Publicado em

Histórias de Reiki em Animais

O Voluntariado de Reiki em Animais tem sido, para mim, um caminho maravilhoso.

Ao longo destes anos, tenho conhecido Animais fantásticos, que se cruzam comigo  neste caminho e cujas histórias me comovem, nomeadamente de animais de companhia que foram abandonados, negligenciados e até maltratados.

Continuar a ler Histórias de Reiki em Animais
Publicado em

Covid-19 e animais de companhia

No dia 18 de Março, foi decretado em Portugal, o Estado de Emergência Nacional, que se traduziu na implementação de algumas medidas para tentar reduzir o risco de contágio da doença COVID-19.

Nesta fase de isolamento social em que estamos recolhidos com as nossas famílias, incluem-se também os nossos animais de companhia.

Continuar a ler Covid-19 e animais de companhia
Publicado em

DIA INTERNACIONAL DO REIKI EM ANIMAIS NA APCA E COM O NÚCLEO DE S.PEDRO DE SINTRA

No dia 8 de Fevereiro, fomos ao Abrigo da APCA- Associação de Proteção aos Cães Abandonados, localizada em S.Pedro de Sintra, onde celebrámos o Dia Internacional do Reiki em Animais, que se assinalou 5 de Fevereiro.
Um grupo de Voluntárias esteve no Abrigo onde deu Reiki aos maravilhosos cães acolhidos e, em simultâneo, no Núcleo de S. Pedro de Sintra, outro grupo deu Reiki a alguns voluntários do Abrigo, cuidando assim de quem cuida.

O trabalho voluntário em Abrigos de Animais é fundamental para que os mesmos possam continuar a ajudar tantos animais abandonados, negligenciados e maltratados. Quem quiser, pode ainda deixar-se ir passear por um destes cães e como a APCA fica junto à Serra de Sintra, é fácil encontrar  trilhos verdejantes naquela paisagem fabulosa.

A APCA foi onde iniciei o voluntariado Reiki em Animais há 6 anos e onde aprendi muito com aqueles cães maravilhosos e por isso não poderia ter celebrado este dia especial de melhor forma.

Ao longo destes 6 anos muitos dos cães acolhidos foram adotados e continuam com as suas famílias, mas alguns foram devolvidos ao Canil, pelas mais variados motivos, pelo que a adoção  de um animal deve ser uma decisão muito bem pensada.

Dar Reiki a Animais acolhidos, pode trazer-lhes inúmeros benefícios mas para o praticante de Reiki, ,é um momento único, sendo como que uma fusão entre as duas espécies, o que nos faz sair dos Abrigos com a sensação de querermos voltar muito em breve.

Obrigada às voluntárias que aplicaram Reiki aos Cães acolhidos, Ana Claro, Cátia Cravo, Carla Martinho, Luísa Pereira e Patrícia Silva, que foram muito bem acolhidas pelos animais, voluntários e responsáveis.

Um agradecimento especial  à Coordenadora do Núcleo de São Pedro de Sintra da Associação Portuguesa de Reiki, Paula Baúto, que mais uma vez se juntou numa iniciativa a favor da APCA-Associação de Proteção aos Cães Abandonados.

Fátima Cunha Velho(Voluntária e Formadora de Reiki em Animais)

Publicado em

Dia Internacional do Reiki em Animais

Comemora-se hoje, dia 5 de Fevereiro, o Dia Internacional do Reiki em Animais.

Este Dia foi criado nos Estados Unidos da América pela Kathleen Prasad, para homenagear o seu cão Dakota (Prasad).

Pretende-se com este dia promover a aplicação do Reiki em Abrigos e Santuários de Animais, o qual pode ter inúmeros benefícios nos Animais, sendo a grande maioria animais que foram abandonados, negligenciados ou maltratados.

Em 2008, A Kathleen Prasad criou juntamente com a Leah de Ambrosio, a  S.A.R.A.- Shelter Animal Reiki Association (Associação de Reiki para Animais em Abrigos).

Esta associação segue um programa, que ensina e educa da mesma maneira, os funcionários e voluntários de associações de defesa animal, estejam onde estiverem, dando apoio aos praticantes de Reiki Animal, tornando-se essas organizações membros S.A.R.A.

Este programa, assenta nos seguintes pontos :

– deixar que seja o animal a guiar a sessão de Reiki ;
– não colocar as mãos em contacto com o animal, a não ser que este decida o contrário ;
– o praticante deve permanecer enraizado e ter uma atitude positiva, não obstante o estado de saúde do animal.

Os animais recolhidos por associações de defesa animal são frequentemente vítimas de abuso e/ou negligência e, por esses motivos, muitas vezes não confiam nos humanos, situação que dificulta a sua adoção.

O programa S.A.R.A., já se encontra implementado em abrigos e santuários em vários países, nomeadamente Estados Unidos, alguns países da América Latina e Europa.

Nos Estados Unidos existem Santuários Animais que acolhem vários animais apelidados de selvagens nomeadamente tigres, leopardos, ursos e cobras, os quais foram vítimas de abusos e maus tratos por parte de humanos.

Neste local, o Reiki é uma terapia regular, para promover o bem-estar e equilíbrio destes animais, onde se segue o programa S.A.R.A.

Em Inglaterra, o Remus Memorial Horse Sanctuary, é também um Santuário de Cavalos e de Burros, que acolhe animais que foram explorados pelo ser humano e que chegam àquele local em condições deploráveis.

Também aqui, se aplica o Reiki, em sessões diárias, se necessário, por forma a dar a esses seres um final de vida digno e em paz.

Têm cavalos de idade avançada e supõe-se ter existido neste Santuário o cavalo mais velho do mundo.

O Reiki ajuda na cura dos traumas emocionais dos animais, restaura a confiança, melhora o seu comportamento, promove o bem-estar e o equilíbrio, pelo que é de toda a importância a inclusão desta terapia complementar em locais onde existam animais vítimas de abusos, exploração, negligência e maus tratos.

No Dia Internacional do Reiki em Animais, a Página da S.A.R.A.pede aos seus membros e amigos de todo o Mundo para enviarem os eventos que pretendem realizar para comemorar este dia tão importante.

Podes seguir este evento de celebração…

Fátima Cunha Velho
(Voluntária e Formadora de Reiki em Animais)

Publicado em

Quando não temos outros métodos de auxílio imediato e nos socorremos com Reiki… A aplicação de Reiki em Animais

Numa tarde amena, a Anocas vai fazer o seu passeio habitual pelo campo.

A Anocas é uma Dogue Alemã com insuficiência cardíaca valvular e, na altura, com os seus belos 10 aninhos.

Nessa tarde, estava muito vivaça e com manifestações de alegria como se se tratasse de uma cachorra. Típico dos animais velhotes, que por vezes parecem voltar à tenra idade.

Na volta de regresso, a Anocas passa por um rebanho de ovelhas, o que para ela funciona como elixir da juventude. O olhar fixo das ovelhas, juntamente com o som dos badalos das suas coleiras e se, por fim, começarem a correr, deixam-na num estado de êxtase.

Quando se encontrava a chegar à urbanização para o regresso a casa, avista um pónei junto à vedação a olhá-la fixamente, e para potenciar o estado efusivo da Anocas resolve relinchar à sua passagem.

Então, quando a Anocas é chamada para se enquadrar comigo em posição de “junto”, dá três passos num ladear em diagonal com olhar fixo e cai em bloco lateralmente, só me sendo dado tempo de inclinar a minha perna e colocar uma mão na sua cabeça para lhe amortecer a queda no asfalto.

O seu corpo ficou em decúbito lateral estrito e encontrava-se hirto.

Desenvolveu de imediato uma crise convulsiva, com espasmos nos quatro membros e excreção de secreções por via oral. Seguiu-se um estado de imobilidade acompanhado de apneia prolongada, mas consegui-lhe palpar pulso femoral, pelo que não se encontrava em paragem cardíaca e daí eu não ter iniciado manobras de reanimação. Recuperou os movimentos ventilatórios, mas manteve o seu corpo completamente imóvel.

Sem qualquer outro recurso no local, enraizei-a e coloquei uma mão no crânio e outra na raíz da cauda. O fluxo de Reiki era tão intenso e luminoso, que senti como que uma queimadura no centro das mãos.

Passados, aproximadamente, 5 minutos a Anocas começou a mexer as pálpebras e a tentar levantar a cabeça. Então, retirei as minhas mãos devagar e dei-lhe a ordem “de pé”, que ela reconheceu e tentou cumprir, mas sem sucesso. À segunda ordem “de pé”, mais vigorosa e com uma mão no peitoral e outra no abdómen, conseguiu levantar-se, após o que me olhou nos olhos, lambeu-me o nariz e a boca e abanou a cauda. Dei-lhe ordem de “junto” e “casa”, pelo que prosseguimos devagar até casa, aproximadamente 5 minutos de caminho.

Durante o caminho falei com o Médico Veterinário, que referiu que a Anocas devia ter tido dois picos hipertensivos (1º com as ovelhas, 2º com o pónei) ao que se seguiu um quadro de lipotímia com crise convulsiva associada, e que a deixasse descansar mantendo a vigilância.

Chegada a casa, dei-lhe ordem de “vai deitar” (para que se pudesse deitar à vontade, em vez do “deita” de obediência em posição de esfinge) e fiz-lhe Reiki cumprindo os vários posicionamentos de acordo com os seus chacras, durante cerca de 30 minutos. A Anocas adormeceu logo após os primeiros 5 minutos, e assim permaneceu até à hora do jantar, numa recuperadora sesta à qual eu me juntei e ali ficámos de pata e mão dada.

Quando acordou estava muito bem disposta, a fazer brincadeiras com as patas a tentar abraçar-me, o que é comum na Anocas, e cheia de apetite.

Hoje, a Anocas encontra-se a caminho dos seus 12 aninhos, e continua uma “dinossaura” muito feliz e repleta de muito Amor e muito Reikinho.

Fiz recurso às ordens que ela conhece com entoação vigorosa com o intuito de a chamar à realidade e procurar a sua reactividade, e apliquei o que sabia sobre Reiki na altura com o meu nível 1.

Muito obrigada ao Universo e eternamente grata,

Cátia Fernandes.

Publicado em

Reiki em Animais na Petfil

Nos dias 1 e 2 de Fevereiro (Sábado e Domingo), o Reiki em Animais esteve presente na PETFIL, em Lisboa, a convite da TIARA- Associação Tiarama.

Foi um fim de semana extremamente intenso, mas muito enriquecedor, onde atendemos muitos cães e uma gata, que andava ao colo da responsável, a Zu.

Agradecemos as visitas ao nosso espaço dos Animais e suas famílias, bem como o interesse demonstrado nesta terapia complementar, que não substitui os tratamentos veterinários, mas que os pode complementar.

Aqui ficam as fotos dos dois dias  : https://www.facebook.com/fatima.cunhavelho/posts/2855722217781322 e https://www.facebook.com/fatima.cunhavelho/posts/2857796924240518

Agradecimentos às voluntárias presentes : Luísa Pereira, Cátia, Cravo, Ana Claro e Patrícia Silva, pois sem elas nada seria possível.

