Realizou-se no passado dia 13.05.2020 a reunião mensal da CNETR, tendo por ponto 2 da Ordem de Trabalhos a “Reflexão sobre a promoção e aplicação de regras de saúde, higiene e segurança nos espaços onde é promovida a prática de Reiki, com o objetivo de conter a propagação do vírus, prevenir a doença e salvar vidas“.

Ouvidos todos os membros e assessor da CNETR (Comissão Nacional de Ética para a Terapia Reiki), constitui entendimento da CNETR, o seguinte:

  1. Perspetiva-se que, na sequência do plano de desconfinamento decretado pelo Governo Português, praticantes de Reiki, associados ou não, da “Monte Kurama – Associação Portuguesa de Reiki”, venham a reiniciar, por sua própria iniciativa e responsabilidade, a prática de Reiki, a outras pessoas.
  2.  Contudo, constitui um facto inquestionável que a prática presencial exige inegável proximidade entre o praticante/terapeuta de Reiki e o utente.
  3. Fator susceptível, por um lado, de aumentar o risco de transmissão do Coronavírus (SARS-CoV 2) e, por outro, de determinar que o espaço físico onde é prestada a terapia se torne uma potencial fonte de transmissão.
  4. A COVID-19 é uma doença causada pela infeção pelo novo Coronavírus, o qual, com base na evidência científica atual, se transmite principalmente das seguintes formas:
    1. Por contacto direto: disseminação de gotículas respiratórias, produzidas quando uma pessoa infetada tosse, espirra ou fala, que podem ser inaladas ou pousar na boca, nariz ou olhos de pessoas que estão próximas (a menos de 2 metros).
    2. Por contacto indireto: contacto das mãos com uma superfície ou objeto contaminado com SARS-CoV-2 e, em seguida, com a boca, nariz ou olhos.
  5. Perante a disseminação mundial desta doença, que se espalhou por diferentes continentes, afigura-se-nos imprescindível que os praticantes de Reiki, se mantenham actualizados, acompanhando todas as informações relevantes sobre as medidas de prevenção e contenção do novo coronavírus.
  6. E, que cumpram as regras e orientações emanadas das autoridades de saúde, o que se recomenda.
  7. As orientações técnicas dimanadas da DGS servem como referencial de conduta e de boas práticas a seguir, por forma a minimizar o risco de transmissão de SARS-CoV-2 e o impacto da doença.
  8. Uma boa prática perante a sucessiva abertura dos estabelecimentos é a elaboração de planos de contingência, isto é, determinar que procedimentos devem ser seguidos perante a identificação de um caso suspeito de COVID-19.
  9. No que respeita à prática do Reiki e sem prejuízo do número seguinte, constitui responsabilidade do terapeuta avaliar a situação concreta e assegurar o cumprimento dos procedimentos que se afigurem adequados, por forma a garantir a higiene, saúde e segurança necessários.
  10. Aplicando-se “in casu”, o princípio da precaução, a manutenção e o reforço das boas práticas de higiene e segurança, aconselha-se especial cautela aos praticantes de Reiki e utentes, que se incluam nos grupos considerados de risco para o COVID-19, nomeadamente (e, nos termos divulgados pelas autoridades de saúde (DGS):
  11. Pessoas idosas;
  12. Pessoas com doenças crónicas – doença cardíaca, pulmonar, diabetes, neoplasias ou hipertensão arterial, entre outras;
  13. Pessoas com compromisso do sistema imunitário (a fazer tratamentos de quimioterapia, tratamentos para doenças autoimunes (artrite reumatoide, lúpus, esclerose múltipla ou algumas doenças inflamatórias do intestino), infeção VIH/sida ou doentes transplantados.
  14. Como cidadãos, todos somos corresponsáveis pela saúde coletiva.

No que respeita ao cumprimento das orientações da Direção Geral de Saúde, recomenda-se, ainda, a leitura da” Orientação n.º 022/2020, de 1 de maio”,  em  https://www.dgs.pt/directrizes-da-dgs/orientacoes-e-circulares-informativas/orientacao-n-0222020-de-01052020-pdf.aspx, que define os «Procedimentos em Clínicas, Consultórios, ou Serviços de Saúde Oral, dos Cuidados de Saúde Primários, Setor Social e Privado» por se afigurarem úteis e importantes no sentido da prevenção da doença, conter a propagação do vírus e salvar vidas.

Pel’ A CNETR
Maria João Vitorino

Please wait while flipbook is loading. For more related info, FAQs and issues please refer to DearFlip WordPress Flipbook Plugin Help documentation.