A Associação Portuguesa de Reiki (APR) esteve hoje na Casa do Artista, em Lisboa, numa sessão de esclarecimento sobre a terapia complementar. Os cinco voluntários que se deslocaram ao local foram muito bem acolhidos e, no final da demonstração, os pedidos para regressarem sucederam-se.

«Mas, afinal, o que é que vocês vêm cá fazer?» Foi assim, com muita curiosidade, que os vários artistas presentes na sessão acolheram os voluntários da Associação Portuguesa de Reiki. É que perceber o que é o Reiki nem sempre é fácil, além de que se corre frequentemente o risco de se confundir conceitos. Mais do que falar sobre o Reiki, importa senti-lo. E foi isso mesmo que a APR proporcionou aos diversos artistas de cinema, teatro e circo que se disponibilizaram para receber Reiki.

Depois de Valter Jacinto, vice-presidente da Associação e responsável pelo voluntariado, ter explicado sumariamente o que é o Reiki, frisando também o que não é, passou-se à parte prática. No final, trocaram-se agradecimentos, pediram-se autógrafos e a APR foi convidada a regressar. No rosto e nas palavras de todos havia sinceridade e gratidão pelo momento partilhado.

Para Maria Barros, uma das voluntárias que participou na sessão, esta «foi uma experiência muito gratificante». «Gostei muito de falar com todos, porque têm muito para dar e deram-nos muito», justifica. Também para Valter Jacinto esta foi uma demonstração «muito especial», na medida em que «tivemos o privilégio de estar com figuras públicas que demonstraram muita humildade a receber Reiki». O voluntário acredita mesmo que esta «virá a ser uma boa colaboração futura».

Da mesma forma, o voluntário Pedro Pereira está convencido de que «este grupo pode ser muito especial, pelo facto de a maravilhosa energia Reiki, que é amor, poder vir a saciar buracos onde vivem frustrações e preenchê-los com amor». Nas suas palavras, «qualquer pessoa que pouco saiba de Reiki e aceita a experiência revela sempre um misto de coragem e apreensão, até ao momento em que a magia acontece e tudo muda para o lado bom do imprevisto, na maior parte dos casos.»

A Associação Portuguesa de Reiki agradece não só à Casa do Artista, pela oportunidade de divulgação da terapia, como também ao seu associado e voluntário José Eliseu, pela iniciativa de proporcionar este encontro de vontades entre instituições.

A Apoiarte/Casa do Artista é uma associação de apoio aos artistas, sem fins lucrativos. Inaugurada em 1999, o seu âmbito contempla as artes cénicas, cinema, rádio e televisão. Além de espaço residencial, o edifício alberga o Teatro Armando Cortez, um centro de formação, galeria de exposições e espaço para fisioterapia.

www.casadoartista.net

Alguns momentos da demonstração de Reiki na Casa do Artista

 


 

associacao_portuguesa_reiki_redondo_120 Descobre os conteúdos exclusivos para os associados no nosso site www.associacaoportuguesadereiki.com

 

(Visited 900 times, 1 visits today)