Fátima Cunha Velho

Publicado em

Workshop de Reiki em Animais na Nazaré

No dia 17/11/2019 realizou-se mais um Workshop Gratuito de Reiki em Animais, desta vez com a organização da Associação Dobermanns em Risco – Dobie Hope, em Famalicão da Nazaré, onde estiveram presentes elementos da Direção.

Esta é uma associação sem fins lucrativos, cujo objetivo é recolher, recuperar e reencaminhar para adoção cães de raça Dobermann abandonados, negligenciados ou em outras situações que ponham em causa o seu bem- estar.

A Associação conta com uma pequena rede de Famílias de Acolhimento Temporário (FAT), que acolhe estes animais até conseguirem famílias definitivas.

Já conhecíamos esta Associação e alguns dos seus membros de alguns eventos onde fizemos aplicações de Reiki em Animais gratuitamente, nomeadamente na Festa do Animal de Santarém e na Festa do Animal da Póvoa de Santa Iria.

Após o Workshop, demos Reiki a vários cães (Avatar, Suri, Kali) e alguns gatinhos acolhidos (Gabriel, Rafael e Sírius).

Foi uma tarde de partilha, que se espera ter contribuído para esclarecer e motivar a aplicação do Reiki tanto aos Animais, que poderá ajudar a atenuar traumas ou medos, adquiridos na sequência de passados de negligência, abuso e maus tratos, como às Pessoas que deles tratam.

Muito obrigada a todos os participantes e animais presentes neste Workshop, bem como aos colegas Ana Rocha Oliveira e Miguel Oliveira que me acompanharam.

Fátima Cunha Velho

Publicado em

Reiki e Acupunctura na Prática Veterinária – Cláudia Cardoso e o Prémio Takata de Integração Reiki

Cláudia Cardoso é Médica Veterinária, Médica de Medicina Tradicional Chinesa e Terapeuta de Reiki. Recebeu o prémio Takata de Integração Reiki pelo seu excelente trabalho de integrar todas as suas valências e saberes no cuidado dos animais.

Reiki e Acupunctura na Prática Veterinária

A minha experiência com Reiki e animais é simplesmente maravilhosa. Os animais como seres tão puros e verdadeiros não só recebem a energia que canalizo como, durante as nossas sessões, eles próprios estão a canalizar energia, sinto que são eles que se tornam os meus terapeutas. 

Antes de uma sessão faço sempre um pouco de meditação. Estes primeiros minutos servem para comunicar com o cão/gato, para nos conhecermos melhor e para ele sentir a minha bondade e vontade de o ajudar. 

Porquê a acupunctura? Na MTC acredita-se que a saúde é o equilíbrio entre o nosso corpo e o meio ambiente e quando existe um desequilíbrio temos então a doença. Assim como a Felicidade é a harmonia com a Natureza e as energias da terra. Na acupunctura também falamos na energia vital, o Qi, que para mim o interpreto como sendo o mesmo Ki, do Reiki. Eu uso a acupunctura para conhecer melhor o meu doente. Na MTC existem vários princípios e métodos de diagnóstico, eu costumo usar os 5 elementos. O fogo, a terra, o metal, a água e a madeira. Estes elementos estão relacionados com o temperamento de cada um, com uma emoção, com um órgão do nosso corpo, com o clima, com um certo sabor e odor (sentidos), com uma cor etc.. Como por exemplo, o coração está ligado à alegria e ao calor, o fígado está ligado à fúria/ódio e ao vento. Um cão agressivo pode ter então uma patologia no fígado. E assim associando toda esta informação consigo chegar melhor ao problema. iínda na acupunctura, esta técnica usa os meridianos, que são como que estradas que nos ligam, ligam todos os nossos órgão entre si. Cada órgão tem o seu meridiano que passa à superfície da nossa pele, é onde existem os pontos de acupunctura. E é nesses meridianos que o nosso Qi circula. 

Uso a medicina convencional e todos os meios de diagnóstico disponíveis, como Raios X, Tomografia Computorizada, Ecografia e Análises Sanguíneas para saber e conhecer melhor a doença que o meu doente tem, a acupunctura dá-me a conhecer o animal que tem essa doença assim como o caminho a usa,r utilizando o Reiki, a energia, para o tratar. 

Sinto-me uma previligiada em puder conciliar todos estes conhecimentos com o que temos de melhor em nós, a nossa energia, a nossa bondade e vontade de ajudar todos os outros seres deste mundo com o maior respeito pela Natureza que nos abriga. 

Cláudia Soares Cardoso 

Médica veterinária, Acupuncturista e Reikiana. 

Publicado em

Comemoração do dia do animal

No âmbito da comemoração do dia do animal, o núcleo de Braga aceitou o convite do núcleo de Penafiel para a realização de uma palestra sobre Reiki em animais.
Este momento de partilha decorreu no núcleo de Penafiel e serviu para esclarecer aqueles que estiveram presentes sobre algumas das principais técnicas utilizadas na terapia Reiki em animais, os principais benefícios desta terapia para os seus recetores, e ainda, para a divulgação de alguns dos documentos orientadores para os terapeutas de Reiki em animais, nomeadamente, o Código de Ética para a Aplicação de Reiki em Animais da APR, a Declaração Universal dos Direitos do Animal e a Convenção Europeia para a proteção de animais de companhia.
Foi uma manhã de comemoração e de partilha que promoveu uma elevação da consciência sobre a importância e a dinâmica da prática de Reiki em animais.

Núcleo de Braga da Associação Portuguesa de Reiki

Publicado em

Reiki aos colaboradores do Canil Municipal de Évora

No passado dia 11 de Outubro os Coordenadores do Projeto Reiki para Animais do Núcleo de Évora Associação Portuguesa Reiki levaram a cabo uma iniciativa diferente no Canil Municipal de Évora.

Desta vez a Terapia foi levada aos colaboradores e cuidadores do Canil para que pudessem tirar partido do bem-estar que a Terapia permite.

A iniciativa foi acolhida com elevada aceitação e permitiu-nos assim estender o Reiki a todos.

Os nossos agradecimentos a todos aqueles que participaram, à direção do Canil e aos nossos voluntários.

E…ainda nos sobrou tempo para levarmos o Reiki aos “residentes” do Canil…

SÓ POR HOJE SOMOS GRATOS

Projeto Reiki para Animais do Núcleo de Évora Associação Portuguesa Reiki

Fernanda Afonso António | Vera Varela

Publicado em

Reiki em animais

O Reiki é uma terapia complementar que é aplicada através das mãos, que podem ou não encostar no corpo do recetor e que visa o equilíbrio, através de um relaxamento profundo do recetor a todos os níveis- físico, mental e emocional; não substitui tratamentos médicos nem veterinários, mas pode ser aplicado em simultâneo; as sessões são realizadas respeitando o Código de Ética para Praticantes de Reiki em Animais, que é um documento publicado pela Associação Portuguesa de Reiki.

Fátima Velho,
Terapeuta – Voluntária de Reiki em Animais
em vários abrigos e formadora no CENIF

A aplicação de Reiki em Animais, é uma experiência encantadora, pois o animal vai virando para as mãos do Terapeuta/Voluntário a parte do corpo onde sente desconforto, muitas vezes fazendo autênticas acrobacias nesse processo. Também é o animal que decide a duração da Sessão.

Um terapeuta de Reiki em Animais, deve colocar-se num patamar de igualdade com os animais. Por essa razão, tem de se adaptar às condições existentes para fazer a sessão, pois, em muitos casos, não há um local isolado onde a possa fazer (Abrigos, Canis/Gatis Municipais). Também não há marquesa, pelo que a posição mais frequente é dar Reiki de joelhos ou sentado no chão.

Em animais de porte maior como cavalos, vacas e outros, o terapeuta pode ficar de pé e em animais agressivos ou (ditos) selvagens, a Sessão de Reiki é feita fora da box, para evitar acidentes. 

Em animais de outros ambientes, como peixes ou aves, o envio de Reiki é realizado a uma certa distância.

A beleza do Reiki em Animais traduz-se no facto de que as Sessões raramente são iguais. Assim, alguém que pretenda aplicar Reiki a Animais tem de ter grande capacidade de adaptação e criatividade, e, acima de tudo, humildade e respeito. É maravilhoso presenciar, quando existem vários animais no mesmo local e, estando a ser aplicado Reiki apenas a um, todos os outros à sua volta se deitam e a sua respiração torna-se mais pesada, evidenciando sinais de tranquilidade. Estes episódios são muito frequentes em Abrigos e Canis/Gatis Municipais, onde existem vários animais acolhidos no mesmo espaço. 

Quanto aos benefícios do Reiki em Animais:

  • Tranquiliza o Animal;
  • Ajuda a Aliviar Traumas e Depressões;
  • Acelera a cicatrização de feridas e cirurgias;
  • Ajuda a Restaurar a confiança do Animal nele próprio e nos humanos;
  • Reduz os efeitos secundários de tratamentos agressivos como a Quimioterapia;
  • Ajuda na transição, em casos terminais, serenando o Animal.

Onde é possível ajudar os Animais dando-lhes Reiki:

  • Nos Canis/Gatis Municipais, que têm normalmente apoio de entidades oficiais, mas onde existe um enorme número de animais;
  • Nas Associações Animais/Abrigos, que são normalmente de origem privada e que vivem de donativos e de trabalho voluntário;
  • Nas Famílias de Acolhimento Temporário (FAT’s), que recebem nas suas próprias casas animais que devido a várias situações não foram entregues a Canis/Gatis Municipais ou a Associações/Abrigos. 

O Reiki em Animais pode ser aplicado, com muito sucesso em todos estes locais, especialmente para lhes dar algum alívio, após as situações que os levaram até lá. Uma vez acolhidos, pode ser benéfico para os tranquilizar do medo que sentem quando se encontram naquela nova situação. Em Canis Municipais ou Associações, é especialmente intimidante para um animal recém-chegado adaptar-se à nova realidade, nomeadamente devido à quantidade de animais de características diferentes, que vivem nestes locais e com os quais vai ter de aprender a (con)viver. Acresce ainda que muitos deles tiveram passados menos felizes, que os fizeram desenvolver traumas, medos e até depressões. A aplicação regular de Reiki a estes Animais, pode ajudar a atenuá-los e dar-lhes confiança para se relacionarem com os outros animais e com os humanos, o que será certamente um fator de grande importância para a sua eventual adoção.

  • Em Hospitais e Clínicas Veterinárias, tanto na sala de espera como dentro do consultório, para acalmar os animais que vão ser observados, pois normalmente eles não gostam de ir ao Veterinário, libertando o próprio veterinário para as consultas e exames, não o sobrecarregando com outras tarefas que podem ser desempenhadas por outras pessoas.
  • Em grupos de Resgate ou Captura; aqui o processo terá certamente de ser repetido até que o animal ganhe alguma confiança.
  • Animais com Família; os animais de companhia absorvem muitas emoções dentro da sua própria família e o Reiki pode ajudar a harmonizá-los.

