Publicado em

Meditação para a confiança

Olá a todos,

Hoje trazemos até vós a segunda meditação para continuarmos a apoiar os nossos seniores (e não só) que frequentam as sessões de Reiki na Plataforma Solidária de Alfena. No entanto, e mais do que estar aqui no papel de coordenadora do núcleo, falo em nome pessoal e queria deixar-vos a minha experiência.

Ainda no outro dia li uma publicação de um familiar meu na internet, onde se queixava que há 15 dias estava cansado e não tinha tempo para descansar e agora, depois de 8 dias em casa, só queria sair. Foi esta insatisfação constante com a vida que me fez partilhar convosco a minha experiência de 16 anos como tradutora por conta própria e tentar deixar umas palavras de ânimo neste período.

Como tradutora, trabalho em casa sozinha, várias horas por dia. Ao longo deste tempo, fui passando por várias fases, nomeadamente a fase inicial onde tive de lidar com a incerteza em termos de rendimentos e tive de ultrapassar o facto de trabalhar sem colegas de trabalho, tal como tinha acontecido até então enquanto secretária.

Nestes 16 anos, mudei de casa, para Alfena, sem recurso a internet, ou seja, uma funcionalidade da qual depende o meu trabalho, nisto nasce o meu filho tive de encontrar alternativas viáveis. Um dia conto mais esta história. Com o nascimento do meu filho, sei bem o que é mudar fraldas com um braço e com o outro enviar e-mails e tentar trabalhar. Sei o que é gerir os meus horários dependendo dos horários do meu filho, sei o que é estar com um olho no trabalho e outro olho atenta a ver se ele estuda ou se faz os trabalhos de casa.

Se me perguntam se foi fácil, respondo que às vezes não foi, mas o que me ajudou foi a confiança nas minhas capacidades e por isso gostava que todos vós também o fizessem: confiassem em vós próprios e que acreditassem nas vossas capacidades. Neste momento, trata-se de um esforço mental que todos nós temos que fazer, para o bem de todos, para o nosso próprio bem e das nossas famílias. Pela vossa saúde, pela saúde de todos nós.

Desta forma, senti que deveria trazer uma meditação/reflexão sobre o poder da gratidão e como ela pode ajudar a eliminar a constante insatisfação que muitas pessoas sentem perante a vida.

Trago-vos situações muito simples a que nem sempre damos valor, mas como uma amiga minha no outro dia dizia: “éramos tão felizes e não sabíamos!”.

Vamos tentar ser gratos e encher o nosso coração de felicidade, pois, acredito, que fará a diferença. Hoje sou muito grata pela família que tenho, o meu filho, marido e gata. Sou muito grata por todas as pessoas que tenho junto a mim. Sou muito grata pela minha situação profissional e não a trocava por nada deste mundo, pois permitiu-me ver o crescimento do meu filho ao longo destes 12 anos. Para mim isto é uma bênção, mesmo sabendo que há momentos mais desafiantes.

Mas a vida é isto mesmo: um desafio. Vivam-na plena de momentos de felicidade.

Obrigada por estarem desse lado.

Carla Sousa