Publicado em

Reiki na Casa do Alecrim – um apoio na demência

O Reiki convida a visitar a experiência humana em várias vertentes, idades e contextos. Esta é só uma delas: acompanhar em Reiki numa fase da vida em que as patoligias demenciais alteram o corpo e os comportamentos e em que os formatos de comunicação e de partilha tem de ser reajustados. E por isso o voluntariado de Reiki na Casa do Alecrim tem sido para as voluntárias participantes também um caminhar de aprendizagem, de auto-conhecimento e de amor compassivo.

Os feedbacks recolhidos junto da Direção operacional e clínica têm sido muito positivo e apesar do projeto ter sido interrompido por prevenção de Covid-19, as expectativas é que possa vir a ser retomado.

É um presente bom da vida a APR poder estar presente com estas pessoas e somos muito gratos por isso.

Muito obrigado à Joana Pinhão pela apresentação e locução, muito obrigado à Cristina, Dora e Isabel pelo esforço continuado no voluntariado. O nosso imenso obrigado a toda a equipa profissional e gestora da Casa do Alecrim, pela confiança.

Publicado em

Projeto voluntariado Associação Portuguesa de Reiki e Associação Alzheimer Portugal

A Associação Alzheimer Portugal inicia este ano um projeto bastante importante e valioso, chamado “Rostos”. Este é um projeto piloto, de criação de um serviço de bem-estar e saúde domiciliário para cuidadores familiares de pessoas com demência. A Associação Alzheimer Portugal convidou e quis contar com o apoio e parceria da Associação Portuguesa de Reiki, para a realização de sessões de Reiki ao domicílio em regime de voluntariado.

Este projeto, estará centrado nos cuidadores e nas suas necessidades, e tem como objetivos a promoção e a intervenção nas seguintes áreas, serviços de bem-estar, promoção da saúde, facilitação nos cuidados de apoio e acompanhamento e socialização, para que exista uma melhoria dos níveis de satisfação e qualidade de vida, combate ao isolamento social e redução da sobrecarga e promoção da saúde mental.

Será um projeto realizado em Lisboa e com a duração de sete meses, mas que se encontra em pausa devido à necessidade de confinamento e que será retomado assim que possível. Será um projeto estudado e acompanhado, de forma a que seja possível verificar os benefícios dos cuidados aos cuidadores e dos benefícios da prática do Reiki.

Da parte da Associação Portuguesa de Reiki, já contamos com vários voluntários disponíveis para ingressar e fazer parte deste projeto pioneiro na Europa, e que orgulhosamente iremos desenvolver e de onde iremos retirar muitas aprendizagens e crescimento.

Ao longo do projeto, faremos as comunicações sobre o estado e evolução do mesmo.

Muito obrigado a todos,
Daniel Azevedo

Publicado em

Núcleo de Guimarães apoio Centro Paroquial com boa disposição e música em videoconferências

O Núcleo de Reiki de Guimarães tem realizado videoconferências com o Centro Paroquial de Moreira de Cónegos, para partilhar boa disposição e muitas cantigas com os utentes.

Continuar a ler Núcleo de Guimarães apoio Centro Paroquial com boa disposição e música em videoconferências
Publicado em

Testemunho do trabalho voluntário na Casa do Alecrim, para pessoas com demência

Em Março de 2019 iniciou-se o projeto de Reiki no apoio aos utentes da Casa do Alecrim, contanto hoje em dia com quatro voluntárias.

Partilhamos hoje o seu testemunho sobre este projeto tão importante e que faz parte dos grandes valores na prática de Reiki – a saúde mental.

Continuar a ler Testemunho do trabalho voluntário na Casa do Alecrim, para pessoas com demência
Publicado em

Testemunho de voluntariado Reiki em Seniores – Núcleo de Reiki de São Pedro de Sintra

O núcleo de Reiki de São Pedro de Sintra, da Associação Portuguesa de Reiki, tem vindo ao longo dos anos a fazer várias iniciativas de esclarecimento e, mantém sempre uma atividade base – o voluntariado em Seniores. Partilhamos o testemunho da Coordenadora e voluntária, Paula Baúto e da voluntária Ana Nascimento.

Continuar a ler Testemunho de voluntariado Reiki em Seniores – Núcleo de Reiki de São Pedro de Sintra
Publicado em

FORMAÇÃO DE REIKI NA UNIVERSIDADE SÉNIOR DE LAGOS

Pelo segundo ano consecutivo a Associação Portuguesa de Reiki está representada na Universidade Sénior de Lagos, através do Núcleo de Reiki desta cidade, a dar Formação de Reiki aos utentes desta instituição.

Continuar a ler FORMAÇÃO DE REIKI NA UNIVERSIDADE SÉNIOR DE LAGOS
Publicado em

Voluntariado no Centro de Dia de Peroselo – Núcleo de Penafiel

O Núcleo de Reiki de Penafiel foi ao centro de dia de Peroselo largar uma sementinha.

Fizemos uma sessão de esclarecimento para 45 utentes e seus cuidadores.

Continuar a ler Voluntariado no Centro de Dia de Peroselo – Núcleo de Penafiel
Publicado em

Voluntariado de Reiki no Lar dom pedro v

Doar Reiki – Associação Portuguesa de Reiki núcleo regional da Terceira 

Iniciamos hoje o nosso Voluntariado de Reiki no Lar Dom Pedro V na Cidade da Praia da Vitória. 

Continuar a ler Voluntariado de Reiki no Lar dom pedro v
Publicado em

Reiki, a terapia complementar e integrativa, na Residência Sénior da Santa Casa da Misericórdia da Covilhã

Acontece todas as terças e quintas-feiras, nas instalações da ERPI na Misericórdia da Covilhã, os momentos mais zen da semana. Estes são os dias em que recebemos terapeutas, do Núcleo de Reiki da Covilhã da APR, que em regime de voluntariado, se disponibilizam em trazer esta terapia, complementar e holística, ao encontro dos idosos da Residência Sénior.

Existe já um grupo considerável que todas as semanas recebem esta terapia e que, segundo eles, é um momento de relaxamento, que lhes transmite tranquilidade e paz de espírito. Para outros, este é um momento de encontro com o seu interior que lhes dá força e ânimo para o dia-a-dia. E ainda, aqueles com maior grau de dependência, nomeadamente, os idosos que padecem de demências, com comportamentos de maior ansiedade e agitação mental, manifestam após a sessão maior tranquilidade, serenidade e alívio da dor.

Constatámos que, numa fase inicial, os residentes mostravam-se mais cépticos e renitentes relativamente a esta terapia e, actualmente, com o passar do tempo e da palavra, se verifica mais interesse e mais motivação para a prática do Reiki. Inclusivamente, residentes do sexo masculino, também fazem parte deste grupo que é maioritariamente feminino.

A prática desta terapia reflecte uma mudança de mentalidades num grupo tão heterogéneo no que concerne a hábitos, crenças e estilos de vida.

