Wednesday, October 21, 2020

Usui Sensei e Reiki ou os termos Reiki, Reiho e Reiki Ryoho revistos

O termo Reiki não tem uma tradução imediata e clara para o português. Basta perguntarem a um japonês o que significa. Neste artigo de opinião, James Deacon partilha a investigação e considerações que tem sobre o que é Reiki e os termos Reiki, Reiho e Reiki Ryoho. Será uma pratica unicamente espiritual, será uma terapia complementar natural, uma filosofia de vida? Reiki é tudo isso e muito mais, dependendo da vivência de cada um.

O espiritual é um termo ainda bastante incompreendido em Portugal, pela cultura, pelo trajeto social que tivemos ao longo dos finais do século XIX e XX. Muito há ainda a esclarecer, aceitar. Sobre Reiki enquanto terapia complementar, as provas estão cada vez mais à vista, cumpre aos terapeutas manterem a dignidade da profissão ou do seu voluntariado.

Muito obrigado à Lina Fortuna, pela tradução deste documento.

Reiki, Reiho, Reiki Ryoho

USUI SENSEI E REIKI OU OS TERMOS REIKI, REIHO E REIKI RYOHO, REVISTOS

Usui Sensei não redescobriu Reiki, nem criou ou desenvolveu Reiki ….

O que Usui Sensei fez, foi criar ou desenvolver um sistema de prática espiritual. O objetivo principal deste sistema, segundo parece, era partilhar com terceiros, de forma incremental, o fenómeno de transformação que ele mesmo tinha experimentado durante a sua, agora lendária, meditação no Monte Kurama.

Contudo, não chamou a esta prática espiritual “Reiki”.

Devemos recordar que o uso da palavra Reiki para identificar o sistema desenvolvido por Usui Sensei, é muito recente na sua aplicação no ocidente. De igual forma, o nosso uso da palavra como verbo, indica o atual funcionamento do tratamento.

[Por outro lado, a compreensão moderna de Reiki, isto é, o fenómeno em si, mostra que “a energia” pode ser algo diferente, da compreensão que Usui Sensei tinha dela.]

Por isso, se Usui Sensei não chamou “Reiki” a prática espiritual, então, porque nos comunicou assim? Bem, existem uns, que nos querem fazer crer que se chamava “Usui TEATE”, outros “Usui Do”.

No entanto, graças à única fonte de informação sólida que temos (e, eu uso a palavra sólida, num sentido muito literal, quando me refiro ao memorial de pedra que se situa ao lado da sepultura de Usui Sensei), discordo com ambas.

O título da inscrição que consta no monumento funerário de Usui, identifica-o claramente como o Fundador de “Reiho”.

Entretanto algumas pessoas tentaram fazer-nos crer que “Reiho” é uma contração – uma versão taquigráfica – da frase “Reiki Ryoho” , parece que isto é bastante incorreto.

“Reiho” na realidade refere-se a um “método espiritual”, neste caso, O Método Espiritual de Usui, ou seja “Usui Reiho”.

No entanto, a prática espiritual, deste “método espiritual” desenvolvido por Usui Sensei (independentemente se é parte da intenção original ou não)[1] deixa perceber que também desperta fortes capacidades terapêuticas no individuo.

E este aspeto terapêutico da prática, que comummente chamamos de “Reiki”, foi denominado com o nome Usui Reiki Ryoho[2], ou também, Método de Cura Reiki de Usui.

Assim sendo, o que é exatamente “Reiki”, neste contexto?

Muitas pessoas continuam a afirmar, incorretamente, que “Reiki” traduz-se como “energia universal”[3].

De ressalvar que, a tradução como “energia espiritual” ainda que se possa considerar mais correta, ainda não o é de todo.

Existem muitas palavras em japonês que podem ser descritas como “palavras-ki” – palavras compostas, formadas pela adição da conhecida “ki” (como en Rei-ki) no final de muitas palavras. Como exemplo temos: Genki, Inki, Tenki .

Infelizmente, quando se traduz este tipo de palavras compostas, simplemente com base no significado individual, de cada palavra que as compõem, nem sempre se obtem uma tradução correta para a palavra composta.

A título de exemplo, temos a palavra tenki, onde o termo “ten” significa “céu” ou “o céu”. “Ki” supostamente é normalmente traduzido como “espírito”, “energia” (também como sentimento).

Por isso, o composto “tenki” …. pode significar “Espírito Divino”? Ou quiça “ a Energia do Céu” (em contraste com a “Energia da Terra”)?

Na realidade significa simplesmente “Tempo”!

Do mesmo modo, combinando o significado literal das duas parte da palavra composta – Reiki – não conseguimos obter uma verdadeira compreenção da palavra composta em si.

