No P2 do Público de domingo, 11 de Agosto de 2019, saiu uma excelente reportagem da jornalista Susana Pinheiro sobre terapias alternativas dentro dos hospitais públicos.

No caso da Associação Portuguesa de Reiki, a jornalista reporta o trabalho do Núcleo de Reiki do Fundão, pela coordenadora Paula Roque, que tem consultas de Reiki no Hospital do Fundão desde 2013, um projeto único a nível Europeu.

São já 6 anos de serviço contínuo no Hospital do Fundão, onde em 2018 foram feitas 279 consultas de Reiki, um trabalho muito meritório e ímpar, que merece todos os parabéns.

Como apoio à regulamentação e conduta, a Associação Portuguesa de Reiki criou a Comissão Nacional de Ética para a Terapia Reiki.

A oferta da prestação de voluntariado ou mesmo consultas de Reiki no SNS pode ser vista como uma mais valia para o utente em dor e sofrimento, assim como para os seus cuidadores.

A Associação Portuguesa de Reiki tem também escutado a necessidade dos médicos requererem comprovação científica e por isso mesmo temos instituído desde 2012 o Prémio Hayashi de Investigação Reiki, onde existem 20 atribuições até ao dia de hoje, além de termos um repositório com mais de 200 artigos científicos, publicados em jornais académicos reconhecidos.