No domingo, dia 13 de Outubro, realizou-se mais um Workshop de Reiki em Animais gratuito na União de Freguesias de Tavira.

O Workshop teve lugar numa sala gentilmente cedida por aquela entidade, onde estiveram presentes duas Veterinárias Municipais, dois responsáveis por um Abrigo, uma funcionária e uma voluntária de um Canil Municipal, um funcionário da Câmara Municipal e várias FAT- Famílias de Acolhimento Temporário, que colaboram com Canis Municipais e Abrigos.

Portugal tem um problema grave ao nível do abandono, negligência e maus tratos a animais de companhia, que são acolhidos em Canis Municipais, Associações e Famílias de Acolhimento Temporário (FAT’s).

O Reiki pode ajudar os animais acolhidos nestes locais, proporcionando-lhes alívio a nível emocional, ajudando a eliminar medos e traumas, resultantes de passados menos bons.

Pode ainda contribuir para aliviar desconfortos físicos e acelerar a cicatrização de feridas e intervenções cirúrgicas.

Mas o Reiki pode também ajudar emocionalmente Dirigentes de Abrigos, Voluntários, Funcionários e Veterinários Municipais. Estas pessoas são sujeitas a grandes pressões para acolherem mais Animais nestes locais, apesar de os mesmos se encontraram lotados e lutam diariamente com falta de recursos de todo o tipo.

Algumas delas optam por se iniciar no Reiki, praticando a sua filosofia, através da aplicação dos 5 princípios e do autotratamento. Conseguem assim algum alívio emocional e físico, que lhes permite obter algum desapego das situações difíceis e muitas vezes dramáticas com que lidam diariamente.

É necessário que estas pessoas se encontrem nas melhores condições emocionais para continuarem a ajudar estes animais de ninguém e aos quais alguns humanos não trataram como mereciam.

Depois do Workshop, teve lugar uma visita ao Abrigo Bem Estar Animal, em Loulé, onde os cerca de 100 cães acolhidos são maioritariamente idosos e deficientes e por isso dificilmente adotáveis.

Conheci a Estrelinha, uma cadelinha, que com a sua cadeirinha de rodas brinca e passeia com uma alegria contagiante.

Conheci também o César, um cãozinho lindo que não se apoia nas patas traseiras e que é de uma doçura imensa que recebe quem o visita com muitas lambidelas.

Esta foi uma experiência fantástica, pois apesar das suas limitações físicas, existe neles uma enorme beleza e um amor ilimitados.

Foi, sem dúvida, mais uma Lição de Vida !

Sempre que visito um Abrigo ou Canil Municipal, aprendo que estes seres que nada têm, dão todo o Amor a quem os queira visitar e passar algum tempo com eles, fazendo com que nos sintamos melhor na sua companhia.

A energia destes animais, renova-me a Alma.

Os animais institucionalizados, em geral, são muito recetivos ao Reiki, que pode ser uma forma maravilhosa de os seus praticantes os ajudarem, através do Voluntariado em Canis Municipais, em Abrigos ou em FAT’s, o que lhes trará certamente inúmeros benefícios.

Fátima Cunha Velho