Em suma, a aplicação desta terapia é portanto muito vasta, podendo ser utilizada em praticamente todos os locais onde existam animais, cuja recetividade é normalmente muito positiva.

Fonte: Postal.pt

Publicado em

Workshop de Reiki em Animais em Tavira

No domingo, dia 13 de Outubro, realizou-se mais um Workshop de Reiki em Animais gratuito na União de Freguesias de Tavira.

O Workshop teve lugar numa sala gentilmente cedida por aquela entidade, onde estiveram presentes duas Veterinárias Municipais, dois responsáveis por um Abrigo, uma funcionária e uma voluntária de um Canil Municipal, um funcionário da Câmara Municipal e várias FAT- Famílias de Acolhimento Temporário, que colaboram com Canis Municipais e Abrigos.

Portugal tem um problema grave ao nível do abandono, negligência e maus tratos a animais de companhia, que são acolhidos em Canis Municipais, Associações e Famílias de Acolhimento Temporário (FAT’s).

O Reiki pode ajudar os animais acolhidos nestes locais, proporcionando-lhes alívio a nível emocional, ajudando a eliminar medos e traumas, resultantes de passados menos bons.

Pode ainda contribuir para aliviar desconfortos físicos e acelerar a cicatrização de feridas e intervenções cirúrgicas.

Mas o Reiki pode também ajudar emocionalmente Dirigentes de Abrigos, Voluntários, Funcionários e Veterinários Municipais. Estas pessoas são sujeitas a grandes pressões para acolherem mais Animais nestes locais, apesar de os mesmos se encontraram lotados e lutam diariamente com falta de recursos de todo o tipo.

Algumas delas optam por se iniciar no Reiki, praticando a sua filosofia, através da aplicação dos 5 princípios e do autotratamento. Conseguem assim algum alívio emocional e físico, que lhes permite obter algum desapego das situações difíceis e muitas vezes dramáticas com que lidam diariamente.

É necessário que estas pessoas se encontrem nas melhores condições emocionais para continuarem a ajudar estes animais de ninguém e aos quais alguns humanos não trataram como mereciam.

Depois do Workshop, teve lugar uma visita ao Abrigo Bem Estar Animal, em Loulé, onde os cerca de 100 cães acolhidos são maioritariamente idosos e deficientes e por isso dificilmente adotáveis.

Conheci a Estrelinha, uma cadelinha, que com a sua cadeirinha de rodas brinca e passeia com uma alegria contagiante.

Conheci também o César, um cãozinho lindo que não se apoia nas patas traseiras e que é de uma doçura imensa que recebe quem o visita com muitas lambidelas.

Esta foi uma experiência fantástica, pois apesar das suas limitações físicas, existe neles uma enorme beleza e um amor ilimitados.

Foi, sem dúvida, mais uma Lição de Vida !

Sempre que visito um Abrigo ou Canil Municipal, aprendo que estes seres que nada têm, dão todo o Amor a quem os queira visitar e passar algum tempo com eles, fazendo com que nos sintamos melhor na sua companhia.

A energia destes animais, renova-me a Alma.

Os animais institucionalizados, em geral, são muito recetivos ao Reiki, que pode ser uma forma maravilhosa de os seus praticantes os ajudarem, através do Voluntariado em Canis Municipais, em Abrigos ou em FAT’s, o que lhes trará certamente inúmeros benefícios.

Fátima Cunha Velho

Publicado em

Dia Mundial do Animal e Dia do Médico Veterinário

O Núcleo do Funchal da Associação Portuguesa de Reiki promoveu no dia 04/10/2019 duas ações de sensibilização para comemorar o Dia Mundial do Animal e Dia do Médico Veterinário. O objetivo era trazer temas para sensibilizar a comunidade, pois acreditamos que uma comunidade educada é o bom caminho para o respeito pela causa que defendemos.

A primeira ação decorreu nas instalações do Auditório do Instituto da Qualificação Profissional (IQ-IP RAM), com a participação dos 10 colaboradores do IQ-IP-RAM e de quase 70 formandos de algumas turmas dos cursos profissionalizantes com idade entre os 17 aos 24 anos.

A segunda ação foi aberta ao público na sala de apresentações da FNAC, os oradores convidados, Drª Rosa Pires (Técnica Superior do Parque Natural da Madeira, o Dr Cristiano Pestana (Médico Veterinário) e o Mestre de Reiki Manuel Tentém – (Bombeiro e Terapeuta especialista em animais), moderados por Reinaldo Fino, que deixaram uma mensagem clara e objetiva: Qualquer desequilíbrio na Natureza, tem muito haver com a ação da “mão do Homem”

No final foram entregues as contribuições solidárias dos participantes, ou seja, rações e comidas para animais a duas Associações protetoras dos animais: AMAIS – Associação Madeira Animais e a Associação Patinhas Felizes que são pequenos espaços que dão abrigo a alguns cães e gatos errantes.

Segue as fotos em anexo.

Publicado em

Reiki em Animais na Tico & Teco, no Cartaxo

No passado dia 7 de Setembro, as Alunas e Formadoras do Curso de Nível 1 de Reiki e Reiki em Animais realizado em Santarém, no dia 30 de Junho, deslocaram-se à Associação Tico & Teco, no Cartaxo, para uma aula prática.

Fomos recebidas de braços abertos pela Presidente, Filipa Veiga e restantes voluntários daquela Associação, que já conhecíamos de Eventos anteriores ligados ao bem-estar animal.

Naquela aula, demos Reiki a gatos de todas, as idades, cores, tamanhos. E de diferentes personalidades.

Estes animais encontram-se acolhidos por esta Associação, que à semelhança de muitas outras vive de trabalho voluntário e de donativos, lutando diariamente para manter os animais em boas condições a todos os níveis.

As pessoas que dirigem e ajudam na manutenção destes Abrigos são sujeitas a grande pressão e muito stress, devido ao enorme número de animais abandonados negligenciados e maltratados que existem no nosso país e às situações dramáticas que vivem, as quais muitas vezes as agridem emocionalmente.

Por esse motivo, para além do Reiki dado aos Animais, foram ainda dadas Sessões de Reiki aos Dirigentes e Voluntários do Abrigo.

Aqui fica o comentário da Filipa Veiga sobre a experiência :

Todos juntos conseguimos fazer a diferença.

A Zemmy está mais esperta e hoje reinou aqui uma calmaria incrível, mesmo com as 12 entradas que tivemos.

O Fernando aliviou o stress, mas ficou com uma energia brutal”

Agradecimentos às alunas que aplicaram Reiki aos Animais : Guilhermina Magalhães (coordenadora da PRAVI-Santarém), Lourdes Henriques, Cláudia Henriques e Ângela Abreu (voluntárias da PRAVI) e Sandra Paula (aluna do Curso de Reiki em Animais).

Agradecimentos ainda à Berta Simão, que em conjunto com a Isabel Couto, aplicaram Reiki às Pessoas da Associação.

Fátima Cunha Velho

Publicado em

Poema para os Caninos da Cãominhada

Fica um Testemunho em Poema, da Voluntária de Reiki Manuela Nunes, do que é fazer Reiki aos Caninos, nossos Amigos ❤

Era 14 de Julho

Sentia-se muita união

até que, como de um embrulho,

surgiu o primeiro cão!…

Era Terno e pequenino

Parecia dizer: “estou aqui!”

Não para ladrar meu hino,

mas para receber Reiki.

Ora parado, ora irrequieto

mas sempre sem se deitar.

Sabia o que estava certo

dar, sempre a inspeccionar.

Era um cão castanho e preto

e, quase ninguém lhe toca.

Tinha muito de esperto,

o nosso Querido JOCA !

Manuela Nunes

😁

Nuno Miguel Moreira Nunes

Coordenador Nucleo  Reiki Penafiel 

Associado APR-000652-PT

Claudia Magalhães Duarte

Co-Coordenadora Nucleo Reiki PenafielAssociada APR-003345-PT

Publicado em

Reiki em animais em casos de traumas emocionais, devido a violência

Nos últimos tempos, no Voluntariado que pratico em Abrigos, tenho tido conhecimento de casos de extrema violência contra animais abandonados ou negligenciados. São situações que me afligem, pois não consigo perceber o que irá na cabeça de certas pessoas para infligir tanta dor-física e emocional a seres que nada têm, mas tudo nos dão se deixarmos. Foi nestas circunstâncias que conheci um elemento de um Grupo de Resgate Animal, o DAP-Denúncia Animal Portugal, que esteve envolvido no resgate da Eva.

A Eva foi internada no Hospital Veterinário do Restelo para tratar lesões físicas, contudo, ao fim de vários dias de internamento, não andava e só comia com ajuda. A equipa Veterinária não encontrava justificação física para que a Eva não andasse e ponderavam a realização de sessões de Fisioterapia. Desloquei-me ao hospital veterinário e uma auxiliar trouxe a cadelinha, ao colo e embrulhada num cobertor. Colocou-a numa marquesa dentro de um consultório. Comecei por lhe fazer festinhas, para que não tivesse receio, pois sabia que lhe tinham feito muito mal. Passados uns minutos, foi como se a cadelinha me estivesse a queixar-se, começou a emitir uns sons, como se me estivesse a contar pelo que tinha passado. Neste anos de voluntariado nunca tinha assistido a nada assim ! Abracei-a e dei-lhe Reiki durante algum tempo.

Após essa sessão, a Evinha abanava o rabinho e estava muito tranquila. No dia seguinte, recebi um telefonema do elemento do DAP, dizendo que a Eva já tinha comido sozinha e andava de um lado para o outro. Fiquei muito emocionada com o vídeo que me enviou realizado cerca de 12 horas após aquela sessão de Reiki A Eva não chegou a fazer Fisioterapia, foi adotada e uns dias mais tarde fui presenteada de novo com um vídeo, que mostrava a Eva muito contente a correr na sua nova casa.

O Reiki aplicado aos Animais tem inúmeros benefícios, mas tem grande sucesso na atenuação de traumas emocionais e medos, resultantes de passados difíceis. Os praticantes de Reiki podem ajudar imenso os Animais, vítimas de violência, negligência e abandono, mas podem ajudar também as pessoas ligadas ao Resgate Animal, que vivem sob pressão constante face às crescentes urgências que são forçadas a atender. Estas pessoas abdicam muitas vezes da sua vida pessoal, para desespero das suas famílias, que nem sempre entendem o que as motiva a andarem “ nesta vida”. Mas quando se percebe que estas pessoas salvam vidas, que de outra forma nunca seriam vividas, quando se vivem estas histórias com final feliz, tudo compensa.

Fátima Cunha Velho

Publicado em

Cãominhada – Reiki para os caninos

O Nucleo de Reiki de Penafiel esteve presente na Cãominhada deste Domingo ( 14 julho), para doar Reiki aos Amiguinhos Caninos <3

OBRIGADO aos Voluntários:
Luis Américo, Ascensão Costa, Manuela Nunes, Filipa e Anabela de Jesus pela Logística.

