post-imperador-meiji
Reformador, visionário, poeta – o Imperador Meiji retirou o Japão de um sistema feudal, modernizou-o e tornou-se uma pedra basilar para o Japão moderno, assim como para os praticantes de Reiki.
imperador-meijiFilho do Imperador Komei e da Dama de Companhia Nakayama Yoshiko, Mutsushito (睦仁) nasceu a 3 de Novembro de 1852, sendo mais velho que o Mestre Mikao Usui 13 anos. Ascendeu ao trono a 3 de Fevereiro de 1867, tendo mudado a Era, a Setembro de 1868, para Meiji (Governo Iluminado). Com esta mudança, terminou o regime feudal japonês, assumindo-se como verdadeira autoridade no Japão unido. Casou a 2 de Setembro de 1867 com a Senhora Masako (mais tarde rebatizada Haruko), sendo postumamente chamada Imperatriz Shoken.
À medida que ia fortalecendo os laços com os Estados Unidos, o imperador reforçou o poder de estado, tomando como modelo os países mais desenvolvidos no Ocidente. A reforma agrária e industrial, permitiram o Japão tornar-se um importante entreposto comercial, além de manter a supremacia naquela região do pacífico.
Mutsushito, o Imperador Meiji (明治天皇), faleceu a 30 de Julho de 1912 e foi enterrado no cemitério Fushimi Momoyama Ryo em Quioto.

A influência do Imperador Meiji no Reiki

No manual dado aos seus alunos, Mikao Usui incluia 125 poemas Waka, do Imperador Meiji. Os poemas waka eram constituídos por 31 sílabas e representavam os sentimentos dos japoneses. A estes poemas chamavam-se os Gyosei. O Mestre Usui recomendava que os seus alunos os lessem em voz alta, como auxiliar no caminho para o seu desenvolvimento.
Mutsushito estudou poesia a partir dos 8 anos. Acredita-se que escrever cerca de 100000 poemas ao longo de toda a sua vida. Apenas cerca de 500 Gyosei foram publicados, isto porque os poemas eram considerados sagrados. Foi Takasaki, um administrador da “divisão de poesia” (Outadokoro), o responsável pela partilha ao público dos poemas. Os Gyosei eram os ensinamentos do Imperador Meiji para os seus súbditos. Assim como o Imperador era considerado sagrado, também os seus escritos, os Gyosei, o eram.
Com esta perspectiva, podemos perceber melhor a importância desta poesia para os praticantes de Reiki – eram ensinamentos sagrados, orientadores, vindos do Imperador.
Waka1-meiji
Para os tempos que se aproximam
E da reunião que deve ser cumprida
Todos no nosso povo
Devem ser ensinados a caminhar
O caminho da sinceridade
Poema Waka escrito pelo Imperador Meiji
Pequena e de uma beleza serena Ichijō Masako (一条勝子), posteriormente intitulada Imperatriz Shoken, escreveu cerca de 30000 waka ao longo da sua vida. Na sua infância, era um prodígio e aos 4 anos já lia os poemas de Kokin Wakashū, iniciando a sua poesia waka na idade de 5 anos.
waka2-shoken
Todas as manhã
Olhamos nos nossos espelhos
Que são imaculados;
Oh, se pudessemos reter
tal pureza de alma.
Poema waka escrito pela Imperatriz Shoken
800px-The_Japanese_imperial_family,_1900
A família Imperial Japonesa, em 1900 – Torajiro Kasai
emperor_meiji3
Pintura da Imperatriz Shoken e do Imperador Meiji
[box type=”note”] Os associados podem baixar a fotografia do Imperador Meiji em alta resolução, para impressão, na nossa Biblioteca de Reiki.
Foi adquirida por João Magalhães e cedida à Associação Portuguesa de Reiki para usufruto de todos os seus associados.
[/box]  
[box type=”info”] Podem ler mais sobre o imperador Meiji e sobre a poesia Waka no livro Reiki como Filosofia de Vida, de Johnny De’ Carli (ed. Dinalivro).
Ao adquirir nas lojas bookhouse, os associados têm direito a 10% de desconto.
[/box]