Tuesday, October 27, 2020

Reiki é eficaz no tratamento da fadiga relacionada com cancro

Tratamento de Reiki para a Fadiga de Cancro - Tao do ReikiA aplicação de Reiki no tratamento da fadiga relacionada com cancro demonstrou-se válida e pertinente, neste estudo conduzido por Tsang e Carlson, em 2007. Além da fadiga, encontrou-se uma melhoria na qualidade de vida em geral da pessoa. Mais estudos como este seriam interessantes, tendo mais participantes. Seria também interessante desenvolverem-se estudos com Parkinson, Fibromialgia, Diabetes, HIV, Ansiedade, entre outros.

Reiki é eficaz no tratamento da fadiga relacionada com cancro

Reiki, é um método baseado na energia. Descobriu-se ser útil para reduzir a fadiga, melhorar a qualidade de vida, diminuir o cansaço e ansiedade em pacientes com cancro, de acordo com um estudo recente.

No estudo “Pilot Crossover Trial of Reiki Versus Rest for Treating Cancer-Related Fatigue“, 16 participantes diagnosticados com cancro nos estágios I a IV voluntariaram-se para participar num estudo cruzado para examinar os efeitos do reiki em fadiga, dor, ansiedade e qualidade de vida no geral. Cada indivíduo participou no reiki e no descanso – o outro factor de controle no estudo – em ordem aleatória.

Os participantes receberam Reiki, administrado por um mestre de reiki, por cinco sessões diárias consecutivas, que duraram, em média, 45 minutos por sessão. As sessões foram seguidas por uma semana de período de paragem de qualquer tratamento para avaliar a longevidade de quaisquer efeitos. Em seguida, duas sessões de reiki adicionais de monitorização. Uma a duas semanas de intervalo foram dadas aos participantes antes de eles mudaram para o controle de descanso.
Os participantes descansaram durante cerca de 45 minutos por dia durante cinco dias consecutivos, seguido por um período de uma semana onde não tinham descanso programado. Um intervalo de duas semanas foi dado aos participantes antes de eles mudaram para sessões de reiki.

Todos os participantes completaram questionários antes e depois de todas as sessões de reiki e descanso. Indivíduos completaram a avaliação funcional da Functional Assessment of Cancer Therapy Fatigue subscale e Functional Assessment of Cancer Therapy, versão geral, que avaliaram a qualidade de vida global. Eles também completaram um sistema que avaliou cansaço diário, dor e ansiedade antes e depois de cada sessão de reiki e resto da escala analógica visual – Edmonton Symptom Assessment System.

Os dados obtidos a partir da conclusão do estudo mostrou que o reiki melhorou significativamente a qualidade de vida, diminuiu o cansaço e a ansiedade, e reduziu a fadiga em doentes com cancro, em comparação com o descanso. Não houve mudanças significativas relatadas em fadiga, dor, ansiedade e qualidade de vida das sessões de descanso.

“A natureza passiva de Reiki [sic] faz com que seja uma intervenção ideal para pacientes com energia limitada que estão a ter dificuldade em se adaptar aos estressores associados ao cancro e seu tratamento”, dizem os autores do estudo.

Fonte: Departamento de Psicologia e do Departamento de Oncologia da Universidade de Calgary, Alberta, Canadá; Departamento de Recursos psicossociais, Tom Baker Cancer Centre, Calgary, Alberta, Canadá, e Faculdade de Enfermagem da Universidade de Alberta, no Canadá.

Autores: Kathy L. Tsang, BA; Linda E. Carlson, Ph.D., CPsych e Karin Olson, RN, Ph.D. Originalmente publicado em Integrative Cancer Therapies 6 (1), 2007 pp 25-35

 


 

associacao_portuguesa_reiki_redondo_120 Descobre os conteúdos exclusivos para os associados no nosso site www.associacaoportuguesadereiki.com

 

(Visited 1.427 times, 1 visits today)