No passado mês de Outubro, tive oportunidade de participar no X Congresso de Reiki, organizado pela Associação Portuguesa de Reiki,que decorreu no Algarve. Não posso deixar de ficar profundamente grata pelo convite para participar como oradora, mas também não posso deixar de sentir a mesma gratidão por ter tido a oportunidade de testemunhar e escutar sobre tantos projetos que cada vez mais chegam a todo o mundo…foi um privilégio estar e fazer parte!
No que diz respeito à minha participação, tive a oportunidade de juntamente com Sílvia Oliveira, apresentar o que tem sido feito pela ARCJ a nível de escolas e mostrar como todas as sementes são necessárias e começam a dar lindos frutos,não só junto das nossas crianças e jovens,como de toda a comunidade escolar. Tive a oportunidade não só de falar da ARCJ enquanto associação, mas também dos vários projetos em que a mesma está envolvida, sempre com a colaboração da Associação Portuguesa de Reiki. Foi possível apresentar já o nome das várias escolas onde a ARCJ está a chegar, principalmente com um Projeto que nos tem enchido de orgulho – o Projeto Aprender a Ser. Este protejo visa essencialmente fazer chegar o Reiki, técnicas de relaxamento, meditação, o Super Reikinho e o seu livro, entre outras atividades a escolas, centros de estudos e instituições. Somos vários facilitadores já a trabalhar a nível nacional, mas no que a mim me diz respeito, pude apresentar o trabalho que tem vindo a ser desenvolvido pelo segundo ano consecutivo em Fafe, na escola ACR Fornelos. Contamos já com 200 alunos inscritos neste protejo que decorre semanalmente em aulas de 45 minutos. Mas não ficamos por aqui, continuamos com o Gabinete de Reiki que teve aprovação no ano letivo anterior, como continuamos apostar no trabalho com toda a comunidade escolar, desenvolvendo workshops para professores e auxiliares e este ano uma formação para pais e encarregados de educação com o tema ” Pais atentos, filhos presentes”. Tive também a oportunidade de apresentar em primeira mão, o Curso sobre Inteligência Emocional, que a ARCJ em parceria com Didáxis iniciou este ano para professores. Um curso inserido no Poise  e financiado pelo programa Portugal 2020.
Foi muito bom chegar a todos com estas noticias, e principalmente com o trabalho sério e estruturado que a ARCJ tem vindo a desenvolver. Numa sociedade em que a burocracia impera, a ARCJ tem vindo a dotar-se e a dotar todos que dão a cara pelos seus projetos de instrumentos necessários para que possamos dar resposta, não só aos inúmeros pedidos que nos são feitos, mas dar essa mesma resposta de forma séria e credível.
 É urgente chegar às nossas crianças e jovens, é urgente chegar aos locais onde os mesmos passam maior parte do seu dia a dia, é urgente mostrar que o Reiki sendo algo tão simples auxilia todos a desenvolver a suas competências socioemocionais, trabalhando a calma, a harmonia, a empatia,de forma a que todos possam ter uma vida mais pacífica e feliz!

Resta-me dizer que continuo acreditar que é possível fazer diferente, continuo acreditar que é possível o Super Reikinho ajudar cada vez mais crianças, continuo acreditar, que com seriedade, simplicidade e progressividade as sementes vão sendo lançadas!

Só por hoje, sou grata!

Teresa Barros – terapeuta/formadora/Responsável Arcj escolas

 
 
associacao_portuguesa_reiki_redondo_120 Descobre os conteúdos exclusivos para os associados no nosso site www.associacaoportuguesadereiki.com
 
(Visited 202 times, 8 visits today)