Hoje em dia, verificamos IPSS’s recebem cada vez mais pessoas cujas patologias são mais diversificadas e que exigem mais de todos os profissionais envolvidos neste processo de promoção da saúde e prevenção da doença, no sentido de promover mais qualidade de vida longevidade. Por estes motivos se considera tão importante a integração do Reiki na vida dos idosos da Residência Sénior da SCMC. Apostamos na Saúde dos nossos residentes, apostamos no Reiki!

Coordenadora do Núcleo de Reiki da Covilhã, Laurinda Madaleno

Publicado em

Voluntariado no centro de dia de S. Miguel de Paredes

Boa tarde!

Partilho convosco uma experiência fantástica de voluntariado 

O Núcleo de Reiki de Penafiel faz voluntariado no centro de dia de S Miguel de Paredes, estou feliz por participar neste projecto, pois lidamos com seres fantásticos! 

O meu amigo da foto conta 85 primaveras e é um doce💖

Tem um sorriso lindo, homem de pouca palavra, mas muita sabedoria. 

Fiquei estupefacta com o seu discurso antes e depois de receber o seu tratamento de Reiki:

“Sabe menina, estes momentos são muito bons para relembrar as amarguras da vida” (antes) 

“Olhe, vou dizer-lhe mais uma coisa, depois de receber Reiki, consigo perceber que no meio das amarguras tive muitas coisas boas e essas são as que devo recordar mais vezes” 

É bom fazer parte das coisas boas da vida dos utentes. 

Só por hoje sou grata 

🙏

Cláudia Magalhães 

Publicado em

Casa do Alecrim (Alzheimer Portugal)

A APR foi desafiada pela Dra Elsa Mourão, presença da Linque na Casa do Alecrim (Alzheimer Portugal), a prestar voluntariado a utentes, familiares e colaboradores. Por iniciativa dos colaboradores a adesão às sessões de Reiki tem sido maioritariamente de utentes.
Mto grata por este desafio tão bom e também pelos sorrisos genuínos da Dra Margarida, Dra Fernanda, Dra Elsa, Enf Ariana, e de todos os colaboradores da Casa do Alecrim que se cruzam connosco com um coração luminoso bem visível no olhar.

 

Publicado em

Muito bons resultados em inquérito ao Voluntariado Reiki na A.D. Belhe de Penafiel

Na A.D. Boelhe , realizamos Reiki para Seniores, contamos com 4 voluntários de Reiki que :

– Cuidam no Nucleo de Reiki de Penafiel quinzenalmente 3 utentes;

– Cuidam de Quem Cuida 1 X mês no Espaço da Junta de Freguesia de Boelhe.

Avaliação esta em anexo e claro vamos continuar. 💑

Agradecimento aos Voluntários: Anabela de Jesus, Manuela Nunes e Luis Américo. ❤

Nuno Miguel Moreira Nunes

Coordenador Nucleo  Reiki Penafiel 

Associado APR-000652-PT

Claudia Magalhães Duarte

Co-Coordenadora Nucleo Reiki Penafiel

Associada APR-003345-PT

Publicado em

PARTILHAS DE REIKI NA UNIVERSIDADE SÉNIOR DE LAGOS

Após a sintonização e terem realizado o autotratamento diariamente, chegou o momento de as alunas começarem a ajudar os outros.

Assim, nos dias 8 e 29 de março, experimentaram dar Reiki umas às outras de uma forma simplificada.

A experiência foi excelente. O sentimento final foi de “muita gratidão” por terem oportunidade de viver estes momentos e poderem ser úteis aos outros.

8 de março de 2019
2º GRUPO

29 de março de 2019
1º GRUPO

Helena Tempera – 916 523 234 / Ana Bettencourt Coelho 914 715 134

Coordenadoras do Núcleo Regional de Lagos

E-mail: nucleoreikilagos@gmail.com

Publicado em

Evento de Reiki na Santa Casa da Misericórdia em Montalegre

No dia 13 de março o Núcleo de Montalegre da Associação Portuguesa de Reiki juntamente com os Reikianos da Cercimont foram partilhar um momento com Reiki na Santa Casa da Misericórdia de Montalegre. Um momento onde se fez sentir muita harmonia 🙂

O Núcleo de Montalegre da APR  agradece:

Á Cercimont por todo o apoio que tem dado;

Ao Lar São José por nos permitir esta partilha de Reiki;

Á Ana Isabel Branco pela iniciativa deste projeto;

Aos queridos Reikianos da Cercimont;

De coração cheio por mais um momento especial 🙂

Publicado em

FORMAÇÃO DE REIKI NA UNIVERSIDADE SÉNIOR DE LAGOS

1º GRUPO

2º GRUPO

Em Outubro de 2018 foi iniciada a Formação de Reiki na Universidade Sénior de Lagos e está inserida no Projeto Anual de Atividades desta instituição. Era suposto o grupo ser constituído com o mínimo de 4 pessoas e o máximo de 10, mas as inscrições superaram as expectativas. Devido ao elevado número de interessadas, foram formados 2 grupos com 12 e 10 alunas repetivamente. As sessões são realizadas quinzenalmente com a duração de 2 horas em cada dia. O interesse manifestado é muito, têm sido sempre assíduas e pontuais e querem aprender sempre mais. Após a sintonização, têm feito o autotratamento diariamente e referem que já verificam melhorias na sua forma de encarar a vida, pois aplicam regularmente os ensinamentos transmitidos.

Alguns testemunhos das participantes:
“Melhorei o sono e durmo bastante melhor. Com o autotratamento fico muito relaxada”
“Eu sou muito stressada e até já fiz psicoterapia e hipnose. Agora com o Reiki ando melhor e estou a desmamar o calmante, com a ajuda da médica de família”
“Pela primeira vez, tenho-me sentido menos deprimida nesta estação, uma vez que comecei a ter uma abordagem diferente de certos problemas. Sinto-me mais calma, com menos momentos de negatividade, usufruo mais da vida e, consequentemente, melhorei a relação com os outros”
“Tenho aplicado os cinco princípios no meu dia a dia e faço as técnicas básicas do Reiki”
“Sinto que o Reiki me tem trazido mais calma e que consigo aceitar com mais tranquilidade algumas contrariedades que vão surgindo no dia a dia”.
“O Reiki só me tem trazido benefícios. Tem sido uma experiência altamente positiva, veio ao encontro da experiência por que há muito ansiava e tem ultrapassado as minhas expectativas. Melhorei nitidamente das minhas dores articulares, mobilidade e resistência física. Mental e emocionalmente considero-me bastante equilibrada e valorizo a harmonia. O Reiki tem acrescentado um maior fortalecimento e confiança.
Só tenho que manifestar a minha gratidão à Lena, à Vida e ao Universo”

Helena Tempera / Ana Bettencourt Coelho

Coordenação do Núcleo Regional – Lagos

Associação Portuguesa de Reiki

Tlm: 916 523 234 (HT) 914 715 134 (ABC)

E-mail: nucleoreikilagos@gmail.com

Publicado em

Testemunho de voluntariado em lar de terceira idade

Quando vamos a uma instituição fazer voluntariado, nunca sabemos como vai correr. Sabemos que, enquanto voluntários, temos que nos ajustar às condições da mesma e às necessidades dos utentes. Também não sabemos como vamos ser recebidos pelos utentes nem a reação deles à terapia Reiki – muitos nem sequer sabem o que é.

