Friday, October 30, 2020

Reiki nos aspectos comportamentais que regulam o estilo de vida dos discentes da faculdade de enfermagem

Reiki Comportamental

Neste artigo do 45º congresso científico do Hospital Universitário Pedro Ernesto, encontramos a posição do Reiki nos “aspectos comportamentais que regulam o estilo de vida dos discentes da faculdade de enfermagem” como uma das terapias complementares mais usadas, num universo de 128 entrevistados.

Podem ler todos os artigos deste congresso científico, no site do Hospital Universitário Pedro Ernesto.

 

TÍTULO: Aspectos comportamentais que regulam o estilo de vida dos discentes da faculdade de enfermagem

AUTORES: Mariana N. Giron , Leila da S. Sardinha, Diana da S. Marinho, Verônica dos Santos, Lina Márcia M. Berardinelli

SERVIÇO: Enfermagem

RESUMO:
INTRODUÇÃO: Os aspectos comportamentais referem-se aos hábitos e estilos de vida saudáveis e estão ligados à capacidade de cada pessoa em adotar comportamentos seguros, que a torne menos vulnerável, assim como a capacidade de tomar decisões próprias, segundo Lieber (2002). As questões que envolvem a vulnerabilidade nos motivaram porque a maioria dos alunos do 1º ao 4º períodos encontra-se na faixa etária compreendida entre 16 e 24 anos, ou seja, muitos terminando a fase da adolescência e outros entrando na fase adulta, ainda com muitas dúvidas quanto aos cuidados com a própria saúde, para se manterem saudáveis ao longo do processo de viver. Desta forma, fizemos um recorte do projeto proiniciar cadastrado na FAPERJ, intitulado cuidando e promovendo hábitos de vida saudáveis na faculdade de enfermagem da UERJ.
OBJETIVO: O objetivo proposto foi identificar os aspectos comportamentais que regulam o estilo de vida dos discentes da FE/UERJ.
MÉTODO: Pesquisa de abordagem quantitativa, do tipo descritiva, com freqüência simples e percentual. A fundamentação teórica baseou-se nos conceitos de risco e vulnerabilidade envolvendo o coletivo e individual, nas dimensões socioeconomicoculturais dos sujeitos, interferindo no processo de ser saudável, segundo Lieber (2002). A pesquisa foi realizada no período de maio a julho/2007 na FE/UERJ e os dados foram coletados através de um formulário contendo 15 questões abertas e fechadas, aplicado a 124 discentes de enfermagem do 1º ao 4º período.
CONCLUSÃO: Dos 128 formulários preenchidos, 124 são válidos. Na análise desses 124 formulários no que se refere aos aspectos comportamentais, essa população apresenta o seguinte perfil: 122(96,8%) discentes não são tabagistas. Quanto aos medicamentos, 42(65,8%) discentes fazem uso de algum medicamento, entre os medicamentos mais utilizados estão: os anticoncepcionais e os corticóides. Quanto às terapias alternativas utilizadas, o floral, é utilizado por apenas 14(11,3%) dos pesquisados, 107(86,3%) não utilizam e 3(2,4%) não responderam a pergunta. O Reiki é utilizado como terapia por 26 (21%) discentes, sendo que 22(17,8%) o fazem 1 vez por semana; 93(75%) não o fazem e 5(4%) não responderam a pergunta. A alimentação dos alunos é convencional, somente 3(2,4%) são vegetarianos, 2(1,6%) macrobióticos e 5(4%) fazem outro tipo de alimentação. Outro dado relevante mostra que os alunos em sua maioria representado por 99 (79,8%) não participam de nenhum grupo, seja dentro ou fora da faculdade; somente 5(4%) fazem psicoterapia e 9(7,2%) participam de algum grupo como: dança, unati, igreja e atividade musical. Conclui-se que entre os aspectos comportamentais o que mais se destacou foi o uso das terapias não convencionais. A terapia floral tem a capacidade de reorganizar emoções que possam desencadear doenças. Reconhecida e recomendada pela organização mundial de saúde, tem a finalidade de auxiliar o ser humano na descoberta e compreensão das suas emoções e padrões de comportamento, trazendo um caminho para o equilíbrio pessoal e a cura das doenças. O Reiki abre novos caminhos para experiência espiritual e o aprendizado no sentido de organização dos chacras.

RESPONSÁVEL: Mariana Nepomuceno Giron

[box type=”info”]A Associação Portuguesa de Reiki está a desenvolver projectos com jovens, no âmbito comportamental. Para mais informações, contacte-nos para o email info@montekurama.org[/box]

 


 

associacao_portuguesa_reiki_redondo_120 Descobre os conteúdos exclusivos para os associados no nosso site www.associacaoportuguesadereiki.com

 

(Visited 312 times, 1 visits today)