Reconher é preciso, valorizar é também um ato de mente e coração.

Por isso mesmo, a Associação Portuguesa de Reiki pretende dar a conhecer o Prémio Voluntário de Mérito, que é um reconhecimento dado pela Associação e pelos seus Coordenadores dos Núcleos Regionais aos voluntários.

Prémio Voluntário de Mérito

Este prémio foi criado por ocasião do VIII Congresso Nacional de Reiki, em 2017, realizado no Porto.

Ser Voluntário de Mérito representa a incrível dedicação à prática de Reiki, no serviço ao próximo, realizado pelo praticante. Não é um prémio de ego, nem deve ser usado para criar diferenciações, mas sim motivar uma prática cada vez mais compassiva, entregando-se à Missão que o Mestre Mikao Usui nos legou «A missão do Usui Reiki Ryoho é guiar para uma vida pacífica e feliz, curar os outros, melhorar a sua felicidade e a nossa». Isso mesmo deve ser tido em atenção ao ser proposto o candidato ao Prémio Voluntário de Mérito.

Condições de atribuição do prémio Voluntário de Mérito

A atribuição do prémio obedece aos seguintes critérios:

  1. O voluntário é um associado com as quotas em dia;
  2. O voluntário é proposto por um Coordenador, pelos Órgãos Sociais ou pela CNETR;
  3. O voluntário deve ter realizado o seu serviço ao longo de mais de um ano consecutivo, ou deve ter sido ímpar na sua dedicação e/ou no projeto que abraçou, sendo reconhecido pelos seus colegas e pelo orientador do projeto;
  4. Com o prémio, deve entregar uma entrevista de testemunho sobre o seu trabalho, para servir como inspiração a todos os praticantes.

Entrega do prémio Voluntário de Mérito

O prémio Voluntário de Mérito é entregue num Congresso Nacional de Reiki, podendo ser excepcionalmente entregue anteriormente no caso de impossibilidade de deslocação do voluntário.