnaut, à Teresa Barros representantes das associações Lux Vitae, à Elisabete Dias, da Associação Ser Vida, ao apoio dos voluntários Carlos Silva, Carlos Novais, Luis Mendes, Teresa Mendes, Ana Isabel, Pedro Mendes, Ricardo Batista e a todos os que participaram e enviaram mensagens de apoio.
Acreditamos que este trabalho ainda só agora está a dar os seus pequenos passos mas que estes são sólidos e no bom caminho. Com a união das Associações, auto-regulamentação dos terapeutas e correcto esclarecimento do público em geral e dos profissionais de saúde em particular, chegaremos ao reconhecimento e implantação do Reiki enquanto Terapêutica Complementar, ao serviço do cidadão.

Desta apresentação e consequente debate resultaram as seguinte acções e conclusões:

  • Reiki não é uma Medicina mas sim uma terapia complementar
  • Um terapeuta deve passar por um estágio de prática para atingir os requisitos necessários à boa prática terapêutica complementar
  • Cada terapeuta de Reiki deve regular-se não só pelo código deontológico mas também pela Norma NPTCR-01
  • Os conceitos base do Reiki e da prática terapêutica complementar Reiki devem ser universais para que não hajam más interpretações dos mesmos, até pelos próprios praticantes
  • O voluntariado nos hospitais e em outras instituições devia passar pelas Associações, não perdendo os seus proponentes o nome no projecto ou a função coordenadora, tal é aconselhádo apenas por as Associações terem maior capacidade mobilizadora, organizativa, com um código deontológio explícito e ferramentas de formação e avaliação dos voluntários.
  • Foi ainda reforçada a ideia, por parte dos participantes, que os formadores de Reiki devem acompanhar mais os seus alunos garantindo assim um correcto crescimento nas suas competências

Durante a próxima semana sugerimos

  • A leitura e análise da Norma NPTCR-01
  • Será lançado um inquérito nacional para a avaliação de cada um dos pontos e validação da norma no global
Publicado em Deixe um comentário

2º Simpósio Luso Brasileiro de Reiki conclusões

O 2º Simpósio Luso Brasileiro de Reiki realizou-se nos dias 16 e 17 de Abril de 2011. Um trabalho excelente para o qual não há palavras para agradecer, senão como uma verdadeira demonstração do espírito do Reiki, do que é ser um praticante de Reiki. Foi um evento além fronteiras de partilha de saberes, perspectivas e visões sobre o Reiki e a sua integração na Saúde. Há um agradecimento especial à Prof. Maura Ferreira e ao Prof. Ricardo Monezi pela organização deste evento que já vem de há um ano. Um grande obrigado também ao Prof. Dr. António Cabrita por representar a perspectiva de Portugal e da Associação Portuguesa de Reiki. Este foi um Simpósio realizado em par com outras associações como a ARCA (Associação de Reikianos do Cariri) e a Chama Acessa, mostrando o valor do trabalho social que o Reiki pode ter e o verdadeiro espírito de colaboração que deve existir entre os praticantes de Reiki.
Esperamos que o 3º Simpósio Luso Brasileiro de Reiki, desta vez em Portugal, seja também um tão bom e grande momento para esta terapia e filosofia de vida que é o Reiki. De seguida deixamos as recomendações retiradas do Simpósio e toda a lista pessoas a quem devemos a devida gratidão. Como dizia o nosso Mestre Mikao Usui “Só por hoje, sou grato” de coração por todo este trabalho e partilha.

