Este projeto de voluntariado teve início a 12 de outubro de 2015, com um grupo de 5 voluntários, no âmbito do “Ano de cuidar de quem cuida” preconizado pela Associação Portuguesa de Reiki para o ano de 2015.

Neste triénio (outubro 2017/janeiro 2018) foram realizadas 18 sessões aos 12 utentes institucionalizados, pelos 3 voluntários que, neste momento fazem parte deste projecto.

O número de sessões realizadas a cada sénior variou entre as 2 (máximo) e as zero (mínima), sendo que: 7 utentes receberam 2 sessões, 4 utentes receberam 1, 1 utente não recebeu nenhuma sessão. O fato deste utente não ter recebido nenhuma sessão, prende-se com o fato de a nossa deslocação á Associação não coincidir com os dias que o utente usufrui da mesma.

A maioria dos utentes apresenta dores osteoarticulares, insónia, depressão, desorientação, oscilações nos valores da tensão arterial, tonturas.

Ao fim deste triénio podemos constatar que:

· A maioria dos utentes melhorou das queixas osteoarticulares, conseguindo assim uma melhoria na qualidade de vida;

· Quatro utentes apresentavam insónia, tendo o padrão do sono vindo a melhorar ao longo deste triénio e consequentemente a melhoria do descanso também;

· Uma utente apresenta tumor cerebral, o qual lhe provoca algumas dores, com as duas sessões conseguiu relaxar um pouco tendo a dor também diminuído;

· Um utente apresenta sequelas de um AVC antigo, o qual lhe provocou parésia á direita, extremidades do membro superior frias e dificuldade na extensão dos dedos da mão. Conseguimos constatar que o utente já consegue distender melhor os dedos das mãos, as dores que também apresenta no lado parético diminuíram;

· Uma utente desorientada que apresenta agitação física e motora, que até à data não lhe conseguíamos fazer a sessão por completo, ao fim de sete sessões conseguimos que esta utente ficasse sentada na marquesa e finalizar a sessão;

· Um utente muito dinâmico, andava com oscilações nos valores da tensão arterial. Andava triste porque não conseguia fazer as suas tarefas diárias. Ao longo deste triénio, realizou duas sessões e na última disse: “agora já consigo fazer finalmente o que gosto”.

De uma maneira geral, ao fim deste triénio, podemos concluir que os séniores conseguiram atingir os seus objectivos pretendidos com as sessões de Reiki. Sentem-se mais calmos, mais relaxados, como alguns dizem: “gostamos muito deste bocadinho”.

 


 

associacao_portuguesa_reiki_redondo_120 Descobre os conteúdos exclusivos para os associados no nosso site www.associacaoportuguesadereiki.com

 

(Visited 96 times, 1 visits today)