Questões Frequentes

Com esta página pretende-se esclarecer algumas questões que têm vindo a ser colocadas. Se tiver dúvidas sobre o Monte KuramaAssociação Portuguesa de Reiki ou sobre Reiki, envie um email para info@montekurama.org.
As respostas dividem-se em três categorias:

Associação   |  Associados  |   Reiki

Associação

O Monte Kurama está ligado a alguma Escola de Reiki?
Não. O Monte KuramaAssociação Portuguesa de Reiki, é independente de qualquer Escola ou vertente de Reiki. O objectivo da Associação é o da divulgação do Reiki por si e não associado a alguma pessoa ou entidade particular.

Visto a Associação querer divulgar o Reiki numa versão fidedigna, não poderá estar mais em sintonia com o Usui Reiki Ryoho Gakkai?
Apesar do Monte Kurama mostrar em vários aspectos a linguagem da Escola Tradicional não está a ela ligada, pelo que muitas descobertas sobre o Mestre Usui vêm de pessoas que não pertencem a essa linhagem.

A Associação tem escolas como membros. Essas escolas são fidedignas?
Qualquer pessoa ou entidade que se associe fica COMPROMETIDO a cumprir os requisitos necessários a ser considerado associado. Se procura essas escolas uma forma de o confirmar é pedindo o código de ética. A auto-regulamentação é uma protecção para o paciente e para o terapêuta. Apesar do comprometimento do associado ou entidade, o Monte Kurama, não pode garantir que a terapêutica seja rigorosa podendo haver factores exteriores que a comprometam. Quaisquer dúvidas sobre associados, por favor contactem a Associação.

A Associação é exclusiva ao Reiki?
Sim. A associação foi criada exclusivamente para a terapêutica não convencional Reiki, no entanto, todos os esforços que possamos fazer a nível de reconhecimento oficial poderá também contemplar outras terapêuticas energéticas.

Associados

Quem pode ser Associado?

  • Qualquer pessoa que tenha pelo menos o nível I de Reiki, independentemente da sua escola.
  • Um associado terá que concordar e praticar o código de ética para profissionais e o código de ética para mestres e professores.
  • O associado terá que pagar as suas quotas anuais segundo estipulado por Assembleia Geral
  • O associado deve participar na associação, promovendo o Reiki e participando no seu reconhecimento como terapêutica complementar.

A Associação está apenas aberta a membros portugueses?
Não, podem ser membros extraordinários quem seja de países de língua oficial portuguesa.

Qual o critério de selecção dos Associados
A aprovação de um membro é feita pelos órgãos administrativos, pelo fundador ou por um delegado designado.
Não , por princípio, nenhum bloqueio à inscrição de um membro, desde que este aceite e respeite as condições da Associação, o código de ética e os cinco princípios de Reiki.

Reiki

Os cinco princípios de Reiki são ensinados de forma diferente consoante as escolas. Qual é o mais correcto?
Do ponto de vista da associação, os princípios poderão ter mais ou menos palavras, dependendo do tradutor. Não podemos esquecer que a tradução literal do japonês para português pode parecer muitofriaou demasiado curta. Como todos os princípios, o importante é conseguirmos interiorizar e vivenciar os mesmos.

Kyo Dake Wa
Ikaru-Na
Shinpai Suna
Kansha Shite
Gyo-o Hage Me
Hito Ni Shinsetsu Ni

por Hoje,
Sou Calmo,
Confio,
Sou Grato,
Trabalho Arduamente,
Sou Bondoso.

Eu hoje não me zango,
Eu hoje não me preocupo,
Eu hoje trabalho honestamente,
Eu hoje sou bondoso para com todos os seres vivos, honro os meus pais professores e idosos,
Eu hoje agradeço todas as bençãos recebidas.

Porque existem tantas escolas diferentes de Reiki?
São opções dos seus criadores. Os seus princípios base vêm do Reiki mas depois têmmóduloscomplementares característicos da sua prática.

Será essa diferença benéfica para o Reiki?
um ditado que dizpedra que rola, não ganha musgo“. No sentido japonês, o bom é a permanência, o manter-se estático e intemporal, como um praticante zen. No sentido ocidental, o normal é o movimento, a dinâmica. Estes dois conceitos estão correctos em qualquer uma das suas culturas e neste novo século, começam a ser adquiridos pela cultura contrária, enriquecendo com diversidade todos os povos. O Monte Kurama, não se pronuncia sobre a validade de uma escola, desde que ela mantenha os preceitos do Reiki, uma história fidedigna e trabalho em prol do Bem Supremos de todos. É da responsabilidade de cada fundador de uma nova escola de Reiki o seu procedimento.

Qual a utilidade de aprender vários sistemas? A Associação pode aconselhar?
O crescimento de cada um está à sua responsabilidade. O Monte Kurama, não pode encaminhar alguém para uma escola específica ou aconselhar a fazer determinados cursos ou trajectos no seu caminho de aprendizagem, tornando-os exclusivos.Esse não é o nosso propósito.
A Associação apenas poderá esclarecer os seus associados e o público em geral sobre questões relativas a Reiki. No entanto, os associados poderão debater esses temas no Fórum pois é dada a sua opinião pessoal e não a da Associação.

 

 

Acesso para associados
Inscreve-te como Associado

Apoia Reiki em Portugal, inscreve-te como associado.

Vê mais informações aqui…