Segundo Simpósio Luso-brasileiro de reiki – recomendações

O Segundo Simpósio Luso-brasileiro de reiki, teve como tema “o impacto da terapia reiki na qualidade de vida e no tratamento de doenças crônicas” e se consolidou como um fórum de discussão envolvendo não só a técnica e seus efeitos, mas também o intercâmbio de pesquisas científicas entre pesquisadores do Brasil e de Portugal a respeito dos resultados de seu uso como tratamento terapêutico. Além disso, a presença de representantes do Consulado de Portugal em Fortaleza e do Ministério da Saúde, e a reflexão a respeito do cotidiano dos jovens envolvidos no tráfico situaram a discussão no âmbito do social, tratando da potencial contribuição do uso do reiki como uma possível política pública de saúde.
O reiki, técnica japonesa de cuidado integrativo , compreende que tudo no Universo é feito de energia e a mesma flui à nossa volta e dentro de nós. A técnica já é usada como complemento terapêutico em hospitais no Brasil, Estados Unidos, Reino Unido e Espanha. Conta com inúmeras indicações positivas, entre as quais se pode citar como exemplo o aumento da qualidade de vida do paciente através da indução de um estado de relaxamento, harmonia e bem estar, ressaltando que a prática do Reiki não requer equipamentos ou mesmo a vinculação direta a um sistema de crenças.
Dessa maneira, o Segundo Simpósio Luso-brasileiro de reiki recomenda que é de vital importância a formação de grupos técnicos mutidisciplinares que se proponham a realizar investigações e discussões a respeito da terapêutica Reiki, a fim de validá-la não apenas como ferramenta a ser empregada para desenvolver a saúde fisiológica, mas visando também o desenvolvimento da saúde psicológica, mental, social e espiritual do ser humano.
Assim, recomendamos também à sociedade uma reflexão a respeito da possibilidade da utilização do reiki como mais uma ferramenta de manejo e saúde coletiva que não se dispõe a tratar apenas quadros e sintomas específicos que atacam o organismo, mas sobretudo oferece a possibilidade de cuidar de problemas sociais, como a violência, e de grupos que necessitam
de assistência integral para a recuperação da plenitude de suas vidas, como, por exemplo, os muitos usuários de crack que hoje “sobrevivem” em quase todas as grandes capitais brasileiras.

Os palestrantes

Prof. Dr. António Cabrita
Profa. Dra. Marisa Feffermann
Prof. Dr. João Tadeu
Prof. Ricardo Monezi
Prof. Cinira Palotta
Prof. Sheyla Xenofonte
Prof. Wagner Gabriel
Prof. Wallace Liima
Dr. Cláudio Azevedo
Dr. Carmem de Simoni
Elias José da Silva
Maria Zélia
Elitiel Guedes
Prof. Maura Ferreira

Apresentação cultural

Felipe Braier
Elitiel Guedes

Apoio

Camila Alves
Regis Wendel
Edervaldo
Tereza
Tarcisio
Victor (agente viagem)
Claudia e Lorena (equipe eventos do Hotel)

Voluntários

Camila Alves de Barros
Linderval Mendes de Sena
Regis Wendel Gomes Miranda

Apoio / confecção das bolsas grupo de socio-economia solidária Ateliê  Gerasol

Karla
Maria Helena
Patricia Mara
Aline Raquel
Andreia Bento
Anderson
Jorolan
Ana conceição

Comissão Organizadora

Lissi Smith
Eliana Ximendes
Lúcia Tavares (ARCA)
Oneida Carlos (Chama Acesa)
João Magalhães (APR Monte Kurama)
Maura Ferreira

Apoio Institucional

Prefeitura de Fortaleza
SECULTFOR – Secretaria de Cultura de Fortaleza
Coordenadoria Especial de Politicas Públicas de Juventude
Vice-Consulado de Portugal em Fortaleza – Francisco Brandão
Ministério da Saúde
Visão Mundial
Instituto Agropolo

Agradecimento na participação nas reuniões de pesquisadores durante o simpósio sobre projeto de pesquisa de cooperação internacional:

Pedro (UNICAMP)
Helia (UECE)
João Tadeu (UECE)
Ricardo Monezi (UNIFESP)
António Cabrita (Universidade de Coimbra)
Marisa Feffermann (Instituto de Pesquisa de São Paulo)
Sheyla Xenofonte (Universidade de Juazeiro do Norte)
Wagner Gabriel
Cinira Palotta

Publicado em Deixe um comentário

Resumo do 1º Congresso Nacional de Reiki

É com muito gosto que partilhamos convosco o resumo do 1º Congresso Nacional de Reiki.
Foi um congresso com mais de 220 participantes onde pudemos contar com os oradores Johnny De’ Carli, Darshan, Guido Frans Verrier, Dulce Pombo e Emília Sarmento. Neste encontro aberto a todos os reikianos, tivemos momentos constantes de harmonia, partilha de saberes além da colocação de objectivos a atingir em 2011 entre todos os reikianos.
O reiki torna-se, nos dias de hoje, cada vez mais uma ferramenta construtiva do Homem como um Todo, uma terapêutica complementar e integrativa, válida, com cada vez mais resultados comprovados. Nesse sentido estipulamos objectivos a serem alcançados em 2011, como poderão ler na nossa apresentação, objectivos esses para os reikianos individualmente e no colectivo, na forma de associações e groupos. O bom trabalho deve ser realizado por todos, a boa prática deve ser consciente, nunca esquecendo os valores iniciais do Reiki.
 