Comecei a fazer voluntariado num lar de 3ª idade. No primeiro dia, tinha que explicar o que é o Reiki, os cinco princípios e a terapia.

Enquanto explicava, olhava para aquelas cinco utentes e percebia, pelos seus olhares, que não estavam a entender muito bem do que eu falava.

Não é fácil explicar a pessoas com mais de 80 anos, que somos energia, que temos centros energéticos – chacras – e que as minhas mãos vão ajudar a que se sintam melhores…

Tentei uma forma mais fácil e quando comecei o tratamento, explicava que iam sentir um calorzinho das minhas mãos e esse calorzinho era muito bom e ia ajudar a ficarem mais tranquilas, promovendo o bem-estar.

A primeira senhora a quem fiz o tratamento, teve alguma dificuldade em descontrair, não fechava os olhos e sempre que olhava para ela, ria-se. A certa altura disse-me “Acho isto um disparate” e continuava a rir. Eu pensei “Não é um disparate, mas a senhora não conhece, não consegue explicar e não está a aceitar”. Então, perguntei se não sentia um calor a sair das minhas mãos. Respondeu-me que sim e voltei a dizer-lhe que esse calor fazia bem, acalmava.

Quando terminei a sessão, perguntei se na semana seguinte queria que lhe fizesse Reiki outra vez, respondeu afirmativamente, mas sem grande convicção.

Na semana seguinte, enquanto me preparava com a outra colega para iniciarmos o voluntariado, aquela mesma senhora (sentada perto de mim) tocou-me e disse “Oh menina, dói-me um bocadinho este joelho (tocando no joelho direito). Ontem caí e fui com o joelho ao chão”. Perguntei se queria que eu lhe fizesse um bocadinho de Reiki e ela anuiu, desta vez com mais vontade.

Reiki é assim, acontece sem muitas vezes conseguirmos uma explicação fácil. Aquela senhora que no primeiro dia não sentia nada nem acreditava, foi a primeira a abordar-me porque precisava que a ajudasse com Reiki.

Só por hoje, confio muito!

Paula Baúto, coordenadora do núcleo de São Pedro de Sintra.

Publicado em

Protocolo

Reiki para Seniores <3
Protocolo de Voluntariado aos Seniores e Cuidar Quem Cuida da AD de Boelhe, com o Nucleo de Reiki de Penafiel e H.R.I. do Cenif.
com lanche Especial 😀
Juntos Somos Um <3 

Nuno Miguel Moreira Nunes

Coordenador Nucleo  Reiki Penafiel 

Associado APR-000652-PT

Claudia Magalhães Duarte

Co-Coordenadora Nucleo Reiki Penafiel

Associada APR-003345-PT

Publicado em

O idoso e o Reiki

O Idoso e o Reiki são uma ligação perfeita, para quem faz voluntariado.

Comecei nesta longa caminhada em 2012 com o apoio da Vanda Jacinto, no Núcleo de Reiki do Montijo, no Centro Bem Fazer, a quem agradeço de Coração. Fazíamos sessões quinzenais, durante a semana, durante1.30h cada dia. Em que fazia Reiki individualmente com dois Utentes. Depois de um dia de trabalho das 7h às 14h, tinha sempre um espaço e tempo para ir cuidar dos nossos Amigos. Recebiam-nos sempre com um sorriso e uma vontade enorme de ficar naquele momento tranquilizante.

Os idosos são para mim pessoas e seres humanos que vivem o tempo suficiente para nos ensinar sempre algo. Apesar das dificuldades físicas, mostram que ainda estão para chegar aos nossos corações. Quais os pensamentos, que necessidades têm, o que gostariam de fazer que ainda não foi feito? As respostas por vezes morrem com eles.

Como dizia a Mestre Takata, “ o Reiki serve para tratar, todas as doenças.”

O Núcleo de Reiki de Penafiel começou em Novembro de 2015 a fazer o voluntariado de Reiki na Associação Para o Desenvolvimento de São Miguel de Paredes (APDSMP) com o objetivo de dar o bem estar aos idosos e Cuidar de Quem Cuida deles diariamente. Numa sessão de esclarecimento todos ficaram interessados em experimentar esta terapia, ficando marcadas sessões quinzenais com 1.30h cada sessão. Os utentes estão sempre á espera de quando é a próxima sessão, para estarem aquele bocadinho no descanso que lhes faz tão bem com as mãos quentinhas. Na reunião com o antigo Diretor , Sr. António, pedi um valor de 10€ apenas para ajudar na deslocação do transporte que nos levaria, proposta aceite.Continuamos ainda hoje passados 3 anos com o mesmo objetivo e com o mesmo sistema quinzenal. Este ano 2018 juntamos a 1 utente a Fisioterapia gratuita, (Terapeuta/Fisioterapeuta Aurora Moreira),porque o mesmo sentia necessidade de tratar o corpo físico depois de um AVC e sugerimos então colocar ao dispor o tratamento em conjunto com o Reiki. Neste projeto existem 3 voluntários sempre presentes, com a Coordenação da Voluntária Ascensão Costa.

Festa surpresa realizada pelos utentes da APDSMP, do 1ºano deVoluntariado

Em 2016, fomos convidados pela Técnica Sara Soares, em divulgar o Reiki na Associação de Desenvolvimento em Boelhe (AD BOELHE) também para Idosos, para cuidar do seu bem estar Emocional e Físico. Tivemos aceitação e inscrições suficientes , ao ponto de marcarmos sessões quinzenais com 1.30h de tempo para fazer o voluntariado, mas desta vez no espaço do Núcleo, de formaGRATUITA, uma vez que em termos financeiros e logística seria o melhor para aAssociação. O Cuidar de Quem Cuida é feito no Núcleo ou nas Instalações daAssociação consoante os dias marcados e disponibilidade. Neste projeto existem2 voluntários presentes. Sendo a Coordenação do Núcleo.

Sessão de Esclarecimento com os Idosos da AD Boelhe

Em Setembro de 2017, fomos fazer uma proposta á Junta deFreguesia de Penafiel, também para os Idosos, fazendo uma sessão de esclarecimento com todos os presentes. Houveram 25 utentes interessados em experimentar, disponibilizaram 1 sala para ser usada, com duração de 2h, quinzenalmente. Existem atualmente 6 voluntários a trabalhar neste projeto.

