No momento em que a prática de Reiki começa a ter maior visibilidade, chegando a mais pessoas como praticantes ou como utentes, começa também a surgir a ideia de que está a haver uma banalização do Reiki. Será que podemos mesmo pensar que a prática se encontra desvirtuada, servindo como moda ou será que podemos pensar que ela está a florescer e a encontrar o seu lugar na sociedade?