O Gustavo é um cão sénior, que foi devolvido ao canil da APCA este ano e que está cego.
Antes de ser adotado, viveu na APCA, durante alguns anos e antes de ser acolhido pela APCA, vivia na rua, onde dormia com um gato, que era o seu companheiro inseparável.
É um cão muito dócil e quando chegamos à sua boxe para lhe fazermos Reiki, primeiro inclina a cabeça, como a perceber quem vem lá, depois abana o rabo e sabe perfeitamente que está na hora da sua sessão.
Procura as nossas mãos com os seus olhos, pedindo-nos que lhe façamos Reiki neles, permanecendo assim, durante largos minutos. São momentos inigualáveis !
É um cão grande e pesado, mas de uma meiguice extrema, que nos lambe as mãos e a cara, em agradecimento pelo que sente, enquanto estamos com ele.
Temos verificado, que desde que  foi devolvido, passou por uma fase em que estava nitidamente deprimido, para outra em que reage à nossa presença, abanando o rabo e dando-nos turras com a cabeça.
Para isso, têm também contribuído os passeios semanais, que o um grupo de voluntários do canil realiza com alguns cães, entre os quais o Gustavo, todos os sábados de manhã.
Há portanto, algumas pessoas que prescindem de parte do seu tempo livre para estar com os cães da APCA, realizando atividades que promovem o bem estar dos animais residentes.
Umas, ajudam na limpeza, outras passeiam os cães, outras dão-lhes Reiki, outras escovam-nos e dão-lhes mimos e, seguramente, em conjunto, conseguem proporcionar melhores condições àqueles animais, enquanto ali residem, rodeados de amor, atenção e mimos.
A APCA, como a maioria das Associações que acolhem animais abandonados, precisa de voluntários, para continuar a desempenhar o seu trabalho, pelo que se quiserem sentir o vosso coração a transbordar, este é um dos locais indicados.
Eu, todas as semanas, saio do canil com um sorriso rasgado de felicidade, porque recebo destes animais ainda mais do que lhes dou.