Documentação

Inquérito de qualidade

Queremos agradecer, profundamente, a gentileza, partilha e carinho dos oradores. Queremos também agradecer aos nossos voluntários, aos Delegados Regionais, à Quinta da Eira, à Dinalivro e Bookhouse e aos nossos parceiros de media, a Revista Zen e a Revista Flor de Lótus. Sem dúvida, um grande obrigado a todos os que participaram pois sem vocês este congresso não teria sido possível.
O próximo Congresso, o 2º Congresso Nacional de Reiki, terá lugar a 15 de Outubro de 2011, em Lisboa.

Publicado em Deixe um comentário

2 Anos a unir e esclarecer

A Associação Portuguesa de Reiki faz a 2 de Outubro 2 anos da data do seu registo. Foram 2 anos plenos de trabalho, orientado ao esclarecimento público do que é o Reiki, com o “1º Simpósio Luso Brasileiro de Reiki“, que contou com as presenças do Prof. Ricardo Monezi, Prof. Maura Alves, Prof. Dr. Mª Lapa Esteves, Drª Teresa Barros, Prof. Fernando Mateus, Jaqueline Reyes e Vitor Valente. Promovemos ainda o “Fórum Reiki e Medicina“, com a participação da Enf. Zilda Alarcão, Sónia Gomes, Isabel Gouveia e Ana Gonçalves. Participamos no Fórum Saúde e Bem-Estar, promovido pela Câmara Municipal da Amadora e fomos integrados na Comissão Social de Freguesia de São Brás. Foram 2 anos a apoiar os Reikianos e os que procuraram a sua introdução no Reiki. Desenvolvemos o Código Deontológico para terapêutas e o Código Deontológico para Mestres e Professores. Partilhamos vários estudos internacionais sobre Reiki e temos, neste momento mais de 770 Associados. Estamos também a desenvolver voluntariado terapêutico Reiki nas Cercis, na Cruz Vermelha e na LPDA norte.
E abrimos hoje a nossa Casa Coração, um espaço para os associados, para o voluntariado e formação, na praceta João Oliveira Loja 4c, Falagueira, 2700 Amadora.
Este é um momento para dizer “Só por hoje, trabalho arduamente. Só por hoje, sou grato”. Grato por todos aqueles que nos têm lançado desafios que nos auxiliam a melhor servir e grato pelo apoio que tantos têm dado, presencial ou de coração. Também um voto de gratidão aos nossos Delegados Regionais e aos nossos bons voluntários.
2 Anos a unir e esclarecer, com um grande abraço para todos, dos Órgãos Sociais da Associação.
João Magalhães, Catarina Ortigão, Fernando Mateus, Ana António, Mariana Lopes, João Nabais, Ana Galindro e Sílvia Oliveira.

Publicado em Deixe um comentário

Espaço Associação Portuguesa de Reiki – Casa Coração

A Associação Portuguesa de Reiki vai abrir o seu espaço, ao qual carinhosamente chamamos “Casa Coração”, na Praceta João Oliveira, loja 4C, Falagueira, 2700 Amadora.
Pretendemos auxiliar mais os associados, com dias para esclarecimento de dúvidas de Reiki, nos 3 níveis, meditações, formações de terapeutas voluntários, estando também aberto para voluntariado a seniores, familiares de utentes em instituições onde temos voluntariado e pacientes oncológicos.
Temos uma biblioteca de livros de Reiki, assim como o material desenvolvido pela Associação, para consulta, estudo e esclarecimento, além de livros auxiliares de outras terapêuticas.
A abertura deste espaço acarreta um investimento grande da parte da Associação, pelo que pedimos aos associados que mantenham as suas quotas em dia.

Indicações

Metro: Amadora-Este
 
Transportes Vimeca (LT Lisboa)
Carreiras com percurso Colégio Militar > Metro Amadora

  • 101, 132, 142,163
Publicado em Deixe um comentário

Primeira Assembleia Geral

Caros associados,
No dia 28 de Outubro de 2008 pelas 19h00, realizou-se a primeira assembleia geral onde foram eleitos os Órgãos Sociais pelo prazo de dois anos, conforme os nossos estatutos . Os Órgãos Sociais têm a seguinte disposição:

Direcção

Presidente – João Magalhães
Vice-Presidente – Catarina Ortigão
Secretário – Fernando Mateus

Assembleia Geral

Presidente – Ana António
Vice-Presidente – Mariana Lopes
Secretário – Luísa Leão

Conselho Fiscal

Presidente – João Nabais
Vice-Presidente – Ana Galindro
Secretário – Silvia Oliveira
Para questões envie-nos um email para info@montekurama.org