<3

Nuno Miguel Moreira Nunes

Coordenador Nucleo  Reiki Penafiel 

Associado APR 0652

Claudia Magalhães Duarte

Co-Coordenadora Nucleo Reiki Penafiel

Associada APR 03345

Publicado em

1º Workshop de Reiki em Animais, no Canil de Peniche

No sábado, dia 18 de Maio, Fátima Cunha Velho esteve presente, com mais praticantes de Reiki, no Canil de Peniche para dar um Workshop de Reiki em Animais gratuito.

O Workshop teve lugar numa sala gentilmente cedida pelos Bombeiros de Peniche e  o apoio da Câmara Municipal daquela cidade, onde estiveram presentes mais de 20 pessoas

De entre os participantes no evento, estiveram voluntários do Canil Municipal e voluntários de Associações Animais que manifestaram grande interesse em saber mais sobre o Reiki e em especial a sua aplicação aos Animais.

Portugal tem um problema grave ao nível do abandono, negligência e maus tratos a animais de companhia, que são acolhidos em Canis Municipais, Associações e Famílias de Acolhimento Temporário (FAT’s).

O Reiki pode ajudar os animais recolhidos nestes locais, proporcionando-lhes alívio e bem-estar a nível emocional, ajudando a eliminar medos e traumas, resultantes de passados menos bons. Pode ainda contribuir para aliviar desconfortos físicos e acelerar cicatrização resultante de feridas e intervenções cirúrgicas.

O Reiki pode ainda ajudar emocionalmente Dirigentes de Abrigos, Voluntários, Funcionários e Veterinários. Estas pessoas são sujeitas a grandes pressões devido à enorme quantidade de animais, que lutam diariamente com falta de recursos de todo o tipo : humanos, financeiros, de instalações e de equipamentos.

Ao se iniciarem no Reiki e praticarem a sua filosofia, através da aplicação dos 5 princípios conseguirão algum alívio emocional e, consequentemente, físico, que lhes permitirá algum desapego das situações difíceis e muitas vezes dramáticas com que lidam.

Depois do Workshop, voltámos ao Canil Municipal para darmos Reiki aos cães acolhidos, que nos receberam nas suas boxes com lambidelas e de patas abertas.

Os animais institucionalizados, em geral, são muito recetivos ao Reiki, que pode ser uma forma maravilhosa de os ajudar, através do Voluntariado em Canis Municipais, Abrigos e FAT’s.

Eles agradecem da forma mais incrível, rendendo-se à Sessão e confiando em nós, apesar de muitos deles terem sido mal tratados pelas pessoas, dando-nos assim uma enorme Lição de Vida.

O meu agradecimento aos colegas que me acompanharam a este evento, Rosa Correia, Patrícia Correia, Ana Santos, Miguel Oliveira e Ana Rocha Oliveira.

Publicado em

Se começamos nosso voluntariado junto dos cães do canil municipal de Olhão, integrados no Grupo Strolling For Strays In Olhão Portugal / Animais do Canil Municipal Olhão, em Março de 2018, passeando com os cães e fazendo Reiki nestas ocasiões, foi a partir de finais de Agosto 2018 que o Reiki “ganha” outra envergadura, como à frente explicado. E grato, Mikao Usui! E grato, Energia Reiki pelo bem que tens feito a estes belos seres.

O que se segue são publicações na página do Grupo (Strolling For Strays In Olhão Portugal / Animais do Canil Municipal Olhão), e que podem ser consultadas, e se se fizerem amigos do Grupo 🙂 melhor será, dão apoio à causa e seguem os feitos do Reiki nestes belos seres. Pois como diz Teixeira de Pascoaes: “Os animais são pessoas, como as pessoas são animais”.

 

Cães que não saiam do canil por se recusarem a fazê-lo e que, com a Terapia Reiki, estão prontos para adoção, os que já não foram adotados :

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Publicado em

Veterinários promovem Reiki Solidário para animais

Voluntários da clínica veterinária “Veterinários com Amor”, em Pato Branco, no Paraná, aplicaram gratuitamente o chamado Reiki Solidário. A técnica japonesa é usada para aliviar as dores, estresse, melhorar o equilíbrio, o sistema imunológico e até acelerar o processo de cicatrização, promovendo assim a cura.

O Reiki é uma técnica de terapia energética usada em humanos, animais e plantas

“É uma técnica de terapia energética usada em humanos, animais e plantas”, lembra a terapeuta Karine Pacheco em entrevista ao Diário do Sudoeste. Segundo ela, usa-se apenas a energia universal transmitida pelas mãos do terapeuta reikiano. Esta energia atua diretamente nos chacras que estão por todo o corpo.

A técnica é indicada para quase todas as situações, incluindo distúrbios comportamentais. “Na nossa clínica usamos o Reiki na internação e no pré e pós operatórios, como parte integrante dos tratamentos”, diz a terapeuta.

O Reiki Solidário acontece uma vez por mês e a aplicação pode levar de 5 minutos a uma hora. “Geralmente quem participa uma vez vê tantos benefícios que participa de novo”, finaliza.

(Razões Para Acreditar; Imagens: Reprodução/Facebook Veterinários com Amor)

Fonte: Rede TVTEC

Publicado em

II Congresso de Reiki para Animais – BRAGA

Dia 27 de Abril, no Auditório Primavera em Braga, contamos com a tua presença para o II Congresso de Reiki para Animais, organizado pelo Núcleo de Reiki de Braga.

Agenda do II Congresso de Reiki para Animais

10:00 – Check in / Recepção
10:20 – Núcleo de Braga Eugénia Carvalho/Isabel Silva – Sessão de Abertura
10:30 – Raquel Correia, Associação Portuguesa de Reiki – Código de ética do Reiki em animais
11:00 – Carlos Pinto/Mercedes, Coordenadores do Núcleo de Olhão – Projeto “Todos em família – Preparação dos animais para adoção”
11:30 – Cláudia Mateus, Terapeuta de Reiki animal – A profissionalização do Terapeuta de Reiki Animal
12:00 – Luca Conde, Dog trainer/ Sílvia Sousa, Psicóloga – O animal como terapeuta
12:30 – Liliana Carvalho (Veterinária – ordem dos veterinários) Estatuto jurídico nos animais
13:00 – Almoço
14:15 – Sílvia Oliveira, Coordenadora do Núcleo de Guimarães – Reiki Doubutsu – Reiki para animais
14:45 – Fátima Cunha Velho, voluntária – Associação de Proteção aos Cães Abandonados – Sintra – Voluntariado e Formação de Reiki em Animais
15:15 – Rita Nunes, Comunicadora telepática animal – Resultados do trabalho realizado em equipa nos tratamentos à distância – estudos de caso
15:45 – Eduarda Palmeira, Presidente da Associação “Abandoned Pets Portugal” – Reiki em animais resgatados
16:15 – Coffee Break/ networking
16:30 – Meditação ao som de taças tibetanas “ Conexão com o seu animal de estimação”, Andreia Roxo
17:00 – Sílvia Ferreira, Veterinária – Medicina integrativa em animais
17:30 – Manuela Pereira, Voluntária “Projeto Reiki 4 Pet’s” – braga – Entendendo o comportamento do animal de estimação
18:00 – Debate e Encerramento

Publicado em

Reiki: o novo amigo dos bichos

Terapia de origem japonesa, que visa o equilíbrio das energias do corpo, está a ganhar cada vez mais adeptos e pode ser usada em conjunto com tratamentos médico-veterinários. 

Ainda é alvo de alguma desconfiança, mas o reiki em animais está a ganhar caminho em Portugal. “Esta terapia energética visa o equilíbrio entre o físico, o mental, o espiritual e o emocional”, explica Fátima Cunha Velho, praticante de reiki em animais há cerca de cinco anos.

Pode ser utilizada em situações de doença ou para as evitar, como profilaxia. No entanto, nunca deve ser dispensada a consulta de um médico veterinário caso o animal apresente sinais de doença (física, emocional ou mental). “O reiki pode ser aplicado em conjunto com tratamentos médico-veterinários, mas não os substitui”, alerta Fátima Cunha Velho.

A terapia pode ser utilizada em diversos ambientes (clínicas ou hospitais veterinários, abrigos para animais, situações de resgate, etc.) e em contextos variados (alívio de dores, tratamento de stresse, depressão, doença oncológica, entre outros).

O reiki é aplicado através das mãos do praticante, que podem ou não encostar na zona do corpo que vai receber a energia (à semelhança do que acontece quando aplicado nos humanos). Normalmente, é feito nos centros energéticos do corpo (chacras). “A eficácia depende muito da recetividade do animal. Em determinados dias estão mais recetivos do que noutros. Há animais que se desorientam um pouco. Outros vão acalmando à medida que recebem a energia”, refere a mesma praticante.

No caso dos cães, muitos começam por se sentar. Depois, deitam-se de lado e a respiração vai ficando cada vez mais lenta. “Alguns chegam mesmo a adormecer profundamente”, conta Fátima Cunha Velho, que pratica reiki em animais desde 2014, quando começou a fazer voluntariado no abrigo da APCA – Associação de Proteção de Cães Abandonados, em São Pedro de Sintra.

Quando o praticante aplica reiki em animais, são estes que escolhem a parte do corpo onde querem receber a energia. No caso dos animais que estão em situação de canil, na maioria dos casos, “dão a parte do fundo do dorso, junto ao rabo”, diz. É nessa zona que está localizado o chacra básico, ligado ao instinto de sobrevivência.

Ao longo dos cinco anos que leva como praticante, Fátima Cunha Velho colecionou várias histórias com final feliz. Recorda em particular a que envolve um dos peixes do lago que tem em casa. “A determinada altura, um deles começou a nadar de lado e a inchar. Retirei-o para um alguidar e apliquei-lhe reiki durante duas semanas”, recorda.

O peixe recuperou e regressou ao lago. No entanto, passado algum tempo, voltou a apresentar os mesmos sintomas. Fátima Cunha Velho tornou a colocá-lo num alguidar e a aplicar-lhe reiki. Dessa vez, o animal ficou totalmente curado.

Texto de Fátima Mariano. Fonte: Notícias Magazine


Publicado em

Reiki ajuda animais doentes e com problemas de comportamento Reiki ajuda animais doentes e com problemas de comportamento Volume 90%

Casos comportamentais são os que demoram mais tempo a resolver

Edje, de 12 anos, foi atropelado e ficou com graves lesões nos membros traseiros. Fátima Correia encontrou-o na berma de uma estrada, durante uma viagem que fez à Venezuela, e resolveu acolhê-lo. Recorreu a diversas especialidades da medicina veterinária, mas a agressividade de Edje, principalmente, para com outros animais, era um dos problemas que não melhorava. “Ele destruía-nos, literalmente, a casa toda. Procurámos todo o tipo de ajuda e a situação foi evoluindo, num crescendo de destruição”, conta.

