No passado dia 2 de Outubro, para comemorar o Dia do Animal, duas voluntárias da REDE DE VOLUNTÀRIOS DE REIKI EM ANMAIS, deslocaram-se a um Santuário Animal,  à Quinta d’Alruta em Arruda dos Vinhos onde conhecemos animais resgatados de situações de consumo iminente, nomeadamente de Aviários e  Matadouros.

Demos Reiki ao Zeca, um burro resgatado de 30 anos de trabalho. O Zeca feriu a pata que não foi tratada e ficou com problemas no andar, hoje já corre com os cães.
Coloquei-lhe as mãos na pata doente e ele imediatamente a colocou entre as minhas mãos, onde sentia desconforto. Acabei por lhe colocar a patinha dele em cima da minha coxa, que serviu de base para ficar ali a receber

O Tommy, um galo rejeitado pela mãe, e que se tornou agressivo para os outros galos, recebeu muito bem o Reiki e até se encostou à rede do espaço onde vive para se aproximar das minhas mãos.
A alteração em consequência da aplicação de Reiki foi presenciada pela família que gere a quinta, que referiu que ficou mais tranquilo.

O Raja Ram, que tem um  problema neurológico, que lhe faz ter tiques muito frequentes, também adorou o Reiki.
Ao fim de alguns minutos a receber Reiki, fechou os olhos, adormeceu  e os tiques cessaram. Esta situação foi presenciada pelo responsável da Quinta, que ficou admirado com recetividade do animal. E nós também !!

O Bakunin é um bode imponente preto, que foi resgatado dos Açores por alguém de bom coração que evitou que fosse para consumo humano. Foi criado a biberon e dormiu com humanos.
É extremamente brincalhão e ágil. Aceitou muito bem o Reiki, embora nos parecesse que não precisava…

O Boi João, que é enorme e que chegou ainda bebé e foi criado a biberon …. de 8 litros !
Aqui está ele a comer laranjas, mas dizem que adora peras e outras frutas.

Existem ainda muitos outos animais na Quinta :
O Ernesto, um porquinho vietnamita, a Odete, a Anne e a Beta.

Entretanto chegaram também o Roncas e o Caramelo, um porco branco e um bode anão branco que nunca se sujou na vida.

O Ragnar, um porco preto imponente e mimoso.

A Jessy, a Jill e o Kino (este último também bebé), que por sua vez e de surpresa deram origem ao Samhain, que nasceu cá.

Existem também mais galos e galinhas, o Tik-tok, a Chicken Minaj, a Billie Eggish, a Eggy Azalea, o Mini Yeti, o Vegi-Saurus, o Pitu e o Mini-Pitu, a Tigs, a Rico, o Blue, o Skidmore, o Calvin e o Gavin, uma pata, a Mel, que não se molha acima dos joelhos”

E uma matilha de cães simpática e muito meiga.

O Reiki em Animais dá-nos a possibilidades de viver experiências maravilhosas e diferentes  e esta foi uma delas, mas também nos possibilita conhecer pessoas fantásticas, como o João e a Catarina, que tudo fazem para proporcionar uma boa vida aos animais residentes neste Santuário. Com o apoio das suas duas filhas, que crescem num ambiente de respeito e amor aos animais.

Eu e a Liliana Costa, saímos de lá de coração cheio e foi uma excelente maneira de começar o nosso fim-de-semana.

Fátima Cunha Velho

(Voluntária e Formadora de Reiki em Animais)