Neste final de 2016 iniciamos uma viagem pelo Alentejo e Algarve, num projecto de trabalho com os núcleos regionais. O tema base que os órgãos sociais levaram para encontro local foi Consenso e União.

Consenso e União

2017 será o Ano do Terapeuta de Reiki, conforme anunciamos no VII Congresso Nacional de Reiki e iremos realizar várias iniciativas, por todo o país, para desenvolver o esclarecimento sobre a terapia e o profissionalismo dos terapeutas, como por exemplo o encontro a realizar a 4 de Fevereiro em Faro. Para os núcleos regionais de Reiki, além deste tema de trabalho, internamente teremos várias atividades com um outro tema – Consenso e União.

O projecto de Consenso e União visa:

  • O apoio a núcleos que estejam em localidades onde é mais difícil a credibilização de Reiki;
  • A tomada de consciência do papel de um coordenador;
  • A união e sintonia na organização de eventos com coordenadores da mesma área;

Com este trabalho conjunto queremos que os associados tenham mais apoio, os coordenadores se sintam mais apoiados e estimulados a desenvolver iniciativas para o esclarecimento sobre Reiki e que o Reiki cresça de forma sustentada e positiva em Portugal.

Sobre os núcleos regionais de Reiki

O que é um núcleo regional

É uma representação da Associação Portuguesa de Reiki na localidade. Poderá ter espaço próprio, pode estar inserido num outro espaço, ou ter um espaço cedido por junta de freguesia ou associação para actividades específicas.

Qual o papel de um coordenador na Associação Portuguesa de Reiki

O coordenador é um associado que pretende levar a missão, visão e valores da Associação Portuguesa de Reiki à sua região, assim como apoiar os associados e mesmo os não associados, na prática de Reiki. É um promotor do esclarecimento sobre Reiki na região e, no caso de ter possibilidades, desenvolve iniciativas de voluntariado. Um coordenador não recebe dinheiro da Associação, assim como não recebem os órgãos sociais.