Em Setembro de 2018, fomos convidados pela Técnica Joana, para cuidar do bem estar dos idosos da Obra Ação Social de Sobrosa, perto dePaços de Ferreira. Depois de uma sessão de esclarecimento houveram algumas inscrições e também Cuidar de Quem Cuida mas no espaço do Núcleo de formaGRATUITA.

Sessão de esclarecimento na Obra Ação Social de Sobrosa

Ser Voluntário é dar um pouco do nosso tempo, de nós e deCoração ajudarmos quem já deu muito de si. Ceder o nosso espaço para que todos se sintam bem é uma das formas, sair da zona de conforto para cuidar também é maravilhoso. Há Associações e Instituições que têm dificuldades e sermos flexíveis é uma grande vantagem. Para se SER VOLUNTÁRIO também é precisoResponsabilidade pelo que somos e fazemos, assumir nem que seja durante 3 meses esta experiência, que serve de partilha, prática e aprendizagem. SIM ,porque os idosos são quem tem mais dificuldades em expressar o que sentem e por vezes um ABRAÇO , SABER OUVIR, ESTAR são algumas chaves para abrir o Coração.

As técnicas usadas são tão simples como o Reiki:

  • Respiração do Coração ( meditação gassho) paraacalmarem o coração;
  • Respiração das raízes (Enraizamento) para ajudar naVitalidade das pernas;
  • Sentir a energia dos joelhos, em que eles própriosmassajam em forma circular, sentindo o calorzinho;
  • Pensar no Jardim ( Nentatsu) para ajudar a mudar depensamentos e atitudes quando tiverem tristes;
  • Fazer circular a energia ( Reiki Mawashi) pedindo umacoisa boa para o amigo do lado direito;
  • Divertirem-se com um mantra, porque ajuda de uma formafísica os braços, mental os pensamentos e o coração com alegria.

O Núcleo de Reiki de Penafiel tem uma parceria com oHospital de Reiki Itinerante (HRI) criado em Guimarães por Sílvia Oliveira (Mestre e Terapeuta de Reiki) no Cenif Guimarães, com o  objetivo de levar o Reiki a quem mais precisa.Mantendo assim a essência de Cuidar e partilhar o Reiki com os Idosos.Incentivar os praticantes de Reiki, mesmo os mais jovens , a fazerem voluntariado com seniores é muito interessante.

Voluntários de Reiki de Guimarães e Penafiel

Deixo aqui o meu testemunho pessoal:

Francisco de seu nome verdadeiro, é um ser de Luz, neste momento. Mas ensinou-me o sorriso, na sua cadeira de rodas, apesar das dores no corpo com as suas dificuldades motoras, diabetes que lhe faziam feridas nos pés. Nunca perdeu a sua audição, pelo menos quando chegava a hora da visita do voluntário de Reiki. Gostava de fazer a sessão sempre no seu quarto com a sua privacidade.

de seu nome verdadeiro, Senhora sempre alegre e bem disposta , apesar de ter perdido a fala , efeito secundário de um medicamento ou pela demência, não se sabe! Mas o olhar diz sempre tudo , gosta de dançar musica tradicional portuguesa, gosta de dar beijos e abraços e também receber. Ao fazer Reiki na fase final , em sua casa no sofá, encolhe-se e relaxa no seu cantinho preferido. Dos pés á cabeça sempre com a temperatura normal. Nos seus últimos dias apenas queria beijinhos e abraços e descansar, sem muita confusão, olhar para nós como se dissesse algo.

Obs: Ambos Dormem profundamente um sono descansado.

Reiki é a Arte secreta de convidar a Felicidade.

Mestre MiKao Usui

Mikao Usui

Grato ao Mestre e Amigo João Magalhães por este desafio.

Nuno Nunes, coordenador do núcleo de Reiki de Penafiel.

Publicado em

Aulas de sensibilização ao Reiki e Meditação na Universidade Sénior do Rotary Club

Isabel Gamboa, associada da APR mostra-nos a continuidade do seu projeto de aulas de sensibilização ao Reiki, Aplicação e Meditação, na Universidade Sénior do Rotary Club do Parque das Nações a funcionarem no Instituto Português do Desporto e Juventude.
As aulas funcionam em regime de Voluntariado representando a Associação Portuguesa de Reiki.

Os nossos parabéns pela dedicação e trabalho neste projecto de coração.

Publicado em

Testemunho de Voluntariado na Covilhã

Aqui partilho a minha felicidade em fazer parte do voluntariado de reiki (embora neste momento por questões de saúde de minha mãe, tenha interrompido).
Fiz voluntariado no Lar da Santa Casa da Misericórdia da Covilhã, e ter tido essa experiencia com os idosos com menos saúde, foi muito bom. Saber que esta maravilhosa energia lhes deu uns momentos de conforto, nem que tenha sido na fase final de suas vidas. Aquele olhar terno e de agradecimento; aquele beijo nas mãos acompanhado de um obrigado; aquelas cantigas que cantavam enquanto lhes fazia as secções; aqueles passeios pelo Lar com idosos que não conseguiam ficar sempre sentados… enfim, EU SOU MUITO GRATA a eles todos por ter tido essas experiencias e imaginação para lhes aplicar Reiki em situações “menos normais”.
O REIKI É INTELIGENTE E MARAVILHOSO, APLICADO EM QUALQUER SITUAÇÃO, EM QUALQUER SITIO E POR QUALQUER MOTIVO.
Namasté
Helena Reis

Publicado em

Ser voluntária no Centro de Dia da Cruz Vermelha de Caselas

Isabel Antunes é Mestre de Reiki e voluntária na Associação Portuguesa de Reiki já há 4 anos, realizando um bonito trabalho de compaixão na Cruz Vermelha de Caselas. Aqui fica o relato das suas experiências, de coração.