Após ter conhecimento das terapias que Cláudia Mateus realiza, na loja “Shanti Pet”, no Porto, Fátima decidiu depositar a esperança de melhoria no reiki animal. A empatia entre animal e terapeuta foi logo notória, segundo explica, e as razões para o comportamento do cão também.

Edje começou a fazer reiki há cerca de dois anos. “Deixou de ser destrutivo, tão territorial, consegue coabitar com qualquer outro animal, desde que o espaço dele seja respeitado”, garante ao JN. “A questão da dor, acho que também consigo gerir sem aplicar qualquer tipo de fármaco”.

Cláudia Mateus revela que chegam até ao seu espaço “muitos casos terminais, situações de animais com graves problemas de fígado, por exemplo”, com tumores, mas também “animais velhinhos” e “vários casos comportamentais” – que são, normalmente, os que demoram mais tempo a ficarem resolvidos.

Voluntários ajudam cães em associações

As bases do reiki estão na transmissão da energia universal, através do chacra das mãos. Quando é realizado de forma presencial, o toque em determinadas zonas do corpo do animal é um aspeto importante. “É o animal que determina o reiki de que necessita e que quer receber”, explica Eugénia Carvalho, uma das coordenadoras do Núcleo Regional de Braga da Associação Portuguesa de Reiki.

“Reiki 4 Pets” é o nome do projeto criado por este núcleo em 2017 e composto por voluntários que realizam sessões de reiki animal presenciais e à distância. Quando é feito à distância, as intenções para o animal são escritas pelos voluntários, guardadas numa caixa e é enviada a energia.

Os pedidos de terapia a qualquer tipo de animal chegam até aos voluntários do núcleo através de mensagens privadas na página de Facebook e vêm de todo o país, mas também do Brasil, como conta Eugénia Carvalho.

Estes voluntários realizam, muitas vezes, sessões em associações de animais, que têm parceria com o projeto. Aí, Manuela Pereira, responsável pela iniciativa, explica que resulta melhor o reiki à distância, que “tanto pode ser feito a partir de casa, como pode, por exemplo, alguém estar aqui e enviar energia para um grupo de animais, ou até mesmo em frente às boxes”.

A “Abandoned Pets” é uma das associações de Braga que recebe voluntários do projeto, que tem tido efeitos, por exemplo, na Maggie, uma cadela com 15 anos que “não se levantava e tinha muitas dores”, segundo conta Manuela.

No entanto, a responsável por esta associação, Eduarda Palmeira, sublinhou que, primeiro, recorrem à medicina veterinária. “Depois, complementamos com as terapias de reiki, com a parte energética porque temos a certeza de que ajuda bastante a melhorar o estado de saúde dos animais”.

Fonte: JN /Ana Regina Ramos e Rita Neves Costa

Publicado em

Reiki 4Pets entrega donativos à Abandoned Pets

O Núcleo de Braga da associação Portuguesa de Reiki no âmbito do Projeto Reiki 4Pets, iniciou no passado mês de outubro, para assinalar o Dia do Animal, a recolha de donativos para animais abandonados, nomeadamente pela aceitação de donativos de ração, comida enlatada, biscoitos, entre outros.

Chegado o momento da entrega dos donativos, respeitando os objetivos que presidem ao Projeto Reiki 4Pets e à iniciativa levada a cabo, foi escolhida a associação Abandoned Pets, sediada em Braga.

“A Abandoned Pets Portugal, enquanto associação, nasceu da necessidade de institucionalizar a atividade de proteção de animais de companhia, que há muito vinha sendo desenvolvida por um grupo de cidadãos. Essa atividade, centrou-se inicialmente nos animais errantes e abandonados, e sobretudo nos animais acolhidos…” .

A Associação mostrou total disponibilidade e satisfação em receber-nos e em receber também os donativos. Proporcionou uma visita guiada às suas instalações e o contacto com os animais ali acolhidos e que aguardam a adoção. Revelou-se uma associação muito atenciosa para connosco mas especialmente cuidadosa com as condições que proporciona para garantir o bem-estar dos animais que alberga no seu espaço.

Agradecemos a todos aqueles que, mais uma vez, nos ajudaram e que contribuíram com donativos para esta causa.

Queremos deixar também um agradecimento muito especial à Abandoned Pets pela forma carinhosa com que nos recebeu e, sobretudo, pelo maravilhoso trabalho que desenvolve com os animais que acolhe e protege.

Publicado em

DOG SUMMIT

A primeira edição da Dog Summit realizou-se este fim-de-semana em Lisboa, nos armazéns do Lx Factory e o Grupo de Voluntários de Reiki em Animais não quis perder a oportunidade de dar a conhecer o seu trabalho de divulgar e promover oReiki em Animais e os seus beneficios para o bem-estar nos animais.

Foi um dia muito gratificante com grande envolvimento e dedicação do Grupo. Foi-nos dada a oportunidade de promover o Reiki em animais na Dog talks sobre as medicinas alternativas, onde estiveram presentes as veteriniárias holisticas Dinora Xavier e Margarida Raposo, e a coordenadora do grupo Carla Brito. E, no programa televisivo 5 para a meia noite da RTP.

Deixamos um grande obrigado à Andromeda pelo convite para estar presente neste evento, a todas as pessoas e seus Animais que passaram pelo expositor para saber mais sobre o Grupo e o Reiki e, a todas as voluntárias que nos acompanharam.

Um grande Obrigado a Todas.
Carla Brito
Coordenadora do Grupo

https://www.facebook.com/pg/dogsummitlisbon/photos/…
Publicado em

Reiki em animais na AnimalFest by Click

A 3ª edição do AnimalFest by CLICK decorreu dia 2 de setembro, das 9h às 18h, no Parque Adão Barata, em Loures.
É o terceiro ano que o Grupo de Voluntários de Reiki Animal está presente neste evento, cuja finalidade é ajudar as AssociaçÕes Animais presentes.
Foi um dia fantástico cheio de boa disposição e, apesar do calor, foram vários os tutores e animais que nos procuraram para saber mais informações sobre o Reiki em Animais.
Tivemos algumas visitas especiais de tutores e animais que nos conhecem de anteriores feiras e, que fizeram questão de voltar a beneficiar os seus patudos com esta fabulosa experiência.
Muito obrigado à Associação Click pelo convite, é sempre uma experiência a repetir, pelo convívio, simpatia e animação! E um grande obrigado às voluntárias presentes!

Para inscrições no Grupo de voluntários de Reiki Animal clicar aqui…
Queres saber mais sobre o nosso trabalho, clica aqui…
Pela Coordenadora de Reiki em Animais, Carla Brito.

Publicado em

Reiki em associações – reiki em animais na PRAVI

 
No Dia 30 de Junho, foi realizado um Workshop intitulado “Reiki em Associações” num dos núcleos da PRAVI, uma Associação que recolhe animais e que realiza um trabalho fantástico, tal como tantas outras espalhadas pelo nosso país.
Neste Workshop, estiveram presentes algumas voluntárias da Associação, já iniciadas em Reiki, que têm a vantagem de conhecer a Associação e os seus Animais, facilitando a aplicação daquela terapia complementar, que pode trazer inúmeros benefícios.
Para além dos benefícios que o Reiki pode proporcionar aos animais, podeainda beneficiar os dirigentes, funcionários e voluntários das Associações.
Estas pessoas, são sujeitas a inúmeras pressões emocionais despoletando frequentemente problemas físicos, tais como insónias, úlceras e depressões.
O Reiki pode atenuar esses efeitos, quer seja através da sua iniciação nesta filosofia de vida, como também através de sessões ou partilhas; proporcionando alívio emocional e físico, contribuindo para uma maior clareza na resolução de problemas e algum desapego, muito necessário em casos de resgate animal.
Fomos recebidas de uma forma calorosa, por parte do Sr. João e esposa, que nos apresentaram os animais residentes neste núcleo, os quais nos deram uma enorme lição de Amor Incondicional, pois, apesar do seu passado difícil, deixaram que lhes tocássemos durante a aplicação de Reiki.
Foi uma tarde fantástica, que só foi possível pela recetividade da presidente da Associação, Drª Maria da Conceição Valdágua, que acolheu o convite para a realização do Workshop de braços abertos.
Obrigada a todos os que estiveram presentes, em especial, às colegas, Rosa Correia, Ana Claro e Patrícia Correia, que se voluntariaram de imediato para me acompanharem, contribuindo para que vivêssemos momentos muito especiais, em conjunto.
E assim, mais uma vez, o Reiki uniu as almas e os corações de pessoas que partilham a vontade de melhorar as vidas de seres que tanto têm para dar e que pedem tão pouco.
Muito Grata !
Fátima Cunha Velho
 

Publicado em

Reiki na Feira do Animal em Santarém

No dia 31 de Maio de 2018, realizou-se no Jardim das Portas do Sol a Feira do Animal de Santarém.
Este evento foi organizado pela Patudos no Jardim, que se dedica à organização de eventos para animais e suas famílias, em Jardins e pela Trela Amarela , um hotel para cães e gatos, que se localiza em Santarém.
A inscrição neste evento foi realizada através de alimentos, medicamentos e outros produtos para animais, que depois foram distribuídos pelas associações do Distrito.
A Associação Portuguesa de Reiki esteve presente junto as muralhas do castelo, num local com uma vista para o Rio Tejo de cortar a respiração, num ambiente espetacular e que rapidamente nos fez sentir completamente integradas, devido ao modo como fomos recebidas pelos habitantes daquela cidade.

Ao longo do dia, foram mais de 30 os animais que nos visitaram e que puderam experimentar demonstrações gratuitas de Reiki em Animais, onde as suas famílias se informaram sobre os benefícios desta terapia complementar, que tem resultados excelentes em especial ao nível de problemas emocionais, resultantes de passados menos bons.
Tivemos também a visita de alguns animais que foram adotados de Associações, algumas das quais estavam presentes e outros, que se encontravam para adoção, nomeadamente gatos e cães bebés, que adormeceram nos nossos colos.
Foi um dia fabuloso, que fez com que o dia do meu aniversário fosse passado a fazer o que mais gosto – Reiki em Animais – rodeada de colegas que partilham esta mesma paixão e que me acompanharam nesta aventura, no que foi o primeiro evento do género para todas elas, onde se saíram lindamente.
Muito Grata, Rosa Correia, e Patrícia Soares e Ana Filipa Saavedra e aqui ficam os testemunhos de todas.
 
