Voluntariado no Dia Mundial e Nacional para a Segurança e Saúde no Trabalho – Núcleo Regional de Reiki da Terceira

O Núcleo Regional da Terceira da Associação Portuguesa de Reiki participou nas comemorações do Dia Mundial e Nacional para a Segurança e Saúde no Trabalho, que decorreram, nesta primavera, no Hospital de Santo Espírito da Ilha Terceira (HSEIT), facultando sessões de reiki a colaboradores daquela instituição de saúde.

Tal como tem vindo a acontecer em anos anteriores, o Gabinete de Saúde Ocupacional do HSEIT promoveu esta celebração – este ano sob o tema “Participação e diálogo social na criação de uma cultura positiva de segurança e saúde” – através de várias atividades que podem contribuir para um ambiente de trabalho seguro e saudável, requisito imprescindível à qualidade da atividade prestada.

Com estas sessões, facultadas pelas voluntárias Fátima Costa e Cidália Silveira, pretendeu-se sensibilizar os trabalhadores da instituição para as vantagens da terapia complementar do reiki, enquanto ferramenta de harmonização e de redução de stress, pelo seu contributo na construção do equilíbrio pessoal a longo prazo, o que se reflete em empresas mais humanizadas, comprometidas, inovadoras e produtivas, por ser uma mais valia no reforço do empenho dos profissionais.

Pelas suas caraterísticas, o reiki apresenta diversas vantagens para a gestão dos recursos humanos das empresas, contribuído para um bem-estar integrado e sustentado, sendo que a mudança de cada um vai impactar positivamente toda a organização empresarial.

Refira-se que estas comemorações tiveram como objetivo prestar uma homenagem a todas as vítimas dos acidentes de trabalho e doenças profissionais e chamar a atenção da comunidade, das entidades patronais e dos trabalhadores da unidade de saúde para a importância da adoção de medidas preventivas e práticas seguras que garantam a segurança no local de trabalho e para o papel dos serviços de segurança e saúde no trabalho (SST).

O Gabinete de Saúde Ocupacional do HSEIT defende um ambiente de trabalho seguro e saudável, valorizado e promovido pela administração e pelos trabalhadores, através do envolvimento significativo de todas as partes, com vista à melhoria contínua das condições de segurança e saúde no trabalho, e de uma gestão pró-ativa, em colaboração com os trabalhadores, para o encontro de soluções adequadas.

A iniciativa integrou a Estratégia Global sobre Segurança e Saúde Ocupacional da Organização Internacional do Trabalho (OIT), no âmbito das conclusões da Conferência Internacional do Trabalho, ocorrida em junho de 2003. 

Texto – Cidália Silveira