Testemunho de 4 anos de voluntariado

Em Novembro de 2013, iniciei o meu voluntariado nesta instituição. Já lá vão 4 anos e não consigo tomar a decisão de interromper. De cada vez que penso fazê-lo, lembro-me daqueles que todas as semanas me esperam e para quem aqueles trinta minutos de Reiki são importantes. Porquê? Não sei, mas sei que me esperam e sentem a minha falta quando vou de férias.
Há quem tivesse querido experimentar e desistisse. A esperança de que o Reiki desse movimento a um braço tolhido por uma trombose era grande, mas como tal não sucedeu, o interesse desapareceu.
Mas o senhor M. nunca deixou de vir. Algumas vezes era o único, mas assim que me via, de imediato se levantava para se dirigir ao espaço onde a sessão ia decorrer. Outros até tinham ciúmes de que ele fosse sempre o primeiro. Um dia, o senhor M deixou de aparecer, esteve muito tempo hospitalizado, mas quando voltou, acompanhado de um aparelho de oxigénio quis voltar a receber Reiki. As funcionárias da instituição não queriam, tinham medo de que alguma coisa lhe acontecesse, mas ele queria tanto que foi preciso a mulher do senhor M. escrever um papel a responsabilizar-se para ele poder voltar às sessões de Reiki. Até que um dia ele me disse que já não conseguia deslocar-se e passado algum tempo partiu. O senhor M. tinha mais de 90 anos e para ele o Reiki significava muito. Deitava-se na marquesa e assim que começava a receber Reiki adormecia. Para ele aquele tempo era mais importante do que qualquer filme ou qualquer sessão de animação que estivesse a decorrer no Centro de Dia.
Conhecer o senhor M, fazer-lhe sessões de Reiki foi importante para mim. Ele foi a primeira pessoa como voluntária a quem fiz Reki. Sentia-me insegura, não sabia se iria conseguir passar energia, se ele ia gostar. Quando a sessão acabou, ele olhou para o relógio e disse-me que não tinham sido bem trinta minutos. Mas, desde esse primeiro dia, nunca mais faltou e despedia-se sempre com um beijo ou um abraço caloroso e dizia frequentemente que gostava muito de mim. Liguei-me afectivamente a ele e tive pena quando partiu.
Tinha dito a mim própria que quando tal acontecesse, deixaria o voluntariado em Caselas.
A verdade é que, a certa altura, começaram a surgir outras pessoas e passei a ter que ficar mais tempo para corresponder à procura. Algumas dessas pessoas também adoeceram e já não vão ao Centro de Dia tal como a senhora F. que , na primeira vez , se sentia muito nervosa, mas  no fim da sessão me disse que tinha ficado muito calma e com uma grande sensação de bem estar. Essa era como o senhor M., assim que me via, levantava o dedo e dizia de imediato que queria ir e isso aconteceu até ao dia em que deixou de frequentar o Centro por estar gravemente doente.
Agora, tenho a senhora L. que substituiu o senhor M. na pretensão de ser o primeiro. Aliás, quando ainda o senhor M. estava  vivo, batiam-se os dois para ver quem era o primeiro.
A senhora L., tal como o senhor M., adormece assim que começa a sessão. Desde há uns tempos que prefere receber Reiki sentada, mas mesmo sentada adormece. O Reiki não a cura dos efeitos da ciática na sua perna esquerda, mas relaxa-a e fá-la sentir-se bem.
A senhora F. esteve também no primeiro dia, depois do senhor M. Foi fazendo com irregularidade até que, há algum tempo atrás, decidiu que de 15 em 15 dias ia ter uma sessão.
Conversa todo o tempo, mas vem na procura de que o Reiki a ajude nas suas dificuldades físicas. Um dia, surpreendeu-me ao dizer que eu a tinha curado de uma dor que a atormentava na altura. Ela acredita ou diz acreditar que eu e a terapeuta da fala somos peças fundamentais para o seu bem estar.
Seria capaz de deixar estas pessoas? Acho que não.
E termino, afirmando: Só por hoje sou grata por me ser concedida a possibilidade de poder ajudar os outros.
Isabel Antunes

Publicado em

Reiki na Plataforma Solidária de Alfena

O Núcleo de Reiki de Santo Tirso desenvolveu um projeto de voluntariado, com a participação de Carla Sousa, Carla Cunha e António Canizes, que aplicaram Reiki a 8 utentes.

Durante o período decorrente de 03 de Julho de 2017 a 30 de Setembro de 2017 as sessões de Reiki decorreram dentro dos parâmetros e das nossas expectativas.

Utilizamos as posições tradicionais do Mestre Usui complementando com outras, segundo a necessidade de cada utente.

Os problemas são diversos, como: Doenças físicas diversas, problemas emocionais, problemas de relacionamentos pessoais e familiares, situações ligadas a quem já partiu, etc.

Ou seja, o tipo de problemas desta sua fase da vida.

Após algumas sessões, entregamos individualmente a cada utente, um pequeno folheto com os 5 princípios do Reiki, explicando o seu significado e como se podem auto ajudar ao utilizarem estes princípios, diariamente e sempre que sentirem ser necessário, levando a que assim, possam prolongar a ajuda recebida nas sessões, e podendo entrar um pouco na filosofia do Reiki.

As utentes manifestaram uma grande abertura e interesse em receber Reiki, tendo melhorado a sua qualidade de vida, e gradualmente foram relaxando e aproveitando esta experiência maravilhosa.

Cada Ser é único, pelo que cada utente recebeu a ajuda do Reiki segundo as suas necessidades.

Neste primeiro trimestre, as utentes já começaram a aprender a descontrair, libertando as suas emoções, algumas até “mudando um pouco a sua forma de pensar e agir sobre os problemas”, como nos transmitem.

Tudo isto lhes proporcionou um resultado de bem-estar corporal e emocional muito benéfico nesta faixa etária.

Existe uma empatia muito saudável entre os terapeutas e as utentes, gerando uma dinâmica muito salutar e de proximidade emocional. As pacientes confiam muito nos terapeutas e na sua ajuda, e claro no Reiki!

António Canizes

Núcleo de Reiki em Santo Tirso
Rua do Giestal, 214
4795-631 – S. Tomé de Negrelos – Santo Tirso
Telefone: 934717355
E-mail: antoniocanizes@gmail.com

Publicado em

Partilha de uma prática de Reiki em utentes acamados

Jorge é um praticante de Reiki de nível 3 e tem um trabalho muito importante de cuidado a utentes acamados, na sua maioria afásico. Esta é a partilha da sua experiência.

Trabalho diário feito com utentes acamados, na generalidade afásicos

  • Pela manhã ao entrar em casa, sentir ou não energias negativas
  • Fazer limpeza com banho seco e chuva de reiki
  • Ligação à energia mencionando os cinco princípios
  • Pedir interiormente ao Universo, Mestre Usui e meus mestres envio de reiki para bem superior dos presentes
  • Limpar o quarto do utente com Seiheki nos cantos e Chokurei ao centro
  • Antes de iniciar qualquer acção faço Byosen para percepção de algum desequilíbrio nos chacras

Em apoio domiciliário diário não tenho a preocupação de envio de reiki para situações específicas pois enquanto procedo a toda a higiene diária, há envio de reiki para todas as partes do corpo em que se toca ou seja, há uma passagem constante de energia
Na generalidade constata-se uma calmia no receptor
No final das acções efectuadas, visualizo o Chokurei repetindo o mantra 3 X, agradeço ao Universo, Mestre Usui e meus Mestres ter servido de canal condutor da energia recebida e enviada ao utente
Nos utentes que acompanho 2/3 vezes ao dia, semanalmente e com maior disponibilidade de tempo, faço envio de reiki para situações específicas e pontuais tendo o cuidado de nunca colocar as mãos sobre peles feridas ou ulceradas ( escaras, cortes ).
Se o fizer, sempre a uma distância de 15/20 cm. E nunca por tempo superior a 5 minutos.
Sendo utentes acamados e afásicos há que estar atento às reacções físicas e sensoriais de cada um pois podem estar a ter má receptividade à energia.
Estes procedimentos são efectuados diariamente com 7/8 utentes nas condições acima referidas, tendo outros tantos em condições físicas e mentais bastante mais favoráveis.