Rosa Correia
 
Foi o meu primeiro evento de divulgação de Reiki em Animais de companhia, como voluntária da APR.
A espectativa era grande pois o meu voluntariado Rreiki, está grandemente centrado numa instituição de gatos.
Passaram muitos animais pelo nosso “cantinho”. Uns ficaram mais tempo, outros menos, uns foram mais efusivos, outros mais calmos, uns mais novos outros mais velhos.
A alegria de dar Reiki foi a mesma, a todos eles. Ver como os cuidadores se admiravam com certas atitudes dos seus amigos de 4 patas enchia o coração, pois mostrava o bem que o reiki lhes estava a proporcionar.
Também os cuidadores tinham espectativas sobre o que o Reiki poderia fazer pelos seus amigos patudos e alguns desejavam que conseguíssemos resolver traumas que os faziam sofrer.
Não saberemos no que resultaram aquelas pequenas sessões, em termos futuros, mas sabemos que no momento aqueles patudos se sentiram bem. Alguns ficaram na memória e acredito vão ficar por muito tempo pelo tanto que receberam do Reiki.
Foi sem dúvida uma experiência fantástica, a repetir, para que, mais cuidadores e patudos possam conhecer os benefícios que o Reiki pode trazer a ambos
Patrícia Soares
Estar em Santarém num evento sobre animais tão acarinhado por organizadores e participantes, foi mais uma experiência enriquecedora  e bela .
Ver a facilidade com que os animais e seus donos aderiram ao mesmo e sobretudo à dádiva de reiki aos seus queridos de quatro patas foi excepcional .
Muitos desconheciam os benefícios, outros familiarizados mas desconfiados e outros completamente rendidos .
No final , creio que todos os humanos &  patudos saíram mais felizes e descontraídos mais alegres e disponíveis para eventos futuros e conversas sobre o tema que começa cada vez mais a ser falado e soprado aos quatro cantos !
Grata!
Ana Filipa Saavedra
A Festa do Animal em Santarém representou a minha primeira grande experiência pública no Reiki em animais.
Demos Reiki a cerca de 30 animais e foi incrível sentir cada um deles, sentir que os conhecia sem os realmente conhecer.
O Reiki tem esse grande poder, o poder do primeiro toque entre almas e corpos, um contacto simples e genuíno onde não existem quaisquer barreiras e preconceitos entre mim e eles.
Foi isso que senti, senti-me ligada a cada um de uma forma particularmente única, senti que entrei no pequeno grande mundo de cada um, que mo deixaram fazer sem inseguranças, de uma forma muito fluida e natural. Estive conectada a cada um, mesmo que tenha sido apenas por alguns minutos, foi bom senti-los a sentirem.
E por fim umas lambidelas de agradecimento !
Ao fazer Reiki a tantos animais diferentes num curto espaço de tempo, despertou em mim a capacidade de entender quão diferentes são uns dos outros e a forma como isso se fez sentir em mim.
Uns deixaram-me exausta e a transpirar e outros num estado de profundo relaxamento, mas todos despertaram algo muito bom dentro de mim, porque acabei o dia de coração cheio como uma nuvem de ar fresco.

Publicado em

Reiki para Animais na Culturalverca

A CULTURALVERCA é uma iniciativa anual que dá a conhecer associações que existem na Junta de Freguesia de Alverca do Ribatejo e Sobralinho.
A União de Amigos dos Animais Desprotegidos de Alverca (Os Xanecos) também esteve presente e como faço voluntariado de reiki nos seus gatos, achamos que seria uma boa oportunidade para dar a conhecer esse facto, assim como o reiki em animais.
Foi uma experiência diferente, onde foi possível falar com algumas pessoas sobre esta terapia complementar e onde houve também alguns momentos de prática.
Apesar de ser um evento de rua, não era vocacionado para animais e talvez por isso não houvesse tantos a passar pela nossa banca, foi no entanto uma boa experiência pelos contactos que foram feitos e por termos dado a conhecer a mais algumas pessoas as vantagens da aplicação de Reiki em Animais.
Rosa Clara Correia

Publicado em

Congresso de Reiki para Animais – a partilha e motivação para o futuro

A 28 de Abril de 2018 tivemos o 1º Congresso de Reiki para Animais, no IPDJ, em Lisboa. Foi uma tarde incrível de partilha de saberes, experiências e ainda o auscultar das necessidades das associações e FATs que tanto fazem pelos animais.
Este foi um congresso organizado pelo nosso órgão social Vera Batista, que contou com o apoio dos voluntários Diogo Dias (também membro dos órgãos sociais), Manuel, Patricia e ainda com as fotografias de Ana Santos. Ainda um muito obrigado à Isabel Couto pelo apoio administrativo ao Congresso. Queremos também dar transmitir a nossa enorme gratidão aos participantes, a todos os oradores, à moderadora Patricia Branco e ainda aos coordenadores e órgãos sociais que puderam estar presentes para apoiar esta iniciativa.

Os nossos voluntários, Patricia, Diogo e Manuel, com a Ana a tirar a fotografia

Podem ver as fotografias deste evento no nosso facebook…
Em 2019 teremos o Congresso de Reiki para Animais a 28 de Abril, também, mas desta vez em Guimarães.

Os órgãos sociais que apoiaram este congresso – Cristina Belém, Diogo Dias e Vera Batista
Núcleos de Reiki de Azeitão, Évora, Almada, Braga, Coimbra, Lagos e Olhão

O nosso painel de oradores neste Congresso de Reiki para Animais

Vera Batista – Responsável pelo Reiki para Animais
Vera Batista – Responsável pelo Reiki para Animais

 

Reiki em Animais em risco - Carta Brito – Coordenadora Reiki para Animais em Lisboa
Reiki em Animais em risco – Carta Brito – Coordenadora Reiki para Animais em Lisboa

 

Reiki em Cavalos - Olívia Pimentel – Núcleo de Azeitão
Reiki em Cavalos – Olívia Pimentel – Núcleo de Azeitão

 

Reiki4Pets - Manuela Pereira – Núcleo de Braga
Reiki4Pets – Manuela Pereira – Núcleo de Braga
O Silêncio e suave toque do Reiki nos Animais - Olinda Ângelo – Núcleo de Almada
O Silêncio e suave toque do Reiki nos Animais – Olinda Ângelo – Núcleo de Almada

 

Reiki em Associações e FATs - Fátima Cunha e Velho – Voluntária e Formadora Reiki para Animais
Reiki em Associações e FATs – Fátima Cunha Velho – Voluntária e Formadora Reiki para Animais

 

Abordagem integrativa da saúde de um animal - Diana Mendes – EssencialVet, Veterinária Integrativa
Abordagem integrativa da saúde de um animal – Diana Mendes – EssencialVet, Veterinária Integrativa

 

Reiki em animais de pequeno porte - Ana Gonçalves – Núcleo de Reiki de Coimbra
Reiki em animais de pequeno porte – Ana Gonçalves – Núcleo de Reiki de Coimbra

 

Mesa Redonda partilha de testemunhos – Moderadora – Patricia Branco
Mesa Redonda partilha de testemunhos – Moderadora – Patricia Branco

 

Reiki para Animais em Évora - Vera Varela - Núcleo de Reiki de Évora
Reiki para Animais em Évora – Vera Varela – Núcleo de Reiki de Évora

 

O que os animais nos ensinam - Maria João Branco
O que os animais nos ensinam – Maria João Branco

 

Encerramento – João Magalhães – Presidente Associação Portuguesa de Reiki
Encerramento – João Magalhães – Presidente Associação Portuguesa de Reiki

Porque um Congresso de Reiki para Animais?

Ao existir o compromisso de uma Associação Portuguesa de Reiki, temos que ser capazes de observar as várias necessidades dos praticantes, as necessidades das comunidades onde podemos e intervimos e também o genuíno apoio que podemos dar. As associações não deviam ter um foco no ensino, mas sim na construção verdadeira de boas práticas, bons exemplos, credibilização e concessão de prática aos seus associados, que por sua vez, transportam esses conceitos também a quem é praticante de Reiki e ao público em geral.
Reiki para Animais sempre fez todo o sentido para nós… desde 2010, ou seja, pouco mais de um ano e meio da constituição da Associação Portuguesa de Reiki, já estavamos nós a arrancar com um projecto de Reiki para Animais… passados 8 anos, um congresso, que não só trouxe apoio, ideias, união, como também deu voz a quem está nas associações, às necessidades que tem. Reiki é assim, incrível e com grande força, quando bem enquadrado. É por isso mesmo que também criamos mais um código deontológico, desta vez para quem aplica Reiki em Animais.
Ao falar com colegas de outras associações Europeias, eles ficaram pasmos com este incrível trabalho, pois não só não existe esta dimensão de prática na Europa e mesmo no Mundo, como não existe algo tão específico, estruturado e unificador como um Congresso de Reiki para Animais. Esperamos assim, mais uma vez, semear boas sementes e ajudar Reiki e ser mais sólido, como verdadeiramente é, em Portugal e por todo o Mundo.
A ti, que és praticante de Reiki e queres também apoiar os animais, bem-vindo, toda a ajuda é necessária!

Estes são alguns exemplos em vídeo dos oradores e do seu trabalho de Reiki para Animais


 

Publicado em

Congresso de Reiki para Animais em Lisboa – 28 de Abril

Dia 28 de Abril, pelas 14 horas, no IPJ de Moscavide, perto do Parque das Nações em Lisboa, o 1º Congresso de Reiki para Animais, com oradores convidados de norte a sul do país.
Será um congresso de partilha de experiências, da auscultação das necessidades das próprias associações que cuidam e recolhem animais, assim como um incentivo para a humanização, o cuidado, o voluntariado em relação aos animais.
Junta-te a nós nesta partilha de saberes.
Podes ler o programa do Congresso de Reiki Para Animais aqui…

Publicado em

Voluntariado em Reiki para Animais no Núcleo do Montijo

O Núcleo do Montijo, abraçou este desafio com todo o seu carinho e amor incondiconal pelos animais. Queremos partilhar convosco o tratamento efectuado a um cão de porte médio, possante, forte e de raça indefinida.
Este animal é muito desinquieto, com ansiedade, que se atira ladrando às pessoas e ainda há o medo que morda a quem não conhece.
No 1º contato, teve de ser açaimado mas aos poucos com o reiki ficou calmo e o açaime foi retirado. Foram efetuados 5 tratamentos seguidos que se demonstraram eficazes no controlo da ansiedade.
A terapeuta responsável foi a coordenadora Maria José Carvalho.

Publicado em

Projeto Reiki 4Pets – Reiki para Animais em Braga

Este é o relatório do Núcleo de Reiki de Braga, com a Gena e Isabel, que criaram um projeto intitulado Reiki 4Pets, a aplicação de Reiki para animais.

