Thursday, October 29, 2020

Mais amor-próprio (e muitos abraços) com Reiki

amor-propriopq

 

Uma das coisas que muitas pessoas relatam quando começam a fazer Reiki é que o seu amor-próprio aumenta. Gradualmente, começam a gostar mais de si, a aceitar-se como são e a confiar mais nas suas potencialidades. Isto acontece porque a energia Reiki atua no sentido de equilibrar o amor incondicional. Mas o que também ajuda é o facto de estas pessoas, de repente, passarem a abraçar-se mais.

É isso mesmo. Os praticantes de Reiki, pelo simples facto de se auto-tratarem estão a dedicar tempo a estarem mais consigo, com o seu corpo e com as suas emoções. O que antes nunca faziam (reservar um momento do dia para si) passa a integrar a sua rotina diária e isso começa a dar resultados ao fim de pouco tempo de prática.  Muitos afirmam que anseiam pela hora do auto-tratamento para poderem, finalmente, estar em silêncio “a sós com os seus botões”, a ouvir o que o seu corpo tem para lhes dizer, para se cuidarem e, até, para se mimarem.

Esta situação é comum sobretudo em pessoas que passam a vida a cuidar de outros, dando resposta às contínuas solicitações da família, do emprego ou de amigos e nunca têm tempo para si. São estas que, de repente, descobrem uma forma de reservar uma parte do dia para estar consigo sem sentimentos de culpa. E esses minutos revelam-se preciosos porque são dedicados ao carinho e amor próprios, algo de que todos nós necessitamos. Trata-se, por fim, de um tempo de cura.

 

Love-YourselfAbraço de Reiki – Proposta de exercício

Quando estiverem a fazer o vosso auto-tratamento, experimentem cruzar os braços à frente do chacra cardíaco colocando as palmas das mãos nas omoplatas. Deixem o Reiki fluir durante o tempo que desejarem e sintam-se a ser abraçados pela energia (e também por vocês mesmos, claro! ;)). Não tenham pressa em avançar para a posição seguinte, fiquem-se pelo abraço, desfrutem-no e “carreguem” as baterias de carinho e amor.

Pode acontecer que algumas pessoas se emocionem ao realizarem este exercício. Se tal suceder, não se preocupem e deixem o Reiki fluir até a calma voltar. Esta libertação de emoções e/ou tensões acumuladas na zona dos pulmões, timo e chacra cardíaco é normal e acaba por ser salutar, já que deixará a pessoa mais liberta, leve e capaz de compreender melhor as suas necessidades afetivas. Isto acontece porque o chacra cardíaco está relacionado com o amor incondicional, compaixão e afinidade, e os pulmões revelam-nos muito acerca das nossas necessidades emocionais.

Experimentem e… bons abraços de Reiki!

 

Artigo publicado em BeYou Reiki

 


 

associacao_portuguesa_reiki_redondo_120 Descobre os conteúdos exclusivos para os associados no nosso site www.associacaoportuguesadereiki.com

 

(Visited 3.126 times, 1 visits today)