Código de Ética
Numa sociedade cada vez mais exigente com a qualidade e com os conhecimentos transmitidos, onde o Reiki já não é mais um segredo ou uma prática particular, encontramos a necessidade de reforçar o nosso Código de Ética para Mestres Formadores.
Este código deontológico não pretende interferir com os conteúdos dos cursos mas sim com a qualidade dos mesmos, garantindo aos alunos as melhores bases para o seu ensino. No esforço de tornar o Reiki uma prática de terapia complementar, reconhecida oficialmente, não devemos descurar o seu ensino, pois este terá bastante influência na forma como os praticantes o aplicarão.
Um Mestre Formador de Reiki, deve assumir a responsabilidade do que ensina, como ensina, de forma ética, competente e eficiente, guarantindo aos seus alunos a possibilidade de virem a ser bons praticantes/terapeutas.