reiki_natal

Estamos a atravessar uma quadra muito impressionável onde existe uma dualidade de sensações, tais como a tristeza e/ou nostalgia e uma sensação de contentamento. Vamos neste Natal colocar em prática os Cinco Princípios do Reiki.

 

Só por hoje sou grato – Por todos os seres humanos que nos ajudam nestes tempos tão morosos e conturbados em que vivemos, eis que surgem umas almas e/ou seres divinos que nos dão a mão abrindo os seus corações, dando-nos alento e ânimo para enfrentarmos novos voos, novos horizontes com palavras de esperança por um melhor futuro.

 

Só por hoje respeito todos os Seres Vivos – Incluindo os sem abrigo, os toxicodependentes, os pobres de espírito, os que carecem de apoio quer moral quer espiritual. Todos somos iguais perante a Centelha Divina, todos precisam de luz nas suas vidas, todos precisam de alguém que lhes dê atenção, valor, amor fraternal, alguém que lhes faça ver que são tão importantes como os demais, apenas um pouco esquecidos da sociedade por onde vagueiam sem orientação no seu caminho de vida. Temos então que dar-lhes a mão e ensiná-los a caminhar em outra nova direção.

 

Só por hoje não me irrito – A irritabilidade assim como a raiva são dois sentimentos com energias bloqueadas, mal elaboradas e mal direcionadas. Fazem mal à nossa líbido, corrompem-nos e fazem com que nos tornemos irritantes, intolerantes. Queremos espaço e tempo! Vamos nesta época tentar relaxar, não levar a vida tanto a sério, relativizar os problemas, abrir o nosso coração ao amor, à alegria, à vontade de viver, dando a nós próprios uma nova chance e uma nova esperança de vida. Seja bondoso!

 

Só por hoje não me preocuparei – Preocupar-nos faz parte do nosso quotidiano como é normal, mas como dizem alguns textos bíblicos que passo a citar ” A preocupação traz a velhice antes da hora e as preocupações do dia a dia não deixam dormir, e mais do que uma doença grave, tiram o sono”. Vamos então nesta época natalícia substituir a preocupação dando lugar à esperança, à gratidão por estarmos vivos, de termos alguém que nos acolhe, nos abre a porta de sua casa com um belo sorriso e um forte abraço, fazendo-nos esquecer as preocupações do momento e ajudando que as mesmas se desvaneçam por momentos.

 

Por último, Só por hoje trabalho honestamente – Júlio Dantas dizia: “Ser honesto é vestir uma roupa de estrelas”. Quando alguém é honesto, toda a sua alma resplandece, os seus olhos brilham de uma forma especial, diferente, e nos dias de hoje é tão invulgar/raro ser-se honesto. Ser honesto é ser nobre, é ter pureza no coração. Cada vez que praticamos a honestidade e agimos em conformidade, uma força de prosperidade nos impulsiona em direção ao sucesso. Para Confúcio cinco coisas constituíam a virtude perfeita: sobriedade; magnanimidade; honestidade e bondade.

 

Aplique neste Natal todos estes princípios aqui mencionados e verá nascer em si um Novo Ser Divino. Todos nós somos uma dádiva da vida!

Nesta quadra tão especial e tão querida evoque a energia do Reiki na sua vida e na vida dos que a rodeiam.

Seja feliz e viva com retidão!

Para todos os leitores desejo Um Santo Natal e que o Novo Ano que se avizinha seja profícuo em boas novas.

 

Namasté!

Artigo enviado por Elisabete Braga

 


 

associacao_portuguesa_reiki_redondo_120 Descobre os conteúdos exclusivos para os associados no nosso site www.associacaoportuguesadereiki.com

 

(Visited 1.393 times, 1 visits today)