Cultivamos o gosto pela escrita e pela leitura

Rubrica mensal online

Caminhando nos Princípios da Filosofia Reiki

Só Por Hoje

Sou Calmo

Confio

Sou Grato

Trabalho Honestamente

Sou Bondoso

Era uma vez uma menininha que se sentava muitas vezes, na horta do crepúsculo, ao lado de sua velha avó e lhe confiava os seus maiores segredos.

Falava-lhe das belas flores de macieira, das borboletas e dos escaravelhos que, quando não queriam ser perturbados, viravam as costas e fingiam ser mortos; mas principalmente, tentava explicar á avó que via um arco-íris em volta das pessoas.

…A menininha  sabia que os arco-íris em volta das pessoas neste mundo eram tão bonitos quanto no mundo do sonho. Mas os adultos não sabiam disso e, assim, a menina tratou de levar os arco-íris humanos para o seu país de sonho, não revelando a ninguém o que sabia e, desse modo, não se admirava quando via todas as pessoas que conhecia em meio  a muitas cores, mas não falava muito sobre isso aos adultos.

…a menininha sabia que, em algum lugar, iria encontrar um arco-íris, mas talvez tivesse que fazer isso sozinha. Evidentemente, havia tão pouco sentido em falar sobre o arco-íris do céu quanto sobre as pessoas e, desse modo, a menina simplesmente se manteve quieta para sentir o próprio arco-íris.

….Assim, ela bailava em sua inocência infantil pelos prados….

Não fazia mal algum quando a avó se zangava por ela ter permanecido tanto tempo no país do arco-íris

A sensação daquela imensa energia punha tudo no prumo certo……

LEA SANDERS

 


 

associacao_portuguesa_reiki_redondo_120 Descobre os conteúdos exclusivos para os associados no nosso site www.associacaoportuguesadereiki.com

 

(Visited 114 times, 1 visits today)