Casos comportamentais são os que demoram mais tempo a resolver Edje, de 12 anos, foi atropelado e ficou com graves lesões nos membros traseiros. Fátima Correia encontrou-o na berma de uma estrada, durante uma viagem que fez à Venezuela, e resolveu acolhê-lo. Recorreu a diversas especialidades da medicina veterinária, mas a agressividade de Edje, principalmente, para com outros animais, era um dos problemas que não melhorava. “Ele destruía-nos, literalmente, a casa toda. Procurámos todo o tipo de ajuda e a…