Ricardo Garé foi um dos primeiros investigadores sobre os efeitos do Reiki através de um trabalho académico. A 24 de Outubro, no VI Congresso Nacional de Reiki, Ricardo Garé vai partilhar connosco a sua paixão – o Reiki Veterinário.

O que te levou a fazer a tese de mestrado sobre os efeitos do Reiki?

Quando eu realizei os cursos de Reiki e comecei a praticar, comecei a obter resultados importantes, como diminuição da dor de animais humanos e não-humanos que tinham dores crônicas, onde nenhuma droga medicamentosa estava surtindo efeito. Era incrível como uma técnica energética poderia agir dessa forma e entendi que mais pesquisas precisavam ser feitas para que mais pessoas conhecessem e levassem o Reiki a sério.

Quais os resultados finais do teu trabalho e de que forma o teu amor pelos animais e o Reiki se combinaram?

Durante as minhas pesquisas eu constatei que o Reiki ajuda a melhorar e modular a resposta inflamatória do organismo, para que ela não seja nem baixa e nem exacerbada, duas situações ineficientes que trazem prejuízo. Constatamos que o Reiki, de alguma forma equilibra a nível celular o sistema imunológico. Também constatamos que quando não há possibilidade de cura, o Reiki consegue prolongar a vida de forma que também haja menos sofrimento e maior bem estar. Mas algo mais aconteceu! Um resultado a mais ocorreu e ele trouxe uma importância maior para todos os meus futuros atendimentos, cursos e estudos. Um importante resultado que o meu trabalho trouxe e sempre ressalto isso, foi meu entendimento de que nosso amor e compaixão devem ser estendidos a todos os seres, independente de sua espécie e não somente a cães e gatos. O que isso significa? Quando eu realizei meu mestrado eu seguia um pensamento padrão acadêmico onde os animais de laboratório estão para os humanos os utilizarem. Eu utilizei, pois assim acreditava. Com o Reiki, sentia que algo não estava certo. Que não era certo causar um sofrimento a outro semelhante, seja ele humano ou não, ainda mais tratando-se de energia de amor, mas isso ainda não estava claro e consciente para mim, era apenas uma sensação estranha e incomoda. Ao termino do Mestrado, fui pesquisar melhor sobre essa sensação e descobri que o modelo animal para pesquisas não é necessário, assim me deparei com conceitos sobre Direitos Animais mostrando um novo paradgma. Um paradigma onde os animais tem seus próprios propósitos e direito a vida, e liberdade, não estando nessa planeta para servir ao homem. O Reiki é amor e compaixão e prezar pela vida de outro, independente da sua espécie, dentro dos preceitos do Reiki me pareceu o caminho natural a seguir!

O que mais gostas de fazer com Reiki?

Utilize-lo como ferramenta que possa promover a consciência e crescimento de animais humanos e não-humanos.

Que conselhos tens para quem queira fazer Reiki a animais?

Os animais não-humanos são seres muito sensíveis e quase sempre seus problemas decorrem de terem absorvidos nossas energias e carga mental e emocional desequilibradas, sendo assim essencial que o Reikiano ou futuro reikiano esteja o mais equilibrado possível e constantemente se auto-conhecendo e evoluindo como ser, através das ferramentas que já possui, como por exemplo a auto-aplicação, meditação e os 5 princípios, do contrário ele pode interferir negativamente na energia do animal ou simplesmente não conseguir ajudar da forma como poderia. Outro conselho muito importante é entender e respeitar as necessidades, limites e vontades daquele animal. Para isso precisamos fazer reiki de uma forma totalmente aberta e receptiva, desprovido de uma forma que o reikiano acredite ser melhor. Geralmente quando tentamos impor uma vontade nossa o reiki não flui ou o animal não deseja receber. Por exemplo, quando um animal gosta de ficar em um determinado local ou altura, ou goste de ficar se movimentando, se tentarmos pega-lo, restringir seus movimentos ou forçar determinadas imposições de mão, isso quebrará a conexão e o reiki fluirá.

Qual o teu sonho para um futuro de Reiki para animais?

Que entendamos que apenas estamos dividindo espaço com as outras espécies no planeta e que possamos estender nossa compaixão e amor a todos os seres e assim nos permitirmos vivermos em harmonia com todos.

Ricardo Garé
Ricardo Garé

Curso Reiki em Animais – O essencial de como ajudar

Ricardo Garé irá dar um curso de Reiki em animais O essencial de como ajudar, dias 26 e 27 das 19h às 22h em Guimarães.

Nota: O conteúdo dos mesmos é da responsabilidade dos seus formadores e o valor reverte totalmente para os formadores.

INSCRIÇÕES: Isabel Cardoso – geral.congresso.b@gmail.com

Prémio Hayashi

Podem ler o seu trabalho Efeitos do reiki na evolução do granuloma induzido através da inoculação do BCG em hamsters e do tumor ascítico de Ehrlich induzido em camundongos no site da Associação Portuguesa de Reiki, nos Prémio Hayashi de Investigação Reiki.

 


 

associacao_portuguesa_reiki_redondo_120 Descobre os conteúdos exclusivos para os associados no nosso site www.associacaoportuguesadereiki.com

 

(Visited 946 times, 1 visits today)