Reiki 4Pets Reiki para Animais

O Projeto Reiki 4Pets foi criado em janeiro de 2017 e, tal como o nome indica, pretendia colocar o Reiki ao serviço dos animais.
No âmbito do Projeto foi criada uma página no facebook para divulgação e clarificação da Terapia Complementar Reiki nos animais, os seus benefícios e indicações, e ainda partilha de informação sobre Reiki, comportamento e bem-estar animal.
O interesse por esta temática tem crescido gradualmente. É através desta página e por mensagem privada que têm surgido também a maioria dos pedidos de Reiki à distância. É de realçar que estes pedidos são na sua maioria de pessoas que residem em Portugal, mas também há alguns pedidos provenientes de tutores residentes no Brasil. Para dar resposta a estes pedidos houve necessidade de reunir os cerca de 90 terapeutas voluntários num grupo fechado no facebook (Grupo 4Pets). Neste grupo para a aplicação da terapia Reiki à distância, são partilhadas as fotografias dos animais com o respetivo nome e autorização dos seus cuidadores, a breve descrição da situação que preocupa os tutores e a respetiva atualização e evolução do comportamento ou do estado de saúde dos animais desde o início do processo.
A maioria dos pedidos de ajuda relacionou-se com situações de bastante complexidade, quer ao nível da saúde quer ao nível de comportamento. Assinalam-se a título de exemplo: cancro em fase avançada, ataques de epilepsia e crises agudas sem explicação da medicina veterinária, alguns casos eram assumidos como doenças terminais. De acordo com o feedback recebido, 50% dos animais acompanhados recuperaram totalmente ou mudaram o seu comportamento positivamente atendendo às expectativas dos seus tutores, 37% dos animais apresentaram melhorias significativas e continuam em tratamento à distância. Os restantes 13% não resistiram, tendo feito a sua transição de forma mais serena segundo os relatos dos respetivos cuidadores.
Tem sido prestado um apoio próximo à Associação “Vida de Gato”, pois a seu pedido é enviado Reiki à distância para o bem supremo de todos os animais a seu cargo. As representantes desta associação referem que o número de adoções aumentou e que notam melhoria no bem-estar geral dos animais. Foram entregues a esta mesma associação donativos fruto de campanhas solidárias para beneficência dos animais abandonados realizadas no âmbito deste projeto.
Relativamente a terapias presenciais foram dinamizadas sessões gratuitas de Reiki para animais de estimação, nas instalações do núcleo de Braga, no Dia Internacional do Reiki Animal (5 de fevereiro) e no Dia Internacional de Reiki (15 de agosto), tendo sido uma experiência muito profícua para todos os envolvidos, especialmente para os animais presentes.
Este projeto teve espaço para a sua apresentação e divulgação nas II Jornadas de Terapeutas de Reiki do Norte. Estão previstas mais acções, nomeadamente formação em Reiki para animais e dias abertos num canil. O núcleo de braga, agradece à voluntária Manuela Pereira a sua dedicação no desenvolvimento deste projeto.

Publicado em

Reiki para animais na Festa da Família da Associação São Francisco de Assis

No dia 2 de Setembro, a Associação Portuguesa de Reiki esteve mais uma vez representada na Festa da Família da Associação São Francisco de Assis, pelas  voluntárias de Reiki em Animais, Maria da Graça Rosas e Fátima Cunha Velho.
O evento assinalou os 20 anos daquela Associação e juntaram-se muitos animais que nela foram adoptados ao longo desse período.
Foi maravilhoso testemunhar o reencontro entre esses animais e voluntários, abanando as caudas e correndo para os saudar.
Foi um lindo dia de Verão, de intensa partilha, a que se seguiu uma pequena Demonstração de Reiki em Animais.
Esta Festa decorreu no Parque Palmela, em Cascais, num cenário verdejante e num ambiente excelente.
Agradecemos o convite e o interesse demonstrado por todos quantos se dirigiram ao nosso espaço, para saber mais sobre esta terapia complementar e proporcionaram aos seus companheiros caninos uma experiência diferente.
 
  
 

 
    
 

Publicado em

O tratamento de Reiki e florais num animal

Quando o Lupi veio cá para casa tinha 2 meses, pouco passava dos 2 kilos. Mal comia e andava sempre com diarreia e mal queria andar levei-o ao medico e os exames detetaram que ele estava com uma anemia muito grave. Na altura o medico mandou me dar ração misturada com arroz e miúdos e como medicação foi cortisona de manha e a noite mais antibiótico tinha ele 4 meses. Aos nove meses o medico pediu para se fazer uma biopsia para ver o que ele tinha no estômago por andar sempre doente. No segundo dia a seguir a operação ele entrou em choque, fez hemorragia interna, quando cheguei ao hospital ele mal abria os olhos as pessoas olhavam para mim como que já não havia nada a fazer o medico ate chegou a propor me outro cão porque estava a ser um sofrimento muito grande ca em casa e os miúdos andavam a desesperar mas eu não aceitei e disse para se fazer o possível por aquele ele concordou mas não garantiu nada.
No primeiro dia que fui visita-lo ele mal se mexia e os olhos mal abriam. Nesse dia quando cheguei a casa fui lhe fazer reiki a distancia quando cheguei a zona da barriga tive umas sensações muito fortes mas eu não percebi o que se estava a passar porque tinha iniciado o nível 2 a pouco tempo e sessão estava a ser muito forte. No dia seguinte quando chegamos la ele não se encontrava dentro da gaiola dele ficamos logo preocupados foi quando vimos a enfermeira vir com ele da rua porque já tinha comido alguma coisa e roeu os tubos do soro, resumindo tinha recuperado, estávamos todos felizes mas também não comentei nada do que se tinha passado regressou a casa com a mesma medicação porque  ninguém tinha chegado a nenhuma conclusão, a biopsia também não deu em nada.
No mês de outubro de 2016 realizou se o congresso de reiki, comentei com uns colegas meus o que se estava a passar e que se ele continuasse a fazer aquela medicação mais tarde ia ter problemas porque já havia valores nas analises que preocupavam. Foi ai que me apresentaram a Olinda Ângelo, contei-lhe o que se estava a passar e ela ofereceu se logo para ajudar.
Mandou me comprar uns florais para lhe dar e ao mesmo tempo ela ia fazendo lhe reiki a distancia passado 3 semanas tirei lhe a medicação porque a diarreia tinha passado e começou a comer muito melhor, costumo lhe fazer analises de 6 em 6 meses estas ultimas a medica dele ligou para mim porque ela estava espantada com a recuperação dele estavam praticamente normais.

Quando analisei o Lupi senti que o animal estava traumatizado, estava com excesso de medicação, sem necessidade nenhuma, o que ele precisava era libertar-se de tudo aquilo para poder recuperar e voltar a ser um cão normal.
Qualquer animal facilmente entra na energia da cura o Reiki, pois ele se identifica com ela.
Quanto ao Floral que aconselhei uma vez que era urgente começar a recuperar o Lupi, foi o Rescue como SOS, que era mais fácil de encontrar, por que eu trabalho com os Florais de Saint Germain e nesta situação o Emergencial é também um Floral SOS que pode ser dado imediatamente ao animal e juntamente com a Energia Reiki temos uma cura rápida e sem contra indicações.
Fico grata pelo Júlio me ter procurado e mais uma vez conseguirmos libertar o Lupi. O Núcleo de Reiki de Almada, neste momento já tem espaço próprio para aceitar Animais para receberem Reiki direto que fica na PRACETA CAETANO MARIA BATALHA Nº 1 A EM ALMADA.
Começamos este trabalho no dia 01 de Julho das 10h e 30m, às 11h e 30m. Este voluntariado é feito 2 vezes no mês, de 15 em 15 dias. Obrigada Júlio por me proporcionar partilhar minha presença neste trabalho, pois são muitos anos de estudos com Animais no Reiki e sucessos em Instituições veterinárias e Escolas de Obediência .
Olinda Ângelo

Publicado em

1º Open de Agility de Cascais – Reiki para animais

No dia 8 de Abril, Sábado, realizou-se no Hipódromo de Cascais o 1º Open de Agility de Cascais, que contou com a presença de muitos cães.
Este evento foi organizado pelo Niki Ladra, Centro de Treino e Desporto Canino, com o apoio da Câmara Municipal de Cascais e a Associação S. Francisco de Assis.
O Reiki em Animais foi convidado para participar neste evento, tendo estado presente com as voluntárias, Carla Brito, Ana Rita Marinho, Patrícia Branco e Fátima Cunha Velho, que fizeram sessões de Reiki em mais de 20 cães !
Sendo a maioria deles participantes do evento, também se deslocaram ao nosso espaço alguns cães de turistas, que se encontravam de férias por Cascais, nomeadamente do Japão e da Bélgica.

O interesse foi fantástico, proporcionando uma partilha intensa, que se traduziu num dia muito feliz para todas nós.
Muitas pessoas quiseram também saber mais informações sobre o Reiki, tendo as voluntárias representado muito bem a Associação Portuguesa de Reiki, tanto pelos seus conhecimentos, como pela sua simpatia.
O próximo evento em que o Reiki em Animais estará presente será na Feira Animal 2017, que se realizará no dia 6 de Maio, no Jardim Municipal de Oeiras. Mais uma vez, daremos sessões gratuitas.
Esperamos a vossa visita. Os vossos animais irão adorar !

Publicado em

Comemoração do Dia Internacional do Reiki Animal

No dia 5 de fevereiro, o Núcleo Regional de Braga da APR assinalou o Dia Internacional do Reiki Animal com sessões gratuitas de Reiki para animais de estimação.
A partilha de Reiki entre tutores e seus animais de estimação foi muito positiva e foi mais um passo na divulgação dos inúmeros benefícios da terapia complementar Reiki nos Animais.
A nossa profunda gratidão a todos os voluntários que colaboraram neste dia.

Publicado em

Reunião de Voluntários em Braga

No passado dia 17, as coordenadoras do Núcleo de Braga, reuniram alguns dos voluntários para fazer o balanço dos últimos 3 meses de atividade e ajustar as práticas em função dos horários, disponibilidade dos voluntários e dos projetos em curso.
Assim, mantem-se o apoio ao lar de 3ª idade, e as terapias no núcleo a utentes com depressão.
Foram destacados mais dois voluntários para a unidade de psico oncologia da liga portuguesa contra o cancro e vão iniciar dois novos projetos: Reiki 4 pets, para animais com sessões presenciais e à distância e aos sábados inicia o projeto: Reiki para praticantes e terapeutas. A primeira sessão é dedicada aos voluntários.
Publicado em

Passeio Solidário com os cães da APCA

No passado Sábado, dia 15 de Outubro, foi organizado mais um Passeio Solidário com os Cães da APCA, Associação de Proteção aos Cães Abandonados.
Apesar de o dia ter amanhecido cinzento e com chuva, juntaram-se cerca de 40 participantes, que proporcionaram uma manhã diferente aos cães residentes, num percurso encantado de natureza verdejante, na Serra de Sintra.
Neste Passeio, de referir o apoio da Paula Baúto, coordenadora do Núcleo de S. Pedro de Sintra, que já tem feito voluntariado Reiki a estes animais maravilhosos da APCA, e que levou algumas amigas.
Uma palavra de agradecimento a todos os voluntários da APCA, que se juntaram ao Passeio, e ainda deram apoio logístico, especialmente à Joana Feliciano que tirou estas fotos espetaculares, captando a alegria dos participantes. Foi uma ajuda preciosa !
cao
Alguns dos participantes estiveram presentes pela primeira vez, mas muitos já são repetentes nestes eventos, tendo prescindido de parte do seu fim de semana, para realizarem este ato solidário, rendendo-se a estes animais que me são imensamente queridos.
A meio do percurso, fomos ainda presenteados com uma merenda, fornecida pela Direção da APCA, marcada pelo convívio entre todos, que soube mesmo bem, pois alguns já estavam cansados.
Espero que tenham gostado tanto da manhã de Sábado quanto eu.
Obrigada a Tod@s pela vossa presença!!