Os estudos em curso sugerem que o termo ReiKi, utilizado no nome de Usui Reiki Ryoho, deveria ser interpretado simplesmente como “espírito” ou “espiritual”, assim, Usui Reiki Ryoho, seria traduzido de forma mais clara como “Método Espiritual de Cura de Usui.

Em determinados usos, o par de Kanjis utilizado para escrever Reiki pode significar algo como “essência espiritual” ou “influência espiritual” .

Como o termo Reiki é utilizado no nome de Usui Reiki Ryoho, o mesmo, não tem necessariamente nenhuma referência direta à “energia”: dentro deste contexto, “Ki” significa dinâmica, o efeito do espírito em ação.

O termo “Reiki Ryoho” simplesmente significa “Método de Cura Espiritual” e de acordo com o que é conhecido, já foi utilizado por várias pessoas, no que respeita às suas próprias práticas terapêutias.

Por exemplo, em 1919, um terapeuta chamado Kawakami M., publicou um livro cujo título é Reiki Ryoho para Sono Koka (a cura espiritual e seus efeitos) e Fumio Ogawa, disse-nos que um Senhor de nome Tanaka Daiseido, também praticava o seu próprio método de “Reiki Ryoho” antes que Usi Sensei desenvolvesse o seu método de cura espiritual.

Usui Sensei não inventou o “Reiki Ryoho”.

O que realmente criou foi o “Usui Reiki Ryoho”. Provavelmente ao que o Usui Sensei criou chamou-se: “Usui Reiki Ryoho”, por uma necessidade de distingui-lo do “Reiki Ryoho” praticado por outras pessoas suas contemporâneas[4].

Segundo parece, também existiram outras pessoas que, em relação à sua prática, se referiram como “Shinnei Ryoho” e a investigação sugere que as expressões “Reiki Ryoho” e “Shinrei Ryoho” são sinónimos. Pois tanto “Reiki” como “Shinrei”, significam espiritual.

O termo Reiki, também aparece na filosofia do grupo espiritual Oomoto Kyo (especialmente muito influentes nos primeiros anos do século XX), indicando não “energia” em si, mas sim, o efeito energético do aspeto íntimo do espírito humano.

Oomoto Kyo menciona o Ichirei (um espírito) como aquela centelha que reside em todos os seres vivos na criação.

Este Ichirei (“rei” aqui significa, espírito, o mesmo “rei” utilizado em Reiki), esta essência espiritual manifesta-se mais profundamente nas formas superiores de vida. Como entendida pelos seres humanos, esta centelha divina é chamada “Nao Hi” – presença espiritual ou espírito perfeito (de Kami).

Nao Hi é “… o mais simples, mais puro, aspeto íntimo do espírito humano, o qual contem o bem supremo e, em última instância, a beleza… O que é capaz de salvar o seu corpo e alma…”

E Reiki pode se visto como “o manifesto efeito de Nao hi na acção”.[5]

[Também é interessante observar que o kenji para Nao Hi pode igualmente ser lido como choku rei, sem qualquer alteração ou perda de significado….]

[1] Na Reiki Ryoho Hikkei, Usui Sensei cita que não vai em busca de poderes especiais. Nota de James Deacon

[2] Este termo utiliza-se na Hikkei. Nota de James Deacon

[3] O conceito de Reiki e entender-se-á que, se referem à “força da energia vital universal”, isto é, no sentido de uma energia exterior ao individuo,  parece ser algo realmente muito recente – uma concetualização ocidental que foi importada do Japão na década de 1980.

Num registo no diário de Takata Sensei, datado de 10 de Dezembro de 1935, a mesma escreveu o seguinte sobre o “Reiki”: “…. A energia está dentro de sí mesmo, referindo-se de como se deve meditar” “…deixar que a “Energia” saia de dentro.”Enquanto à “Energia”, digo:”encontra-se na parte inferior do seu estômago, uns dois dedos por baixo do umbigo”. Esta parecer ser uma opinião muito diferente do Reiki que geralmente muitas pessoas hoje em dia defendem. Nota de James Deacon

[4] Mais uma vez na Hikkei Usui Sensei é citado dizendo:” Não recebi este método de ninguém”

Nota de James Deacon

[5] Compare-se com a seguinte citação da Hikkei: “ Cada ser vivo que respira possui a capacidade espiritual de curar. Isto é válido em animais, plantas, peixes e insectos, mas  é nos seres humanos – a conclusão da criação – onde reside a maior energia. O nosso método é uma manifestação prática desse poder.” Nota de James Deacon.

[box type=”info”]TRADUÇÃO: Lina Fortuna

Publicado em O Tao do Reiki

[/box]

 


 

associacao_portuguesa_reiki_redondo_120 Descobre os conteúdos exclusivos para os associados no nosso site www.associacaoportuguesadereiki.com

 

(Visited 1.350 times, 1 visits today)