Depois de ter sido delegado de Aveiro em 2011, Luís Ferreira assume agora a coordenação do Núcleo de Anadia. Como grande objectivo do grupo, o responsável aponta a abertura do Espaço Arco-Íris, onde funcionará a sede do Núcleo à semelhança da Casa Coração da Associação Portuguesa de Reiki (APR).

Foi delegado de Aveiro desde Fevereiro de 2011 e agora, um ano depois, Luís Ferreira passa a coordenar o recém-criado Núcleo de Anadia. Fazendo um balanço do percurso percorrido até ao momento, e tendo em conta alguns atrasos iniciais relacionados com «logística e construção de eventos», o responsável faz um balanço «extremamente positivo». Ainda assim, faz questão de salientar que «por trás do delegado de Aveiro está, na realidade, uma grande família que funciona pelo espírito de solidariedade e coesão sustentado nos cinco princípios do Reiki».

Olhando para trás, Luís Ferreira considera que «com a criação do conceito de Espaços Associados à Delegação de Aveiro, algo que é único em todas as delegações e que derivou da ausência de um espaço físico de actividade permanente, a Delegação de Aveiro abriu um precedente de boa imagem, simplicidade e qualidade na terapia Reiki». Nas suas palavras, «tudo isto culminou com um profundo esclarecimento e desmistificação da terapêutica Reiki, mas também no reconhecimento, por parte do público em geral, da Delegação de Aveiro como um organismo de apoio social e fundamental para os dias de hoje». Tendo em conta que a APR instituiu 2012 como o Ano da Formação e Profissionalização em Reiki, o coordenador entende que «não fazia qualquer sentido abandonar estes precedentes». «Se o fizéssemos seríamos apenas mais um grupo que durante algum tempo fez qualquer coisa sobre Reiki e esta é uma imagem que não queremos ter colada a nós», justifica.

Por outro lado, considera que a fasquia está «agora muito mais elevada devido aos resultados obtidos» e «é no sentido de manter ou superar esses objectivos» que a equipa encontra uma «nova força e motivação». Com vista a alcançar essa meta, afirma que «muito já foi feito». «A equipa mantém-se e expande-se com novos coordenadores; e surge o novo Espaço Arco-Íris, com um modo de funcionamento semelhante à Casa Coração», esclarece ainda. Com efeito, segundo Luís Ferreira, «o grande objectivo do Núcleo de Anadia prende-se com a abertura do seu próprio espaço». «Será um Espaço única e exclusivamente financiado por donativos onde serão disponibilizados, tal como na Casa Coração, voluntariado, workshops, formações e eventos de esclarecimento sobre Reiki de forma tendencialmente gratuita».

Núcleo vs. Delegação
Em relação à diferença que existe entre Núcleo e Delegação, o coordenador entende que «são conceitos completamente distintos». «Os objectivos são muito mais exigentes e obrigam-nos a um maior tempo de dedicação, o que, nos dias de hoje, é realmente um desafio», sublinha, acrescentando que «muitas das vezes não basta colocar o dístico; é preciso perceber realmente o que é se faz e por que é que se faz, uma vez que deixamos de ser uma extensão regional da APR para sermos a própria Associação representada na região. E isto sim, aos olhos de todos, transmuta-se num sentido de responsabilização completamente diferente».


Luís Ferreira, coordenador do Núcleo de Anadia

CONTACTOS
Núcleo de Anadia

Site: www.nucleoanadiaapreiki.weebly.com

 


 

associacao_portuguesa_reiki_redondo_120 Descobre os conteúdos exclusivos para os associados no nosso site www.associacaoportuguesadereiki.com

 

(Visited 772 times, 1 visits today)