Reiki para Canhotos
Em certo momento da nossa prática de Reiki, podemos interrogar-nos: Será que é diferente usar a mão direita, da mão esquerda?
Reiki é uma energia sem “polaridade” ou seja, não tem um fluxo “positivo” ou “negativo”, é uma energia vital que nos anima, preenche, equilibra. Tanto flui na mão esquerda como na direita, pode até fluir pelos olhos (Gyoshi-Ho), pela boca (Koki-Ho), independentemente da polaridade natural do nosso corpo.
Há quem note que a mão direita ou a esquerda tem um fluxo maior ou menor, tal acontece por várias razões, como por exemplo a anatomia energética da pessoa. Essa anatomia indica uma predisposição maior para um canal mais largo em determinado lado do corpo ou pode até ser a falta de prática nesse canal. Será isto surreal?
Não é, basta ver que o nosso corpo não é totalmente simétrico, que temos determinada predisposição para fazer umas acções com a mão direita e outras com a esquerda. O uso, a prática, ajuda também a determinar a condição do canal.
É então bastante natural um canhoto desenhar o símbolo com a mão esquerda sobre a direita, assim como é natural um Mestre sintonizar com a mão esquerda, não há nem pode haver preconceitos ou limitações sobre isso.
Para os mais cépticos há que lembrar a carga cultural que carregamos, quando ainda no século XX se obrigava um canhoto a escrever com a direita. Felizmente o Reiki não tem essas limitações, nem culturais, nem práticas. Se assim fosse, então quem não tivesse uma mão direita, também não poderia desenhar correctamente os símbolos.
Acima de tudo, a força da nossa vontade, o poder da criatividade, são os maiores e mais frutuosos capacitadores da Energia. Reiki é simples.