Publicado em

Festa Animal – Oeiras: 8 de outubro

A coordenadora do Grupo de voluntários Reiki Animal da Região de Lisboa da APR, Carla Brito e, as voluntarias Reiki Animal  (Ana Paula Mourato, Fátima Velho e  Anisha leal) estiveram no dia 08 de outubro, na Festa Animal 2016 no jardim de Oeiras, com o objetivo de divulgar o Reiki Animal.
Esta ação foi um sucesso! tivemos imensos interessados em saber mais sobre o Reiki e os benefícios da aplicação nos animais e em experimentar o Reiki nos seus patudos. Foi mais um passo dado na divulgação do Reiki Animal e na mudança de consciência acerca do reino Animal!
https://www.facebook.com/267174426654449/photos/?tab=album&album_id=1218393294865886

Publicado em

2016 ANO DA FILOSOFIA DE VIDA NO REIKI PARA ANIMAIS

Em Abril de 2016, no CENTRO CULTURAL JUVENIL DE SANTO AMARO no Laranjeiro, concretizei mais um evento de Reiki para Animais.
As partilhas das pessoas com seus respetivos animais de estimação foi muito positiva. A maioria, eram animais adoptados, com alguns traumas bem acentuados. Uma cadelita que foi abandonada só aceita festas da dona que a adoptou, muito nervosa e desconfiada, ficava tão agitada que chorava. Estava uma gatinha com vários problemas que mal se mexia, estive a dar Reiki e ela lentamente começou a dar uns passitos, como mostra foto 1.foto-1
O Núcleo de Reiki de Almada fez Parceria no 1º ENCONTRO DOVSKAPETS, conversas solidárias sobre Patudos. Uma forma também de sensibilizar o abandono do animal, e de angariar fundos para esta Instituição que resgata animais abandonados e muito mal tratados por vezes. Infelizmente é o que mais está a acontecer, pela inconsciência do ser humano. Que acham muita graça comprar ou adoptar enquanto pequenos e esquecem que os animais crescem, comem e pelos tratos que muitas vezes têm, adoecem também. Choram, ficam tristes, ansiosos, depressivos, com traumas provocados por todo esse processo que passam e não é nada fácil depois tratá-los. E para que se possa adoptar um animal abandonado requer um processo de cura muito atencioso em todos os níveis.
foto-2

foto-3

 
 
 
 
 
 
 
A minha Gratidão a todos os presentes e à Cláudia Dias o meu Bem Haja pelo convite.
Vamos ser Seres melhores e respeitar mais o Reino Animal que muito nos ensina!!!foto-4
Olinda Ângelo
13015336_1373373946020937_8625176609652213284_n

Publicado em

Núcleo de Reiki de Almada concretizou mais um evento Reiki para Animais

No dia 1º de Setembro de 2016, no Parque de Canideos, no Parque da Paz em Almada concretizei mais um encontro neste caso de cães de várias raças, sem se conhecerem uns aos outros deram-se super bem, o companheirismo entre eles foi maravilhoso, dava a sensação que se conheciam muito bem, a integração entre eles foi simplesmente muito positiva. Sempre na brincadeira, e quando iniciei a palestra, o interessante eles chegarem-se para junto de nós Reikianos. Alguns a pedir festas, e a mostrarem ordem, ou seja, quanto mais atenção lhes era dada mais eles se manifestavam confiantes por receberem mimos. Estavam pelo menos 2 para serem adotados e a maioria dos outroas também tinham sido adoptados. Estavam agradecidos pelo recolhimento e terem um lar que tratavam deles. Pois os animais adoptados são muito gratos pelo que recebem, têm outro entendimento. foto-1
É sempre um trabalho gratificante. Saber as várias histórias que estão por trás de cada um deles. A desumanidade do ser humano perante estes animais que são tão dóceis, tão gratos e querem tão pouco e dão tanto cada vez existe mais infelizmente!!!foto-2
Usei os Florais num dos bebedouros para os mais agitados e posteriormente soube que a maioria fartou-se de dormir após o regresso aos lares.
A Dovskapets – Associação sem fins lucrativos de Protecção e Defesa Animal, esteve presente, e levou também alguns cães para doação muito bem tratados, esterilizados, vacinados à aguardarem um lar.foto-3
Estiveram presentes a Pitucha de 8 anos adoptada. Lali 5 meses adoptada. Um casal de Beagle a Dori 3 anos e Darwin de 4 anos. Labrador Flor com 1 ano. Ticas Maria de 6 anos adoptada. Tomé com 1 ano para adopção. O Oscar com 2 anos para adopção. O Dogre  de 8 anos adoptado. A Lobita de 9 anos adoptada e a Pinat cruzada de beagle com labrador de 2 anos. Também este um pastor Alemão muito bem educado. Estes foram alguns dos cães presentes e muito simpáticos que adoraram receber Reiki.
EVITEM DE COMPRAR ANIMAIS SE QUEREM ADQUIRIR UM PROCUREM ESTAS ASSOCIAÇÕES E SERÃO BEM SERVIDOS!!!
Recordo que os Animais sentem dor, sofrimento, depressão e ansiedade e também choram!!!
Eles são puro Amor Incondicional!foto-4
O meu Bem-Haja a todos os presentes pela partilha, solidariedade, defesa e proteção dos animais abandonados e respeito pelo Reino Animal!foto-5
Olinda Ângelo

Publicado em

A blackie e o Reiki

Em Fevereiro de 2014, comecei a ser voluntária no Canil da APCA, Associação de Proteção aos Cães Abandonados.
A minha primeira experiência de Reiki no canil da foi com uma cadela preta, arraçada de pit-bull, a Blackie, que era uma cadela pesada e dominante. Tinha uma coleira de metal, que sobressaía do seu pelo completamente preto. Tinha uns olhos côr de mel, que revelavam grande meiguice.
Assim que lhe coloquei as mãos, ficou imóvel, sentou-se e depois deitou-se. Ao fim de uns minutos, suspirou e bocejou, o que me levou a perceber que estava a absorver a energia Reiki.
Reiki
Foi uma experiência fantástica, porque ela era efetivamente uma cadela possante e, até certo ponto intimidante, pelo que quando a vi render-se daquela maneira à terapia, fiquei muito contente.
Não deixava os outros cães se aproximassem de mim, como se quisesse que só lhe desse Reiki a ela. Queria sessões exclusivas !
Foi adotada e, esta semana foi publicado um vídeo a tomar banho na piscina da sua casa. Já quando estava no canil, ela entrava para dentro de um enorme panelão, para se refrescar nos dias de calor.
A Blackie foi uma presença marcante no canil da APCA e ainda hoje muitas pessoas, como eu, se lembram dela.
 

Publicado em

Apoio a animais na Madeira

Durante este mês de Agosto, os incêndios que assolaram o nosso país causaram muita destruição e pânico.
A área de Floresta que ardeu foi absurdamente elevada este Verão.
Algumas pessoas morreram, outras perderam os seus bens e inúmeros animais ficaram queimados, em consequência daquele flagelo que se abateu por Portugal Continental e Madeira.
Houve, porém, na Madeira uma Clínica Veterinária que, desde o início dos incêndios se prontificou a acolher e tratar gratuitamente os animais afetados e que não tinham dono ou cujos donos não podiam suportar as despesas do tratamento.
Ao longo das últimas semanas, a Clínica Veterinária Santa Teresinha tratou animais errantes, animais que vieram com desconhecidos, animais que vieram com as suas familias que perderam tudo ou quase tudo, mas também animais vítimas de pouco cuidado, abandono ou negligência, já que muitos deles estão a ser deixados na clínica pelos próprios donos, que já não os querem por estarem queimados.
Estes animais foram sujeitos a situações inimagináveis, caminhando com as suas patinhas sobre locais que atingiram temperaturas extremamente elevadas, que lhes queimou não só os membros ou partes do corpo, provocando dores terríveis, como em muitos casos a sua própria vida. Vidas que já não voltam !!
foto clinica 3 foto clinica 4 fotoclinica
É, portanto, com este tipo de situações que esta clínica veterinária se depara diariamente, trabalhando durante muitas horas para ajudar estes animais, que foram apanhados pelos incêndios.
Esta Clínica Veterinária, está claramente a fazer um trabalho louvável e precisa de ajuda para lhe dar continuidade.
Se estiverem na Madeira, poderão contribuir com algodão, álcool e resguardos. Se estiverem fora da Madeira, poderão fazer um donativo para o NIB 0036.0040.99100452982.35.
Poderão ainda fazer como eu e reunir um grupo de amigos incríveis, doando cada um uma garrafinha de álcool e um pacote de algodão, colocar tudo num caixote e expedir por correio para a Clínica Veterinária Santa Teresinha, Travessa dos Pionais, Edifício Monumental, Parque II, Bloco B – Loja AD – 9000-246 FUNCHAL.
Aqui está o link para a página da Clínica no Facebook :
https://www.facebook.com/clivetsantateresinha/about/?entry_point=page_nav_about_item&tab=overview

Publicado em

Reiki também é para cães seniores

O Gustavo é um cão sénior, que foi devolvido ao canil da APCA este ano e que está cego.
Antes de ser adotado, viveu na APCA, durante alguns anos e antes de ser acolhido pela APCA, vivia na rua, onde dormia com um gato, que era o seu companheiro inseparável.
É um cão muito dócil e quando chegamos à sua boxe para lhe fazermos Reiki, primeiro inclina a cabeça, como a perceber quem vem lá, depois abana o rabo e sabe perfeitamente que está na hora da sua sessão.
Procura as nossas mãos com os seus olhos, pedindo-nos que lhe façamos Reiki neles, permanecendo assim, durante largos minutos. São momentos inigualáveis !
É um cão grande e pesado, mas de uma meiguice extrema, que nos lambe as mãos e a cara, em agradecimento pelo que sente, enquanto estamos com ele.
Temos verificado, que desde que  foi devolvido, passou por uma fase em que estava nitidamente deprimido, para outra em que reage à nossa presença, abanando o rabo e dando-nos turras com a cabeça.
Para isso, têm também contribuído os passeios semanais, que o um grupo de voluntários do canil realiza com alguns cães, entre os quais o Gustavo, todos os sábados de manhã.
Há portanto, algumas pessoas que prescindem de parte do seu tempo livre para estar com os cães da APCA, realizando atividades que promovem o bem estar dos animais residentes.
Umas, ajudam na limpeza, outras passeiam os cães, outras dão-lhes Reiki, outras escovam-nos e dão-lhes mimos e, seguramente, em conjunto, conseguem proporcionar melhores condições àqueles animais, enquanto ali residem, rodeados de amor, atenção e mimos.
A APCA, como a maioria das Associações que acolhem animais abandonados, precisa de voluntários, para continuar a desempenhar o seu trabalho, pelo que se quiserem sentir o vosso coração a transbordar, este é um dos locais indicados.
Eu, todas as semanas, saio do canil com um sorriso rasgado de felicidade, porque recebo destes animais ainda mais do que lhes dou.