Publicado em

Reiki para Seniores, uma partilha da experiência na terapia em voluntariado

A residência Sénior A80 fica na Abrunheira, concelho de Sintra, e foi inaugurada em 2015.
Tem capacidade para receber 48 utentes.
Em Setembro de 2016, o Núcleo de Reiki de São Pedro de Sintra, coordenado pela Paula Baúto, deslocou-se às instalações da A80, para fazer uma apresentação e explicar o que é o Reiki e para que serve. Surgiu então a possibilidade de proporcionar aos utentes da A80, sessões de Reiki.
Ofereci-me como voluntária e foi assim que conheci a residência.
Sou sempre muitíssimo bem recebida por toda a gente e fico sempre muito feliz nos dias de voluntariado na A80. Para além de ser um prazer dar Reiki ainda temos a oportunidade de conhecer pessoas fantásticas.
Comecei por fazer Reiki à D. Antónia. Fiz uma sessão e a senhora e a família optaram por parar.
Foi então que me apareceu a D. Francisca. A D. Francisca estava na A80 à pouco mais de 1 semana. Trata-se de uma utente com 80 e tal anos. É dos Açores e sempre lá viveu. Sempre foi uma mulher dinâmica e autónoma até ter um AVC. Foi há cerca de 9 meses. Tem paralisia no lado esquerdo do corpo. Não mexe a mão nem o pé.
Na primeira sessão não falou muito. Foi educada mas sempre mantendo uma certa desconfiança e afastamento. Estava triste e desmotivada. Lá me foi dizendo que já tinha ouvido falar de Reiki e que o Reiki ajudou muito um conhecido dela e por isso aceitou receber Reiki.
Na sessão seguinte falou um pouco mais, mas continuava desconfiada e era notório que ainda não confiava em ninguém, o que era compreensível dado que só ali estava à cerca de 2 semanas.
Nas sessões seguintes a D. Francisca já sorria, conversava… contava histórias da terra dela, falava de política. Até hoje fiz-lhe um total de 6 sessões.
Falamos muito e ela mesma me disse que é uma pessoa pessimista. Fui falando dos Cinco Princípios… sobre a importância do confiar e do fazer o melhor que conseguir para ajudar os técnicos que a ajudam na fisioterapia.
A D. Francisca já vai sentindo “picadas” nos braços e nas pernas e até já consegue manter o pé esquerdo mais direito.
Na minha visita da semana passada, a diretora da residência veio-me contar que todos os colaboradores e mesmo a família, notam melhorias na D. Francisca, principalmente em termos de ânimo e abertura para os outros.
Sempre que algum utente faz anos, a residência tenta, dentro das suas possibilidades, fazer um agrado aos aniversariantes. A D. Francisca fez anos no dia 14 de Fevereiro… Adivinhem lá o que a minha D. Francisca pediu de prenda de aniversário? Uma sessão de Reiki! E ainda disse que não lhe podiam dar prenda melhor. Não é fantástico?
E por momentos… tudo ficou cor-de-rosa!
Quinta-feira às 11 horas lá estarei… cheia de Reiki e carinho para dar.
Grata!
Patricia Branco, voluntária, Mestre e Terapeuta de Reiki
Nota: Os nomes dos utentes foram alterados para proteger a sua identidade.

Publicado em

Voluntariado para Seniores na A80 – um testemunho

A Dª A.  tem 62 anos e vive numa instituição. Sofre de demência (sem diagnóstico da sua origem), suspeitando-se de um episódio deveras traumático.
Por sugestão da diretora da instituição, a Dª A. recebe semanalmente terapia de Reiki.
Chegou muito agitada, no primeiro dia. Ainda hoje (depois de 8 sessões), a sua mente “regressa” ao passado a uma velocidade alucinante. Fala da M.E. (sua irmã), da mãe e da “menina, tão querida”, está focada no passado e raramente a encontramos no presente.
O tratamento, tem a duração que a Dª A. nos permite. Não tem tempo certo! As nossas sessões são feitas a três: A Dª A., eu e uma acompanhante que a vai acalmando. As sessões variam entre momentos de acalmia, choro e muita agitação. Varia entre um tom de voz mais forte e murmúrios impercetíveis. Fala muito, sempre com os “fantasmas” do seu passado e o olhar vazio. 
Não vemos resultados!
Durante os tratamentos, surgem as dúvidas se a estou a ajudar da melhor forma. Não sei se estou a fazer bem, não sei como tratá-la melhor, não sei o que sente, mas quero muito dar o meu melhor…
Reforço, com muita “força” a intenção colocada para o seu tratamento, recito em silencio, vezes sem conta, os cinco princípios, que me dão algum alento, calma e confiança para continuar.
Soube que nos dias em que recebe Reiki, fica mais calma e vejo uma esperança que estou, de facto a ajudar, nem que seja só por momentos. E mesmo que seja só por pouco tempo, vale a pena continuar. Vale a pena dar o meu melhor e ajudar nem que seja só por momentos.
Paula Baúto,
Coordenadora do núcleo de São Pedro de Sintra

Publicado em

Um caminho de longo voluntariado no lar Canto D'Encanto

A parceria com a Associação Portuguesa de Reiki iniciou a 23 de Abril de 2012 em regime de voluntariado, da qual resultou um protocolo assinado pelas duas entidades que regulamenta toda a ação posta em prática com os utentes do Canto d’ Encanto. Em setembro de 2015 a responsável Sónia gomes deixou a coordenação deste projeto e transferiu as suas funções para a terapeuta de Reiki Ana Grund, nossa voluntária desde 2012.
Nesta mesma altura foi definido o grupo de utentes que beneficiaria desta ação, dentro da instituição, assim como os voluntários que os acompanhariam, os dias e horários.
Em finais de 2016 terminou o voluntariado Reiki aos utentes do Canto D’Encanto. Queremos expressar o profundo agradecimento a todos os voluntários que ao longo dos anos foram dando a sua disponibilidade e bondade, ao apoio incrível da Ana Grund e claro também um grande obrigado à Sónia Gomes, por ter iniciado este projeto, assim como à própria instituição que ao longo de tanto tempo o apoiou.

Publicado em

Núcleo de Azambuja leva Reiki a Universidade Sénior

Olívia Pimentel, coordenadora do núcleo de Reiki da Azambuja, da Associação Portuguesa de Reiki, realizou uma palestra na Universidade da Terceira Idade do Concelho de Azambuja.
Reiki é um convite à felicidade mas temos que nos dedicar a esta prática a incluir os seus princípios no nosso dia a dia para que as mudanças comecem a acontecer. Este tema e a sua experiência pessoal, assim com o que é a energia e a sua aplicação foi parte da conversa entre os participantes. A mudança de consciência com os cinco princípios e uma atitude positiva para com a vida, foram as tónicas e pequenas sementes para este grupo.
 

