A funcionar desde 2010, o Núcleo de Ponta Delgada continua activo e cheio de dinamismo para levar o Reiki a cada vez mais pessoas no arquipélago dos Açores. O próximo grande evento será a 3.ª edição do Dia Internacional de Reiki, que este ano se realizará na Lagoa das Sete Cidades.

Há dois anos a coordenar o Núcleo de Ponta Delgada da Associação Portuguesa de Reiki (APR), Leila Miranda faz questão de salientar ao blog Reiki em Portugal que todo o trabalho do Núcleo resulta mesmo da dedicação de toda a equipa e não apenas da sua contribuição individual.

Questionada sobre o que motiva o grupo a continuar tão empenhado, a responsável não hesita na resposta: «O que nos motiva são as pessoas que irão beneficiar desta prática através dos projectos da APR.» Por outro lado, aponta também como razão importante «aqueles que fazem parte da APR e a seriedade com que têm desenvolvido o seu trabalho, com humildade e respeito, pela divulgação e dignificação do Reiki em Portugal».

Salientando o «balanço positivo» do caminho que tem vindo a ser percorrido, Leila Miranda recorda que decidiu juntar-se à APR quando tomou «conhecimento da responsabilidade com que a Associação estava a fazer o seu trabalho e da forma séria como estava a divulgar esta prática à comunidade». «Identifiquei-me logo com os objectivos da Associação no seu pressuposto de unificar as várias escolas e desmistificar esta prática», explica.

O seu principal objectivo, no início, passava por levar esta terapia complementar ao Hospital do Divino Espírito Santo, em Ponta Delgada. «A verdade é que tinha acabado de realizar o 3.º nível e queria desafiar-me a mim mesma e ao Reiki levando-o aos casos clínicos sérios, aos cuidados paliativos, à Unidade de Oncologia», justifica, reconhecendo que «seria mais fácil através de uma associação do que em nome pessoal». «Queria que fosse um trabalho responsável, com passos lentos mas sérios, e assim descobri a APR», lembra.

O primeiro passo que deu foi divulgar a APR e os seus objectivos, «pois estava certa que encontraria na ilha praticantes de Reiki que iriam querer fazer parte deste trabalho». Para tal, realizou em Agosto de 2010 o 1.º Dia Internacional de Reiki em Ponta Delgada. A logística era pouca, mas a força de vontade enorme. Leila Miranda dispunha de apenas «duas marquesas num jardim público com o intuito de chamar a atenção dos praticantes, saber quem eram, além da divulgação desta prática à comunidade». Os objectivos foram conseguidos com a ajuda da comunicação social, que transmitiu uma reportagem e os praticantes começaram a aparecer.

Trabalho desenvolvido

Em Outubro de 2010, o Núcleo estabeleceu um protocolo de voluntariado entre a APR e a Associação de Doentes com Dor Crónica dos Açores. Seguiram-se alguns Chás com Reiki, o que agregou «mais praticantes e curiosos de vários grupos distintos que se foram conhecendo e juntando». Com todo este apoio acrescido, realizaram a 2.ª edição do Dia Internacional do Reiki. E de duas marquesas e um único voluntário, em 2010, passaram para uma situação «fantástica» de «mais de uma dezena de voluntários que fizeram Reiki a cerca de uma centena das mais de 200 pessoas que estiveram presentes nas actividades dessa edição».

Na sequência desse evento foi criado outro grupo de partilha de Reiki que se junta semanalmente. Por outro lado, as várias associações locais ficaram mais unidas e a curiosidade de outros para a aprendizagem ficou desperta.

Segundo Leila Miranda, neste momento «já há um projecto consolidado para apresentar ao Hospital do Divino Espírito Santo para a realização de terapia complementar Reiki aos pacientes oncológicos». O Núcleo aguarda apenas a reunião com o Conselho de Administração. «Graças ao trabalho realizado pela mestre e enfermeira Zilda Alarcão, e ao impacto que tem tido na comunicação social, bem como ao trabalho desenvolvido pela Cátia Arnaut, sentimo-nos mais confiantes quanto à abertura do hospital local para receber esta iniciativa e vamos fazê-lo através do Projecto Mãos de Luz», esclarece.

Em preparação está ainda um outro projecto, que consiste num conjunto de acções de esclarecimento junto das escolas secundárias, com o intuito de chegar às camadas mais jovens.

Dia Internacional do Reiki em Ponta Delgada
Entretanto, o Núcleo está a preparar tudo para a 3.ª edição do Dia Internacional do Reiki em Ponta Delgada, que se realizará nos dias 24, 25 e 26 de Agosto, na Lagoa das Sete Cidades. Com o objectivo de «internacionalizar cada vez mais o evento, e aproveitando a afluência turística nesta altura do ano», o Núcleo está a programar um conjunto de actividades gratuitas, ao ar livre, num «contexto paisagístico inspirador». Será um evento «dedicado à descoberta do Reiki, Meditação, Tai Chi, Chi Kung, Yoga, ou seja, tudo actividades que visam divulgar o Reiki e práticas destinadas à consciencialização da nossa energia vital e como potenciar a mesma», refere Leila Miranda.

Leila Miranda, coordenadora do Núcleo de Ponta Delgada

CONTACTOS
Núcleo de Ponta Delgada
Blog : http://associacaoportuguesadereikinosacores.blogspot.com
E-mail: leila.camilo.miranda@gmail.com
Telem.: 91 863 96 37 | 91 494 40 57

 


 

associacao_portuguesa_reiki_redondo_120 Descobre os conteúdos exclusivos para os associados no nosso site www.associacaoportuguesadereiki.com

 

(Visited 1.094 times, 1 visits today)