Publicado em

Núcleo de Mira D'Aire apoia Lar de Terceira Idade com Reiki

Com protocolo assinado com o lar de 3.idade conchego de valongo de nossa senhora de Fátima representada pela dr Cátia Micaela da silva Santos.
Foi uma experiência fantástica adoramos fazer reiki a estes idosos que aceitaram muito bem a energia e onde se viu mundanças em alguns idosos ficaram mais calmos e felizes e nós viemos com o coração cheio.
Muito gratas,
Vera e Dina

Publicado em

Natal Solidário de Reiki na Junta de Freguesia de São Tiago de Candoso

E no dia 17 de Dezembro, tivemos mais uma actividade de encher o coração! A convite da Junta de freguesia de S. Tiago de Candoso, os voluntários do núcleo de Guimarães da APR foram fazer a terapia Reiki a 12 séniores inseridos no projeto Candoso ativo.  Este é um projeto que visa dinamizar atividades de tempos livres para pessoas com mais de 55 anos para combater o isolamento social, inércia, hábitos pouco saudáveis.
No final das sessões ainda partilhamos um pão de ló e muitas experiências de vida. 🙂
O melhor presente? O sentimento de alegria e gratidão que se gerou entre todos!
Obrigada a todos os voluntários e à junta de freguesia de S. Tiago de Candoso.
 
Publicado em

Natal solidário – "Levar alegria a quem mais precisa!"

Para nós, voluntários do núcleo de Guimarães da APR, Natal é também levar sorrisos e alegria aos residentes do lar de Mascotelos! Este ano também seguimos a tradição, vestimos a rigor e fomos cantar e dançar com os nossos meninos mais velhos! <3
O melhor presente que podemos ter é sem dúvida o sorriso e o Amor com que nos presenteiam!
Obrigada a cada um dos voluntários!!
Publicado em

Voluntariado de Reiki (e não só) em St Eloi – Cruz Vermelha Portuguesa

 
O voluntariado Reiki é uma grande tarefa para qualquer praticante. É exigente, mas também humanizador e traz-nos um grande preenchimento no coração. Também para quem recebe, não só Reiki é bom, mas também os abraços e o poder ter alguém com quem conversar um pouco. Aqui fica um testemunho da Maria José Barros, na Cruz Vermelha de St. Elói, no tratamento de utentes seniores.

A G., a A., a C., a J. e mais algumas, são amigas que me entraram no coração de há uns meses a esta parte.
Têm todas histórias de vida riquíssimas e uma sede imensa de as partilhar com alguém. Uma sede muito maior do que aquela que saciam com o copo de água que faço questão que bebam após cada sessão de Reiki a que se submetem, comigo, todas as quartas feiras.
Já é uma rotina que se vive, semanalmente, em Srº Eloi, no Centro de dia da Cruz Vermelha. As minhas amigas recebem-me sempre com sorrisos e grandes abraços, mesmo que logo a seguir tenham queixas a fazer.
Há sempre novidades para contar: Um bisneto novo que nasceu, uma neta que, finalmente, conseguiu emprego, um tricô com um ponto bonito para mostrar (e a promessa de o ensinar). Mas algumas novidades são de doer: Uma utente que foi internada, uma colite malvada que não larga a C., entre outras histórias. Seja a novidade boa ou má é recebida com humor e boa disposição; as 1ªs por cumplicidade, as segundas para aliviar a tensão e não dramatizar mais o que, já de si, é doloroso.
Importante num trabalho de voluntariado: A boa disposição, sermos um raio de luz que entra num ambiente já de si enfadonho e cinzento. Ouvir, ouvir muito, ouvir mesmo, mostrarmos que estamos atentas às pequenas coisas que se tornam um drama para estas pessoas. Tocou-me a mágoa da A. ao contar que uma das colegas lhe chamou “padreca” porque ela tem o hábito de ler livros de orações de santos. Por muito que tentasse anima-la, dizer-lhe que o caminho de cada um só a si diz respeito, que interessa faze-lo do modo que ficamos mais confortáveis, sentindo-nos bem com o que fazemos e não com o que nos dizem, os olhos marejavam-se de lágrimas e repetia: “Padreca! Porque leio!”
Maria José Barros – Novembro 2016

Publicado em

NÚCLEO DE REIKI DE ALMADA – EVENTO DE REIKI / MEDITAÇÃO / SOM NA TKM

Em Abril de 2016 o Núcleo de Reiki de Almada juntou as 3 turmas de alunos da TKM UNIVERSIDADE SÉNIOR D. SANCHO I DE ALMADA, e estreou-se em parceria com António Santos terapeuta do Som Instrumental.
Foi muito dinamico, relaxante e profundo. Os alunos adoraram e no próximo ano lectivo, vamos repetir sempre que haja oportunidade.
Celebrou-se a entrega de Certificados dos alunos da Universidade Sénior.
foto-1

Partilhou-se uma breve explicação sobre cada instrumento do som.
Fizemos uma meditação de enraizamento, seguida com o Som de cada instrumento para ajudar a relaxar.
Trabalhámos com os quatro elementos, com instrumentos alusivos a cada um deles.
foto-2
foto-3foto-4foto-5
Minha profunda Gratidão aos membros da direção da TKM, pela autorização que nos foi dada para ser proporcionada esta partilha, união terapêutica.
foto-6
O meu Bem-Haja a todos os presentes e ao colega António Santos.
Amor & Luz
Olinda Ângelo

Publicado em

Mina de Água: Gerações em Movimento 2016

A APR esteve presente em 23/09/2016 das 10h00 às 12h30 na actividade Mina de Água: Gerações em Movimento 2016, realizada no Parque Central, no âmbito das comemorações do XXVII aniversario do Município da Amadora.
Com a presença das voluntárias Ana Simões, Isabel Couto e Tina Silva.
Foram realizadas 8 sessões de Reiki em que 6 foram para experimentar, com idades compreendidas entre os 16 e os 88 anos, demonstrando a maioria, e em igualdade, tanto o seu desconhecimento sobre Reiki, como a sua vontade de experimentar e saber um pouco mais.
Foi aplicado um questionário simples antes e depois das sessões de Reiki, a cada participante, que permitiu recolher informação sobre o seu estado de saúde geral, opinião sobre a prática de Reiki e resultados que sentiu.
As sessões realizadas foram para cuidar maioritariamente questões Emocionais e Físicas.
A frequência das dores era de nível 3, mais nos ossos, músculos e cabeça.
Após as sessões realizadas sentiram-se melhor a nível emocional, mental e físico.
Atingiram o objetivo da sessão e querem voltar a repetir.
O nosso muito obrigado à Mariana Violante e restantes organizadores locais do evento. À CSF – Mina de Água e à comunidade por tão boa iniciativa e participação, que se repita por muitos anos. Aos nossos bons voluntários, Ana, Isabel e Tina!
img_20160923_095248
Publicado em

Projeto MAIS Abragão ( Movimento, Autonomia, Inclusão e Saúde)

sattva-reiki
A convite da Equipa técnica do Centro Social e Cultural de Abragão, o Núcleo de Reiki de Penafiel e Vale de Sousa foi realizar uma sessão de esclarecimento sobre o reiki para se juntar neste Projeto MAIS Abragão, na área da Saúde,  aos mais idosos.
Este projeto vai começar em Agosto, com um período de 3 meses, incluindo o Cuidar de Quem Cuida, para com os técnicos.:))))
Grato pelo convite _/|\_
Colaboradores neste Projeto Vitor Sousa e Rosário Castanheira e Nuno Nunes do  NRPVS.
_/|\_ as imagens falam por si <3
” foi a melhor hora passada, para esquecermos tudo o resto.” (utente)
13672396_1341266409221022_204193781_n 13735294_1341267079220955_1498703829_n 13874541_1341266482554348_1440224043_n 13874762_1341266322554364_1607186918_n
DSCN1317 DSCN1334
Publicado em

Voluntariado Lati

Desde Setembro, o Núcleo de Setúbal tem vindo a fazer voluntariado Reiki no LATI- Liga dos Amigos da Terceira Idade (em Setúbal). Para todas nós foi surpreendente o número de idosos que aderiram à terapia. Hoje após estes meses de convivo e  partilha não poderia estar mais contente por  ter seguido este caminho.
Temos um grupo certo de pessoas que ansiosamente esperam por nós às 3ªs feiras para os momentos de paz, relaxamento e boa disposição.
Além da terapia, estamos a trabalhar com este grupo no sentido de dar a conhecer a filosofia de vida do Reiki, a sua história e como estão sempre dispostos para cantar, na próxima terça feira dia 21, iremos todos cantar o Hino do Reiki.
Vamos Lá? Eu vou com certeza!!
IMG_20151201_151721 IMG_20160614_145810 IMG_20160614_145928 IMG_20160614_153238 IMG_20160614_153251

Paula Moreira
915 660 309

Publicado em

Viajem de Estudo Usalbi

Na sequência  de 4 anos de voluntariado de ensino do Reiki na Universidade Sénior de Castelo Branco, realizámos uma viajem de estudo ao Buddha Eden.
Esta teve por objectivo a partilha do Reiki e da Meditação num espaço ao ar livre, para além do convívio e da partilha de alegria e boa disposição.
Foi um dia de sol e boa disposição onde a partilha de conhecimentos e experiências, a Meditação com Reiki e os Cinco Princípios estiveram presentes.
Este grupo tem tido ao longo destes anos muito resultados em saúde e motivação para a vida.
Tem sido um trabalho muito gratificante de crescimento espiritual e evolucional, que tem permitido a divulgação do Reiki, da nossa Associação, e a formação de voluntárias neste tipo de ensino muito particular.
Só por hoje sou Grata!
Vanda Vaz de Carvalho
Núcleo da APR de Castelo Branco
pariaeEu
1465028713818 1465028731337 1465028898219 1465028907613 1465028923146 1465028939478 1465028949698 1465028955864 1465028990612 1465029027289 1465029038058 1465029052750 1465029068897 1465029191401 1465029080974
Publicado em Deixe um comentário

Reiki na I Feira de Saúde e Bem-Estar

A convite da Residência Sénior A80, o Núcleo de Reiki de São Pedro de Sintra, esteve presente na I Feira da Saúde e Bem-Estar, com as voluntárias Isabel Couto e Paula Baúto (Coordenadora do Núcleo de São Pedro de Sintra).
Das 6 senhoras que visitaram o nosso espaço, uma já tinha experimentado e 4 nunca tinham ouvido falar de Reiki. Visitaram-nos para conhecer um pouco. Depois da sessão, foram unânimes na resposta – “sentiram uma sensação de ralaxamento e com vontade de conhecer mais”.
Capturar

Feira de Saúde e Bem-estar - Reiki
Isabel Couto – Voluntária
Publicado em Deixe um comentário

Dia aberto

O Núcleo de Braga promoveu um dia aberto no Centro Social de Dornelas no dia 23 de abril de 2016.
Foi uma tarde muito gratificante, não só por levar o reiki a um lar de idosos que puderam experimentar esta energia pela primeira vez, mas também pelos corações cheios que os coordenadores e voluntários trouxeram de lá.
“A gratidão é o mais belo dos exageros.”
Núcleo de Braga da Associação Portuguesa de Reiki
 

lar1 lar3 lar2 lar4 lar5 lar6 lar7
Publicado em Deixe um comentário

Dias Abertos com Reiki em Serpa

O Núcleo de Serpa desenvolve atualmente Dia Abertos com Reiki em Serpa, sobre as mais diversas temáticas. Este projeto foi iniciado no mês de Fevereiro e tem como principal objetivo a divulgação da Terapia Reiki a toda a população do concelho de Serpa.
O primeiro “Open Day” foi dedicado aos casais, no Dia de S. Valentim, onde proporcionámos a possibilidade de receber Reiki “a dois”. “Uma experiência maravilhosa” conta quem beneficiou desta possibilidade, uma tarde repleta de Amor e Partilha, com Reiki em pano de fundo.
Mais recentemente, em Março, foi o momento de dedicar uma tarde às mulheres, com o principal foco nos benefícios do Reiki na saúde feminina. Numa roda de partilha, falou-se das experiências com Reiki desde a infância/adolescência até à idade madura, sem esquecer a doença oncológica.
Os próximos “Open Day” com Reiki serão dedicados aos Seniores (em Maio, no âmbito das Jornadas Senior de Serpa) e às Crianças (em Junho, nas comemorações da Semana da Criança)
serpa_00 serpa_01

Publicado em Deixe um comentário

O Voluntariado Reiki na Associação para o Desenvolvimento de São Miguel de Paredes

Em Outubro de 2015 iniciou-se o projecto de voluntariado Reiki na Associação para o Desenvolvimento de São Miguel de Paredes, em Penafiel. Este projecto foi iniciado pelo Coordenador do Núcleo de Penafiel, Nuno Nunes.
11234863_1595010760780928_1852249556464378430_n
A Associação classificou o voluntariado Reiki como “muito bom” e deu o seguinte testemunho:

Os utentes sentem-se bem, sentem resultados muito bons, ficando mais tranquilos… Estão sempre ansiosos pela próxima visita. Foi uma mais valia para benefício dos utentes. Bem hajam os voluntários, que sempre com a sua boa disposição contribuem muito para os bons resultados.

A instituição deseja que o voluntariado se mantenha. Por isso mesmo, caso queiras ser voluntário, contacta o Núcleo de Penafiel:

Nuno Miguel Moreira Nunes
Telem: 934181584
Email: nucleoreikipenafiel@gmail.com
Quelho das Castanhas  r/c T
4560 547 Penafiel